Receba mensagens em seu Email

sábado, 27 de junho de 2015

Judas Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Lições de Vida  

Leitura Bíblica-Judas
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Este Judas era irmão de Tiago, ambos irmãos de Jesus por parte de José. Convertido posteriormente, Judas tornou-se cristão genuíno. Ao escrever esse livro inspirado pelo Espírito Santo, seu propósito primário era “lembrar aos cristãos seu dever de lutar pela verdade” analisa John MacArthur.

Destaco, antes de avançar, mais um detalhe observado por MacArthur: “Observe atentamente: nossa tarefa como embaixadores é levar as boas-novas às pessoas. Nossa missão como soldados é destruir ideias falsas”. Vamos à luta?

Judas tem muito a ensinar-nos, porém, dou ênfase nos seguintes pontos extraídos do texto:

1. Quando a situação exige, ao invés de pregar/escrever sobre doutrina é importante falar sobre a necessidade de lutar pela fé, defender a fé verdadeiramente bíblica. O cristão verdadeiro não deve acomodar-se frente à proliferação da religião falsa, não deve cruzar os braços quando a doutrina de Cristo está sendo deturpada e atacada (vs. 1-4);

2. Quando a falsificação espiritual está sendo difundida é preciso falar sobre suas reais consequências. Judas utiliza como exemplo os israelitas no deserto que foram destruídos porque não creram; anjos rebeldes (demônios) não estão isentos de punição e os habitantes de Sodoma e Gomorra são evidências que Deus executará Seu justo juízo sobre seres humanos e anjos maus (vs. 5-7);

3. Quando falsos mestres estão tentando levar para o inferno os candidatos ao Céu é preciso arregaçar as mangas e defendê-los. Os falsos mestres são surdos à verdade, são arrogantes, imorais, insubordinados, legalistas e ritualistas. Os falsos mestres não se submetem à Palavra de Deus, se queixam de tudo, estão sempre insatisfeitos. São interesseiros. Estes estão condenados, serão destruídos – o mal será eliminado e o bem sairá vitorioso (vs. 8-16);

4. Quando a verdade está sendo atacada e os filhos de Deus estão desorientados, é preciso incentivar o cultivo do crescimento espiritual, a oração inspirada pelo Espírito, a perseverança na esfera do amor divino, o anseio pela graça divina na consumação da vida eterna, o cuidado daqueles que têm dúvidas sinceras em relação à fé, a evangelização e o apartar pecadores de seus pecados (vs. 17-25).

O tempo do juízo final se aproxima. Confiar em Deus e crer em Suas promessas são importantes para que não desfaleçamos quando a pressão contra a verdade aumenta.

Vamos à luta?

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos do Antigo e Novo Testamento você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...