Receba mensagens em seu Email

terça-feira, 12 de junho de 2018

I Coríntios 5 Comentário Pr Heber Toth Armí

I CORÍNTIOS 5
Comentário Pr Heber Toth Armí

Após deixar claro que problemas de relacionamentos, divisões eclesiásticas e ambições sociais evidenciam falta do poder do evangelho, Paulo tratará de outros temas que devem também ser pautados pelo evangelho.

O mau testemunho na igreja será um obstáculo para a sociedade incrédula; ou melhor, será uma boa justificativa para os incrédulos não terem motivação de se tornarem cristãos. 

• O evangelho precisa ser eficaz na vida dos evangélicos para que os que ainda não são vejam que vale a pena ser.

Uma igreja impura em uma cultura corrompida não terá o poder que Cristo espera que ela tenha. Quando uma igreja não é pura em relação ao evangelho, a influência do mundo penetra na vida de seus membros a tal ponto de agirem pior que os descrentes. Reflita:

1. É possível existir, na igreja, perversão sexual que até os pagãos desconhecem. Na igreja de Corinto, madrasta e enteado mantinham relações sexuais (v. 1).

2. Há líderes espirituais que se vangloriam de sua sabedoria, mas são coniventes com horríveis pecados. Os líderes que se vangloriavam de sua espiritualidade em Corinto deveriam ter removido tais indivíduos do rol de membros dessa comunidade (v. 2).

3. Paulo mostra como se deve lidar com o infrator religioso:

• Uma reunião da igreja no poder de Cristo deve analisar o caso, remover o transgressor e entregá-lo a Satanás; pois, quem sabe o torpe pecador terá sua consciência despertada para a justiça (vs. 3-6).

• Assim como um fruticultor elimina frutas podres para não contaminar as boas em seu depósito; ou, como a dona de casa lança fora o fermento velho para não danificar toda a massa, a igreja deve eliminar pecadores que denigrem o poder e a pureza do evangelho (vs. 7-8).

• Associação com crentes hipócritas, desde sociedade empresarial até casamentos com um professo crente que se comporta como descrente, deve ser fortemente evitado (vs. 9-11).

• A igreja deve legislar sobre os que estão ligados a ela, a tal ponto de ter de expulsar dela a quem precisa (vs. 12-13).

Paulo, outrora, havia escrito o que estamos lendo agora. Não temos seus primeiros escritos sobre o tema, mas que bom que ele reiterou o assunto! Essa repetição serve de alerta para que não caiamos na corrupção. 

Portanto, purifiquemo-nos, reavivemo-nos! – Heber Toth Armí #ebiblico #rpsp #rbhw

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...