Receba mensagens em seu Email

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Lições da Vida de Jesus-Marcos 2

Lições da Vida de Jesus

Leitura Bíblica- Marcos 2
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Jesus cura, chama discípulos, se envolve em polêmicas e faz apologia. Atividades, dinamismo e determinação caracterizam o dia de Jesus, e quem O segue não tem uma vida vazia, sem sentido e chata.

Este capítulo apresenta maravilhosas aplicações:

1. Jesus cura um paralítico, perdoa pecados e impressiona líderes religiosos; o paralítico representa a cada um de nós arruinado pelo pecado, e, o perdão, a restauração operada àquele que o aceita. “Mas os escribas não acreditaram [em Jesus], apesar da evidência irresistível [transformação do pecador]. Crença envolve vontade, e eles não queriam crer” (William MacDonald). Veja versos 1-12.

2. Jesus chama pecadores para segui-Lo, como Mateus, que era um publicano desprezado, cobrador de impostos: servo de Roma e traidor dos conterrâneos. “Jesus veio chamar pecadores [como os publicanos], e não pessoas presunçosas [como os líderes espirituais de Israel]” (MacDonald). Veja versos 13-17.

3. Jesus renova velhas verdades e amplia suas implicações; diz MacDoanald que o cristianismo sempre sofreu com o legalismo. Diz ele que “O Senhor Jesus ensinou que os dois são incompatíveis”. Veja versos 18-22.

4. Jesus alega ser Senhor do sábado; se Ele é Senhor de minha vida guardarei o sábado como Ele. George Knight observa: “Alguns [cristãos] perderam o foco, confundindo crenças e práticas externas do cristianismo com a verdadeira religião. Há, por exemplo, grande diferença entre guardar o sábado semanal e observar o sábado bíblico. Uma pessoa pode guardar o sábado porque é o dia correto, mas estar totalmente perdida, pois somente poderá observar o sábado bíblico com Jesus no coração”. Veja versos 23-28.

O texto revela que princípios são inalteráveis; todavia deve-se tomar cuidado para não descambar no legalismo. A religião que não transforma o coração não passa de mera ilusão. A religião que só muda crença na cabeça, sem efeito no coração, não passa de manipulação.

Jesus é servo de todos, contudo é Senhor do sábado. Ele revela que o sábado é útil para nós:

1. O sábado não é um dia para ser idolatrado, mas para ser observado;
2. O sábado não é um dia para ser questionado, mas para ser santificado;
3. O sábado é um dia de relacionamento com o Senhor Jesus.
Reflita nas palavras de Cristo e tenha um bom dia! Reaviva-te! / Heber Toth Armí

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos dos livros de Genesis a Malaquias  você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...