Receba mensagens em seu Email

quinta-feira, 25 de junho de 2015

2 João Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Lições de Vida  

Leitura Bíblica-2 João
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Com apenas 13 versículos esta cartinha não fica por baixo de nenhum escrito do Novo Testamento. O que, de tão importante, podemos aprender deste texto inspirado?

A Palavra de Deus não tem prazo de validade, nem caduca com o tempo, portanto, não perde seu poder – ela é atual e sempre revelará a verdade. Desta pequenina carta, Matthew Henry reuniu os seguintes tópicos: O apóstolo João...

1. ...saúda uma honrável matrona e seus filhos (vs. 1-4);
2. ...recomenda-lhes fé e amor (vs. 5-6);
3. ...adverte-os acerca dos enganadores (v. 7);
4. ...adverte a fim de que cuidem de si mesmos (v. 8);
5. ...ensina-os como tratar aqueles que não seguem a doutrina de Cristo (vs. 10-11);
6. ...após mencionar que esperava vê-los pessoalmente, concluiu sua cartinha (vs. 12-13).

Segundo esta missiva, o cristão verdadeiro não anda em falsidade ou causando confusão/conflito na sociedade, muito menos na igreja ou em casa; pelo contrário, ele é regido pela verdade e movido pelo amor verdadeiro outorgado por Deus.

A comunhão do cristão é com Deus e as pessoas, não com o pecado. Às vezes, será preciso colocar limites àqueles que querem induzir-nos ao pecado, ainda que venham com estratégias evangelísticas/missionárias – alias, os hereges também são evangelistas-disfarçados, mas seu alvo são os fieis objetivando desviá-los do caminho do Céu.

O erro doutrinário é resultado de falhas no relacionamento com Deus. Os falsos mestres querem que substituamos a verdade pela mentira, que despenquemos de uma espiritualidade saudável para uma espiritualidade questionável. Na dúvida, não ultrapasse; nem aceite!

“Há muitos charlatões de conversa suave pelo mundo afora [...]. Vamos chama-los pelos seus verdadeiros nomes. Enganadores! Anticristos! [...]. Quem vai longe demais, a ponto de ir além do ensino de Cristo, está se afastando de Deus, mas quem se apega a este ensino [dos apóstolos] permanece fiel ao Pai e ao Filho” (vs. 7-9).

• Devemos amar e orientar nossa vida pelo amor; entretanto, o amor que vem de Deus não tolera heresias, falsidades, erros e aberrações teológicas.
• Devemos amar, eis a essência da verdadeira religião; todavia, não devemos comprometer a verdade (a sã doutrina) em nome do amor.
• Devemos amar as pessoas, mas não ajudar a propagar aquilo que Deus não aprova. “Amar significa seguir os mandamentos” – afirmou João!

Reavivemo-nos!

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos do Antigo e Novo Testamento você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...