Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Atos 27 Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Lições de Vida  dos  Apóstolos de Jesus

Leitura Bíblica- Atos 27
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Não só a igreja deve ser reavivada e reformada; a sociedade, o lar e, principalmente nossa vida pessoal. Observe pausadamente cada uma destas palavras:

• Deus;
• Igreja;
• Bíblia;
• Jesus;
• Oração.

Note que, geralmente, indagamos sobre a primeira. Desgostamo-nos com a segunda. Não conseguimos entender a terceira. Usamos a quarta de qualquer jeito. Depois, arruinados e desesperadamente, intentamos a última. Precisamos reavivarmos e reformarmos urgentissimamente...

Dificuldades sempre existiram e ainda existirão, tanto aos cristãos como aos pagãos, assim também aos servos de Deus e aos ateus. Isso é visível na viajem de Paulo, de Cesaréia com destino a Roma (vs. 1-12).

A vida é uma viagem, às vezes vamos por terra, outras vezes por mar – algumas vezes pelo ar. Quando no mar, ora parece calmo, ora tormentoso. E, certa altura, experimentamos um naufrágio – onde só nos restará a vida (vs. 13-44).
Ao comentar sobre este capítulo, Charles Swindoll apresenta, didaticamente, lições sobre lidar com os naufrágios da vida: Lance quatro âncoras ao mar:

1. Âncora da estabilidade (vs. 20-26);
2. Âncora da unidade (vs. 27-32);
3. Âncora da renovação (vs. 33-36);
4. Âncora da realidade (vs. 41-44).

O navio tinha 276 almas, nenhuma se perdeu. Mas o resto, inclusive o navio, tudo se perdeu. A despeito de todas as perdas, a preservação das 276 almas foi um milagre. Note no texto que, em meio às adversidades da vida faz diferença a confiança em Deus, estar ligado à Igreja verdadeira, ser praticante da Bíblia, depender de Jesus e recorrer à oração.

Catorze dias tempestuosos. Sem fogo, sem cozinhar, sem comer, sem parar. “No meio daquele terrível cenário, o apóstolo mantinha a calma e a coragem. Não obstante estivesse ele sofrendo fisicamente mais do que todos, tinha palavras de esperança para o momento mais crítico... Nesse tempo de provação, Paulo agarrou-se pela fé ao braço do poder infinito, apoiando seu coração em Deus e, no meio do desânimo circundante, sua coragem e nobreza de alma brilharam com o mais claro fulgor. Enquanto todos ao redor aguardavam apenas rápida destruição, esse homem de Deus, na serenidade de uma consciência irrepreensível, estava derramando suas ardentes súplicas em favor de todos” (EGW, Paulo, 270-271).

Quem dera dependêssemos de Deus assim como Paulo! Aprendamos!

Lance tuas âncoras em Jesus! Confie!

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...