Receba mensagens em seu Email

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

João 5 Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Lições da Vida de Jesus

Leitura Bíblica-João 5
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

É impressionante como Deus sabe tudo. Como Jesus é Deus tanto quanto o Pai, Ele simplesmente sabe. Ele nos conhece, sabe como e onde vivemos, percebe o que abrigamos no íntimo do coração; e, conhece a solução para resolver qualquer situação.

Um inválido doente com quase quarenta anos foi alvo da ternura do Messias. Jesus foi até o tanque de Betesda sabendo da situação dele. “Onde ele obteve esse conhecimento?” Pergunta William Hendrikson; ele mesmo responde alegando a existência de três possibilidades:

(1) Alguém pode ter-Lhe dado tal informação, de uma maneira natural e humana.
(2) O Pai pode ter-lhe revelado.
(3) A natureza divina de Cristo pode ter transmitido esse conhecimento à Sua natureza humana, de uma maneira que não compreendemos.

O que importa é que Jesus sabe de nossas fraquezas e onde nos encontramos; mais importante é que Ele pode ir onde estamos e nos restaurar da situação que nos encontramos (vs. 1-18).

1. Você pode estar paralítico física ou espiritualmente, Jesus pode te restaurar.
2. Você pode estar fraco espiritualmente ou fraco na fé, Jesus pode te recompor.
3. Você pode estar desesperado, abatido e doente, Jesus é tua única esperança.

Mesmo possuindo tais informações, tem gente que se aproxima ao redor de quaisquer coisas que parecem prometer qualquer solução ou respostas para seus problemas. Por isso, muitos buscam soluções em rosas ungidas, ramos de arruda, sal grosso, óleo, água benta, pedrinhas da “terra santa”, fitinhas, lenços, copo de água na TV, imagens de esculturas, rosários, etc.

Entretanto, a verdadeira libertação é Jesus – Ele é nossa única certeza, nossa única esperança real!

Nos versos que se seguem até o final do capítulo Jesus reivindicou ser Deus, igual a Deus Pai; também alegou poder de dar a vida eterna, ser a fonte da vida e capaz de julgar o pecado. Tais alegações dos lábios de Cristo deixam totalmente claro que Ele reivindicou ser plenamente DIVINO.

As bases das Suas reivindicações são:

1. João Batista (vs. 33-35);
2. Suas obras (v. 36);
3. Deus Pai (v. 37);
4. As Sagradas Escrituras (vs. 39-40);
5. Moisés, escritor do Pentateuco (vs. 45-47).

Após estes argumentos, muitos revelaram como um coração endurecido pelo orgulho pode responder às irrefutáveis palavras de Cristo. Como você responde?

Imagens do Google
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos dos livros de Genesis a Malaquias  você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...