Receba mensagens em seu Email

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Atos 17 Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Lições de Vida  dos  Apóstolos de Jesus

Leitura Bíblica- Atos 17
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Ah se todos fossem como os bereanos, não haveria tantas denominações cristãs diferentes! Muitos estão em igrejas falsas porque não investigam a Palavra; quando questionados, defendem a mentira como se fosse verdade.

Os sermões do grande apóstolo Paulo eram avaliados à luz da Bíblia pelos ouvintes bereanos. Eles examinavam a Palavra de Deus em casa após ouvir Paulo em público. Logo, foram considerados mais nobres que os Tessalonicenses (vs. 1-14).

A investigação bíblica diariamente e os sermões de Paulo, pregados em cada sábado, conduziram muitos homens e várias mulheres gregas, de alta posição, a unirem-se ao cristianismo.

Quando se prega fielmente a Palavra de Deus e os ouvintes avaliam sistematicamente o que foi proclamado à luz da Palavra, certamente a pessoa de mente aberta, se converterá a Cristo, seja rico ou pobre, judeu ou gentio.

Nos versos 15 a 34, Paulo falou aos ouvintes mais intelectuais do primeiro século. Embora os habitantes de Antenas fossem extremamente religiosos, a cidade era a metrópole do paganismo. Possuíam várias estátuas, até mesmo um altar “AO DEUS DESCONHECIDO”.

Havia muitos filósofos ali, porém, “logo viram que o cabedal de conhecimento de Paulo era superior ao deles. Sua capacidade intelectual impunha respeito e captava a atenção dos mais cultos e intelectuais, ao passo que seu fervoroso e lógico raciocínio e seu poder de oratória prendiam a atenção de toda plateia. Assim, o apóstolo permaneceu invicto, enfrentando os opositores no próprio terreno deles, contrapondo lógica a lógica, filosofia a filosofia” (EGW, Paulo, p. 96-97).

A sabedoria divina ultrapassa a sabedoria humana.

Paulo foi conduzido ao Areópago, um dos locais de Antenas mais consagrados ao conhecimento. Ali, com citações de Epimênides de Creta, Arautos da Cecília e Cleantes, Paulo penetrou na mente culta dos presentes. Embora muitos deles não suportaram o tema da ressurreição, Dionísio (o areopagita), Dâmaris (uma mulher), e ainda outros ouvintes, aderiram ao cristianismo (v. 34).

Lições:
1. A eloquência de palavras, argumentos retóricos e lógicos não movem ninguém à conversão;
2. Somente o poder atuante do Espírito Santo pode converter alguém;
3. Assim, o melhor sermão só terá efeito com a atuação do Espírito Santo;
4. Contudo, o ouvinte não deve opor-se à influência do Espírito Santo.

“Senhor, converta-nos! Enche-nos do poder do Espírito Santo”

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...