Receba mensagens em seu Email

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Efésios 2 Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Lições de Vida  
 Leitura Bíblica- Efésios 2

Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Ressurreição é tornar à vida algo que estava morto. A ressurreição espiritual visa tornar à vida àqueles que estão mortos em seus pecados. Alguém com vida espiritual vive diferentemente daqueles que estão espiritualmente mortos.

Neste capítulo Deus revela por meio de Paulo a realidade de cada pessoa sem Deus: Morta. Depois, apresenta o que acontece com quem aceita verdadeiramente o plano da salvação: Ressurreição espiritual, elevação, posição especial diante de Deus. Além disso, ainda o apóstolo revela o aspecto social da vida espiritual.

Destacamos os seguintes pontos:

1. O que o pecado (orgulho, vaidade, depravação, iniquidade) faz conosco: Mata (vs. 1-3);
2. O que Deus faz conosco: Por nos amar, nos ressuscita, nos exalta e nos guarda (vs. 4-9);
3. O que Deus faz em nós quando aceitamos Seu plano de salvação: Restaura e reescreve nossa história (v. 10);
4. O que Deus faz através de nós: Boas obras preparadas por Ele mesmo (v. 10).

Com isso, algumas coisas extraordinárias se tornam evidentes:

1. A reconciliação com Deus restaura relacionamentos com nosso próximo (fim do racismo, preconceitos, discriminação, humilhação, etc.); a falta de união com Deus resulta em problemas de relacionamento (vs. 11-12);

2. Restaurada a inimizade do pecador com Deus, a inimizade com os semelhantes desaparece (fim das guerras, conflitos, brigas e divisões). Reina a paz (vs. 13-18);

3. Unifica um povo, formando no mundo uma família: Os cristãos. Isso é ecumenismo, não firmado em qualquer ponto, mas baseado no Antigo e Novo Testamento. Unidade que calca a verdade não tem apoio da Trindade (vs. 19-22).

O plano de Deus é sublime, com resultado eficiente e evidente. Deus opera na libertação, restauração e reconciliação do pecador através de Cristo. Cristo opera por nós, em nós e, através de nós. Desde a justificação, passando pela santificação e culminando na glorificação, não temos nenhuma participação, é tudo ação divina.

Não nos salvamos com base no que fazemos. “Se fosse o caso, andaríamos por aí nos vangloriando do que fizemos. Não! Nada fizemos, nem nos salvamos. Deus faz tudo e nos salva” diz Paulo; e, imediatamente apela: “Não menosprezem esse presente”.

Do começo ao fim, a obra de salvar é um dom/presente unicamente de Deus. Nossa parte é não fazer nada, senão permitir/aceitar. Reavivemo-nos!

Imagens do Google
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos do Antigo e Novo Testamento você encontra em:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...