Receba mensagens em seu Email

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Zacarias 14 Comentários de Sook-Young Kim

 Reavivados por Sua Palavra

Leitura Bíblica  - Zacarias 14
Comentários  de  Sook-Young Kim

Zacarias foi profeta de Israel logo após o retorno do povo do exílio babilônico. Eles se encontravam em uma situação triste e agonizante, porque a construção do templo havia sido interrompida devido à pressão dos povos ao redor. É neste momento que Zacarias lhes traz esperança com a mensagem apresentada neste capítulo de que a restauração seria completada. Sua mensagem lhes deu grande incentivo e também para nós, que vivemos no tempo do fim.

Os dois primeiros versos parecem-nos descrever a situação pouco antes do fechamento da porta da graça. Como bem sabemos, o conflito final envolverá uma questão econômica. Nossos bens serão tomados e divididos, não importa onde vivamos no mundo. Haverá restrição de compra e venda de bens, incluindo veículos e casas, para todos os que não receberão a marca da besta (Ap 13:16-18).

Os versos 3 e seguintes devem ser aplicados à “terceira” vinda de Cristo, que irá acontecer depois do milênio. Caso contrário, isso significaria que Jesus permaneceria na terra como Rei após Sua segunda vinda, o que é contrário a outros textos bíblicos, incluindo João 14:1-3, 1 Ts 4:16-17 e Apocalipse 20 e 21.

No final do milênio os pés de Jesus pisarão sobre o Monte das Oliveiras. Então a cidade de Nova Jerusalém descerá do céu quando a montanha se dividir para o norte e para o sul, formando uma grande planície para a cidade repousar (v. 4). Que pensamento glorioso!

Naquele momento, Jesus virá com todos os santos que habitam na Nova Jerusalém (ver também Grande Conflito 662, cap. 42). Não haverá dia nem noite, porque sempre haverá luz. Ap 21:23-24 diz que o próprio Cordeiro é a luz. Água viva brotará de Jerusalém, a partir do trono de Deus, e em ambos os lados deste rio estará a árvore da vida (Ap 22:1).

Depois de sua vinda final, Deus será o único a ser adorado. Não haverá mais idólatras ou comerciantes no templo do Senhor (vv. 9, 21). Jerusalém é chamada de nova porque terá sido completamente restaurada para o povo de Deus (v. 10). Os ímpios ressuscitados então atacarão Jerusalém, mas serão punidos e totalmente erradicados, incluindo Satanás (vs. 12-15; cf. Ap 20: 7-10). Jerusalém será um lugar seguro e nela não haverá mais maldição (Apoc 22:3). Segurança eterna existirá nela e entre seus habitantes (vs. 11).

A última parte de Zc 14 nos concede uma visão graciosa. O remanescente de todas as nações adorará o Senhor dos Exércitos. Apesar de não sermos judeus pelo sangue, se permanecermos fiéis pela Sua graça, seremos contados entre os remanescentes, tendo o privilégio de adorar ao nosso Deus eternamente! Haverá consagração completa. Zacarias nos diz que mesmo nas campainhas dos cavalos e utensílios da casa do Senhor haverá a frase “Santidade ao Senhor” (v. 20). Estas são as mesmas palavras gravadas na placa anexada à mitra dos sumos sacerdotes.

Por causa da total redenção e salvação estendida ao povo de Deus, se seguirá por parte dele a total dedicação e a santidade para o Senhor.

Ajuda-nos, Senhor, a fazermos parte desta cena gloriosa! Bendito seja o nome do Senhor para sempre! Amém!

Sook-Young Kim
Universidade Nacional de Kyungpook
Coréia do Sul

http://www.palavraeficaz.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...