Receba mensagens em seu Email

sexta-feira, 26 de junho de 2015

3 João Comentários de Peter Landless

Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica   3 João
Comentários  de  Peter Landless
Através das horas de um determinado dia, temos a oportunidade de cumprimentar pessoas – família, amigos, colegas de trabalho, aqueles que nos auxiliam e, às vezes, até mesmo aqueles que nos incomodam. Como são os nossos cumprimentos? Calorosos ou vazios?

Eu amo a saudação na qual João saúda a seu amigo amado, Caio: “Amado, oro para que você tenha boa saúde e tudo lhe corra bem, assim como vai bem a sua alma” (v 2 NVI). Que saudação! Que bênção ele pronuncia! Alguns argumentam que essa era a maneira de João dizer: “Eu espero que você esteja bem e prosperando em todos os sentidos.” Do ponto de vista tendencioso de um médico que é apaixonado pela Mensagem de Saúde Adventista, a qual enfatiza a totalidade do corpo, mente e espírito, tomo coragem e também a permissão de enfatizar o modo como valorizamos o conceito de bem-estar holístico [NT: O ser humano como um todo].

Nós podemos ser completos, embora possamos estar fracos fisicamente – “plenitude no quebrantamento” – através da habitação do Espírito de Deus que transforma nossas vidas. Sim, é importante buscarmos a saúde total.

João elogia Gaio por sua fidelidade e carinho por todos, incluindo estranhos. De modo semelhante a II João, o apóstolo se preocupa e se alegra com seus “paroquianos” (ou convertidos), que continuam em seu relacionamento com Jesus. Esta inquietação pastoral é uma virtude que devemos imitar em nossos relacionamentos na família de fé, apoio, cuidado e partilha. Ao mesmo tempo, João adverte contra o comportamento de divisão de Diótrefes, prometendo tratar desse assunto em sua próxima visita (e isto não é apenas uma crítica, mas comentários sobre o que ele logo pretende colocar em prática!). Em seguida, ele nos encoraja a imitar aqueles que seguem a Jesus, o nosso exemplo divino, e, então cita Demétrio.

Assim como fez em sua carta anterior, João deixa muito por dizer, preferindo tratar algumas questões pessoalmente, em particular. Mas, eu suspeito que (como eu, pessoalmente, preferiria fazer), tratar do assunto com a congregação toda.

Que ao conversamos, enviarmos mensagens de texto, escrevermos, tuitarmos, e talvez até nos comunicarmos especialmente através de nossa linguagem corporal, possamos imitar o coração, a mente e as instruções de Jesus.

Ah, e que assim como João, possamos tornar nossos cumprimentos positivos, edificantes e memoráveis!

Peter Landless
Diretor mundial dos Ministérios de Saúde da IASD
Estados Unidos



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...