Receba mensagens em seu Email

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Lições da Vida de Jesus-Lucas 7

Lições da Vida de Jesus

Leitura Bíblica-Lucas 7
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Cada pessoa com seu dom, habilidade e talento – Deus fez assim. Não importam as diferenças de cada indivíduo, o interesse deve ser comum: Jesus. Embora Mateus e Marcos tenham escrito sobre Jesus, a ênfase de Lucas é diferente – contudo, o personagem é o mesmo.

Sendo médico, Lucas foi atraído pela habilidade de Jesus em lidar com doenças e com aqueles que não têm condições de pagar. Observe atentamente:

1. Lucas fica impactado com a maneira de Jesus curar o servo de um centurião romano, que não era judeu, entretanto cria em Deus (vs. 1-10).

2. Lucas fica ainda mais impressionado porque Jesus, além de curar doentes, restaura a vida a mortos. Ele ressuscitou o filho da viúva solitária (vs. 11-23).

Além desses dois episódios, Lucas revela que dúvidas surgiram na mente de João Batista, o qual enviou seus discípulos a perguntar a Jesus se era Ele Aquele que fora anunciado. O que Jesus fez?

Ele não elaborou uma resposta teológica-filosófica, ou argumentos rebuscados, ou um sermão doutrinário; nem mesmo reprovou João. Apenas revelou Seu poder curando cegos, aleijados, leprosos, surdos; ressuscitando mortos e anunciando o evangelho aos pobres (vs. 18-22). Simplicidade e poder eram suficientes para João como a muitos que hoje duvidam de Jesus.

Lucas, sendo médico, intelectual, apreciou a simplicidade de Jesus. A maneira gentil dEle tratar as pessoas o impressionava também. Por isso descreve com detalhes dois pontos:

1. O elogio que Jesus faz de João Batista e Sua indignação com os religiosos orgulhosos e críticos que não se renderam aos simples ensinos do Batista e nem aos do próprio Cristo (vs. 24-35).

2. A maneira de Jesus lidar com a pecadora que, por amor beijou e ungiu Seus pés, e a forma discreta de chamar a atenção de Simão que reprovou Jesus por permitir que tal pecadora O ungisse (vs. 36-50).

Embora sejamos criticados pelos ignorantes por amar pessoas desprezadas devemos fazer o bem a elas assim como Jesus fez.

O verso 23 prende minha atenção! Às vezes as evidências de quem é Cristo está bem adiante de nós, porém, O desprezamos pela nossa visão crítica das coisas (v. 34), e fazemos o mesmo com Seus mensageiros (v. 33). Tornamos evidências em pedras de tropeço!

“Senhor, transforma-me urgentemente!”

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...