Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Lições da Vida de Jesus-Lucas 2

Lições da Vida de Jesus

Leitura Bíblica-Lucas 2
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

O evangelho segundo Lucas é avaliado pelo cético francês Ernest Renan, o qual concluiu que é “O livro mais belo que existe”. Sendo Lucas um não-judeu e seu público alvo é gentio, pode-se considerar Ernest Renan prova de sua eficácia. Leia-o atentamente, independentemente de tua origem étnica.
Lucas descreve:

1. O nascimento humilde de Jesus, numa situação complicada: No dia do decreto de César Augusto que convocava a todos a alistarem-se para um censo. Consequentemente, Maria e José estavam fora de casa e não acharam lugar na abarrotada cidade Belém, na Judeia, para o trabalho de parto (vs. 1-7).

2. O anjo visto à noite pelos humildes e desprezados pastores de ovelhas, louvando e apontando-lhes o nascimento humilde do menino-Deus. Logo após ouviram um coral de anjos cantando “Glória a Deus nas maiores alturas, paz a todos os homens e mulheres na terra que lhe agradam”; e, então, correram exultantes até à manjedoura (vs. 8-20).

3. A apresentação que Maria fez de Jesus no Templo com oito dias, era um frágil bebê na mão de Sua mãe cumprindo religiosamente cada ritual em detrimento de seus parcos recursos (vs. 21-24).

4. Um velho cheio do Espírito Santo, e, uma velha viúva profetisa, Simeão e Ana; junto com os pastores compõem o pequeno remanescente que, sincera e humildemente, esperava verdadeiramente o surgimento do Messias (vs. 25-38).

5. A sabedoria de um menino, que surpreendeu, com Sua perspicácia, aos mais intelectuais religiosos e filósofos da época. A vidência de que Jesus era o Messias tornou-se clara antes mesmo do início oficial de Seu ministério terrestre (vs. 39-52).

Que capítulo fantástico! Que mãe não queria um filho assim! Quanta sabedoria! Nestes versos nota-se que Dr. Lucas era exímio escritor, quanto mais inspirado pelo Espírito Santo!

Com maestria ele descreveu um menino pobre, de um lar simples: O Filho de Deus. Que, embora fosse judeu, o menino era o Salvador do mundo. Com apenas 12 anos, Sua resposta à pergunta de Sua ansiosa mãe tinha grande peso teológico:

“Por que estavam procurando por mim? Não sabiam que eu tinha de estar aqui, tratando dos assuntos do meu Pai?” (v. 49).

Ainda neste capítulo, aceite ao Jesus que Lucas apresenta. Deixe-O ser teu Senhor e Salvador (v. 11) .

Imagens do Google – 
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos dos livros de Genesis a Malaquias  você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...