Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Lições da Vida de Jesus-Lucas 16

Lições da Vida de Jesus

Leitura Bíblica-Lucas 16
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Espero ter contribuído com teu crescimento espiritual nestes 365 dias. Desejo que reavivamento e reforma sejam mais que meros objetivos para 2015, mas realidades em cada aspecto da vida!

Por isso, convido-te a aprofundar-se na Palavra. Lucas 16 ensina-nos verdades valiosíssimas, as quais são tão profundas que qualquer leitor superficial corromperá o significado descrito pelo doutor Lucas.

Do capítulo, destaco os seguintes versículos onde constam aplicações de Cristo:

1. “Aproveitem as adversidades para motivar a criatividade. Aprendam a concentrar-se no que importa. Assim, vocês terão uma vida de verdade. Não sejam apenas bons cumpridores de regras” (v. 9, AM).

2. “O Céu pode se desintegrar e a terra se dissolver, mas nenhuma simples letra da Lei de Deus ficará obsoleta” (v. 17).

3. “Mas Abraão afirmou: ‘Se eles não ouvem a Moisés e os Profetas [a Bíblia], ninguém que volte do mundo dos mortos que irá convencê-los” (v. 31).
Nos versículos 1 a 9, Jesus ensina fidelidade apesar de tudo conspirar contra o que é certo; é preciso habilidade e agilidade para viver corretamente em uma sociedade errante.

Nos versos 10 a 18, Jesus ensina a imutabilidade e a eternidade da Lei divina (A Bíblia, o que inclui os 10 Mandamentos). Dizer que a Lei caducou com João Batista significa perder de vista um grande ensinamento de Cristo.

Nos versos 19 a 31, Jesus ensina através de uma parábola que, aquele que não aceitar a revelação divina através de Moisés e os Profetas (Antigo Testamento), não crerá de verdade na verdade; e, por não amar seus irmãos, estarão na contramão da Lei.

Amim Rodor explica:

1. “O propósito dessa parábola [...] não é oferecer uma doutrina sobre o estado dos mortos, mas chamar nossa atenção para a oportunidade de utilizar nossos recursos para servir enquanto temos vida”.

2. “Os pedidos [do rico da parábola] são negados, e Abraão afirma uma verdade universal: aqueles que são surdos à voz de Deus em Sua revelação não serão convencidos por milagres e sinais”.

3. “Há milhões que são imitadores do homem rico: ‘Eu creria se Deus fosse mais claro’ [...]. Se não crerem nesses [Moisés e Profetas], não crerão ‘ainda que ressuscite alguém dos mortos’ (v. 29)”.
É bom crermos mais na Bíblia em 2015!

Imagens do Google –

Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos dos livros de Genesis a Malaquias  você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...