Receba mensagens em seu Email

quinta-feira, 14 de maio de 2015

1 Timóteo 4 Comentários de David Manzano

Reavivados por Sua Palavra

Leitura Bíblica  - 1 Timóteo 4
Comentários  de  David Manzano

A história cristã revela que ao longo dos séculos Satanás tem infiltrado no cristianismo muitos ensinamentos falsos, assim como os versos 1-3 preveem. O Espírito Santo, por meio de Paulo, alerta acerca da apostasia da verdadeira fé. Satanás é capaz de usar do pseudo cristianismo para seus propósitos malignos. Quatro vezes nos dezesseis versículos desse capítulo encontramos a palavra “doutrina”, que significa “ensino” (vs. 1, 6,13,16). Nós não devemos ser desviados por cada nova ideia que recebemos.

Entre os pagãos e judeus havia grupos que acreditavam que uma pessoa atingia uma vida espiritual mais elevada através de rigorosa auto-disciplina e auto-negação (vs. 4-8). O ensino de que o celibato é uma maneira de viver mais santa do que ser casado e ter filhos é um ataque ao nosso Criador. É um falso ensino.

O Senhor disse a Adão e Eva o que comer. Após os seres humanos pecarem Ele lhes disse de quais alimentos poderiam se alimentar e quais não poderiam. Proferir uma oração sobre comida e bebida que não foi “separada” pela Palavra como adequada para os seres humanos não torna a comida ou bebida sagrada. O jejum pode ser benéfico, mas é um erro pensar que a abstenção de comida faz de alguém um santo. O exercício físico é importante, mas não deve ser prioridade. Viver piedosamente, refletindo o caráter de Jesus, é de muito maior importância. É de valor eterno.

Muitos dos provérbios ou ensinamentos que as pessoas acreditam desde crianças são “fábulas profanas e tolas” (v.7 NVI). Alguns deles são inofensivos, mas outros não. Por exemplo, as pessoas costumavam acreditar que o ar da noite era  prejudicial e devia ser mantido fora. Como resultado, as janelas dos quartos eram mantidas fechadas a noite toda e o ar tornava-se viciado. Gatos pretos, quebrar um espelho, aplacar espíritos – o mundo está cheio de mitos terríveis. Não é fácil abandonar a bagagem cultural que nos é imposta, mas esta deve ser testada pela Palavra de Deus e deixada de lado, se necessário, sempre que afetar a visão que temos de Deus e da eternidade.

Esse capítulo nos lembra que a oração, o ensino da Palavra de Deus e o Espírito Santo são capazes de nos libertar para vivermos o caminho de Cristo.

David Manzano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...