Receba mensagens em seu Email

domingo, 7 de dezembro de 2014

Marcos 8 Comentários de Jim Ayer

Reavivados por Sua Palavra

Leitura Bíblica  - Marcos 8
Comentários  de  Jim Ayer

Este capítulo pode ser chamado de o Capítulo do Cego. O capítulo anterior termina com a exclamação de que Ele “faz até o surdo ouvir e o mudo falar.” (Mc 7:37 NVI). Somos, então, levados para a encosta gramada com vista para o Mar da Galiléia, para a alimentação de quatro mil homens famintos, mulheres e crianças (Mc 8:9; Mt. 15:38), que tinham andado uma grande distância para ouvir o Grande Mestre. Em todas as oportunidades, Jesus procurou aliviar a condição humana sofredora.

Apesar da abundância de milagres estabelecer um pano de fundo de alimentação de um grupo de pessoas do tamanho de um pequeno exército, no verso 11 os fariseus ainda procuram um “sinal do céu.” Esses professores voluntariamente escolheram a cegueira – a Verdade e a Vida estavam em pé diante deles e eles não podiam vê-Lo.

Os discípulos não pareciam estar em melhor condição. No versículo 15, Jesus os advertiu sobre o fermento dos fariseus e a não se tornar cego como eles. Mas a cegueira já os havia envolvido de tal maneira que eles perderam completamente o foco! Eles pensaram que Jesus estava falando sobre o pão físico.

Mas, para a condição de cegueira, tanto física como espiritual, Jesus tem a cura. No versículo 22, um cego é trazido a Jesus. Ele cuspiu em seus olhos fechados como se os fosse refazer a partir da argila que Adão tinha sido moldado e de onde seu corpo com defeito a tinha sido recebido; e o Criador do Universo deu a esse homem um novo par de olhos.

Ah, como eu desejaria que o verso 33 precedesse o verso 29! No verso 33, o Diabo, operando através de Pedro, foi repreendido e no verso 29, os olhos de Pedro foram momentaneamente abertos e ele teve um vislumbre de que Jesus era o Cristo. Mas, infelizmente, como os olhos recém-criados do cego, Pedro só pôde ver parcialmente e sua visão desaparece no verso 33 – levaria o tempo de Pedro.

Como é que ganharemos a nossa nova visão? Como nossos olhos espirituais se tornarão totalmente funcionais? Ao permitir que a água da vida, aplicada pela própria mão de Deus – os lave. Para que isso aconteça você deve aproximar-se do Criador.

Os versos 34-38 estabelecem requisitos e fazem perguntas a respeito da visão eterna. Ver começa com rendição: “Se alguém quiser acompanhar-Me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.” (v. 34 NVI). Leia novamente estes versos e, como você está, imagine-se entrando em uma conversa íntima com o Senhor – Aquele que está pronto para conceder-lhe plena visão.

Jim Ayer


http://www.palavraeficaz.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...