Receba mensagens em seu Email

quinta-feira, 25 de junho de 2015

II João Comentários de Peter Landless

Reavivados por Sua Palavra

Leitura Bíblica   II João 
Comentários  de Peter Landless

É encorajador e até mesmo emocionante reencontrar aqueles que um dia foram estranhos ao amor e à graça de Jesus e, desde que O encontraram, permaneceram fiéis. Isto é ainda mais significativo se fomos, de alguma forma, instrumentos em incentivar tal despertamento. João, “a quem Jesus amava” (Jo 13:23), expressa sua alegria ao encontrar esses seus “filhos na fé” ainda fiéis e mantendo relacionamento com Deus.

O apóstolo enfatiza o mandamento de Deus: “… que nos amemos uns aos outros” (v. 5 NVI). E, em seguida, define o amor como caminhar “em obediência aos Seus mandamentos … e Seu mandamento é que andemos em amor” (v.6 NVI). Nesta dupla ênfase, João não deixa dúvida de que Deus quer que nos amemos genuinamente.

Ele continua a dar conselhos muito diretos sobre não fazer companhia àqueles que não seguem a doutrina de Cristo, a ponto de nem mesmo recebê-los em nossa casa. Isto pode parecer extremo, à primeira vista. Não temos nós o dever de levar a mensagem da salvação a todos? Não devemos ser hospitaleiros a todos? Na verdade, João está aqui alertando contra o perigo da comunhão intencional com aqueles que desejam desestabilizar a nossa fé, crença e relacionamento com Jesus. Nos dias atuais esta é uma perigosa tendência, mesmo na família da fé.

Na sequência desta breve carta a uma congregação não identificada, João faz referência a “uma senhora escolhida por Deus” (v.1 NVI), e encerra com saudações a uma outra “irmã”, também não identificada, cujos “filhos … enviam saudações.” Mas ele escolhe deixar muito ainda a ser escrito, esperando pela oportunidade de “visitá-la e conversar com você face a face, para que a nossa alegria seja completa” (v. 12 NVI).

À medida que prosseguimos em nossas atividades diárias hoje, repletas de mensagens de texto, tweets, blogs e e-mails, esforcemo-nos em manter nossas conversas e comunicações centralizadas em Cristo e, assim, manter completa a nossa alegria.

Peter Landless
Diretor mundial dos Ministérios de Saúde da IASD
Estados Unidos



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...