Receba mensagens em seu Email

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Atos 16 Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Lições de Vida  dos  Apóstolos de Jesus

Leitura Bíblica- Atos 16
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

O Evangelho promove mudanças extraordinárias! A conversão do pecado a Cristo resulta do poder do Evangelho. Ninguém deve ser o mesmo após render-se ao seu poder. Paulo, de perseguidor do cristianismo, tornou-se pregador de Cristo. Lucas, de médico tornou-se a missionário. E você já passou pela conversão?

O autor do livro de Atos é o Espírito Santo, mas Lucas foi o escritor. O fato dele não ser judeu é significativo, pois ele não se converteu ao judaísmo, mas ao cristianismo. Neste capítulo, pela primeira vez Lucas usa o pronome “nós” (vs. 16-17). Ele estava com Paulo evangelizando os gentios.

Neste capítulo aprendemos que...

1. Temos que extrair obstáculos à pregação do evangelho sem ferir princípios divinos. Paulo circuncidou Timóteo para alcançar judeus para Cristo (vs. 1-3);

2. Temos que promover as decisões dos concílios da Igreja. Os pontos votados foram: Ensinar novos cristãos a dizer não à idolatria, à perversão sexual, às carnes de animais sufocados e ao consumo de sangue. Paulo, guiado pelo Espírito Santo, fez isso e fortaleceu as igrejas (vs. 4-8);

3. Temos que ter ajudantes humanos e dependência do Espírito Santo, seguir a agenda do Céu e anunciar o puro Evangelho em diversos lugares (vs. 9-12);

4. Temos que santificar o dia de sábado. Lucas, o médico gentio convertido ao cristianismo, descreve que, sem um lugar físico para adorar, no sábado foram à beira de um rio cultuar ao Criador (vs. 13-18); o dia santo é o sábado, não outro dia. Santifique-o!

5. Temos que aprender que o evangelho atrai a uns e endurece a muitos. A libertação de uns causa indignação nos inimigos de Cristo. Por isso, Paulo e Silas foram presos, mas na prisão Deus tinha um plano. Paulo abriria a porta da salvação àquele que fechou-lhe a porta da prisão (vs. 19-40).

Nas trevas da meia-noite, Paulo e Silas cantavam na prisão sem nenhum tom de reclamação. Seguir a agenda do Espírito Santo nem sempre traz tranquilidade, mas certamente trará paz nas adversidades. Experimente!

Na meia-noite da vida, existem apenas duas alternativas:
1. Cantar em meio às aflições, como Paulo e Silas; ou,
2. Procurar solução no suicídio, como o carcereiro.

O Evangelho mudou a sorte e a vida do carcereiro e sua família. Aleluia!
Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...