Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Lições da Vida de Jesus-Marcos 4

Lições da Vida de Jesus
Leitura Bíblica-Marcos  4
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

A superficialidade na espiritualidade torna-se fatalidade. Falta de profundidade no relacionamento com Cristo resulta em artificialidade. Na religião, artificialidade implica em falsidade, aparência de piedade, nada mais!
Nem todos interpretam a Bíblia corretamente. Nem todo aquele que fala em nome de Cristo, O conhece de fato. Teoria cristã sem relacionamento com Cristo é tão importante quanto ter toda a informação de como se dirige um carro, mas nunca ter dirigido uma única vez.

Só os humildes dependentes de Cristo entendem Sua Palavra e experimentam Seu poder (vs. 10-12). Somente dá ouvido à voz do Espírito entenderá à Palavra divina (v. 9). A palavra do Evangelho é ilustrado pela semente na parábola do semeador (vs. 1-8). Os tipos de solo representam os diversos tipos de coração: duro, empedrado, espinhento e preparado.

Destaco dois pontos dessa parábola:
1. Os convencidos, e,
2. Os convertidos.

Só os humildes e sinceros se convertem. Conhecer intelectualmente é só convencer-se; conhecer e submeter-se pessoal e humildemente é converter-se (vs. 13-20). Embora poderosa, a Palavra depende de um coração pré-disposto. Se outras coisas ocuparem o lugar da Palavra, ela não exercerá nenhum efeito:

“A semente lançada no meio das ervas daninhas é aquele que ouve a mensagem do reino, mas é vencido pela preocupação e pela ilusão de manter o que tem e de ganhar mais. A mensagem é sufocada, e não sobre nada” (vs. 18-19).

Os convertidos verdadeiramente produzirão constantemente o fruto do Espírito e, atrairão com a luz celestial, àqueles que estão nas trevas do pecado. Os que são apenas cascas de cristianismo serão desmascarados no dia do juízo (vs. 21-25).

O verdadeiro cristão morre para si e nasce para Jesus, cresce, amadurece e se reproduz (vs. 26-29), independente do tamanho da fé, ainda que tão insignificante como o grão de mostarda (vs. 30-34).

A verdadeira fé produz frutos em todas as estações e situações climáticas; seja inverno, verão, ou, em meio às tempestades da vida (vs. 35-41). Ser cristão quando tudo está bem e nada conspira contra a fé é uma coisa, preservar fiel em momentos turbulentos é quando a verdadeira fé se manifesta.

As tormentas revelam a fé ou a falta dela: Convencido ou convertido!
Deixe tudo para que a Palavra cresça em teu coração!

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos dos livros de Genesis a Malaquias  você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...