Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Lições de Vida- Malaquias 1

Lições de Vida

Leitura Bíblica- Malaquias 1
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Certa vez fiz uma viagem. Em dez dias dirigi 3.670 km. Com meu Fiat Pálio 1.0 sai de Xaxim, SC, Brasil; cruzei o estado do Rio Grande do Sul; entrei no Uruguai, visitei Montevidéu, Punta del Este e Maldonado. Subi até encontrar uma ponte para Argentina, fui a Santa Fé, na província de Paraná. Em todo trajeto não me perdi, a não ser quando estava chegando em casa. Faltavam cerca de 100 km, era noite; percorri uns 200 km a mais por causa disso.

Aprendi, com isso, uma lição espiritual: Na vida cristã a gente pode se perder na reta final. A mornidão atinge à igreja nos últimos dias. Aconteceu ao povo de Deus do passado e acontece hoje, no período laodiceano. Quando as profecias referentes ao Messias estavam à beira de cumprir-se, o povo relaxou espiritualmente.

Foi preciso entrar em cena um profeta de fibra: Malaquias. Suas mensagens foram oportunas para a primeira vinda do Messias, tanto quanto são para Seu retorno.

Malaquias não se apresenta; ele nos ensina que é mais importante falar de Deus do que de si mesmo. Ele exortou o povo que deveria ter aprendido após a disciplina de setenta anos de cativeiro na Babilônia. Embora havia reconstruído o templo, mas a fé do povo ainda estava em ruínas. É para incendiar a fé dos trôpegos espirituais que Malaquias ergueu sua voz.

Sendo que...
1. Nem sempre a disciplina divina resulta em mudanças de vida;
2. Nem sempre a operação divina em restaurar materialmente alcança o aspecto espiritual;
3. Nem sempre reforma na igreja significa reforma na vida...

...Então, é necessário reatar o compromisso de um relacionamento genuíno com Deus. Para isso, é imprescindível reconhecer que:

1. O amor de Deus por Seu povo é real, infinito e atuante (vs. 1-6);
2. O amor de Deus jamais ignora a correção de Seus filhos (vs. 7-10);
3. O amor de Deus não é irresistível; portanto, não O rejeite (vs. 11-14).

Amor é base para qualquer relacionamento, mesmo com Deus. Práticas sem amor é hipocrisia e formalismo. Somente quem ama a Deus de verdade dispõe-se a não traí-lO com o diabo, praticando o pecado.

Quando a sonolência espiritual toma conta, acorde; levante a cabeça e comprometa-se plenamente com Deus!

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...