Receba mensagens em seu Email

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

João 12 Comentários de Willie Oliver

Reavivados por Sua Palavra

Leitura Bíblica  - João 12
Comentários  de  Willie Oliver

Apenas seis dias antes da Páscoa, Jesus está de volta ao povoado de Lázaro e participa de um jantar em sua honra. Muitos judeus estavam em Betânia quando Lázaro havia morrido. E como Jerusalém ficava muito próxima, apenas 3 quilômetros de Betânia, amigos e muitos que tinham vindo pranteá-lo quando de sua morte vieram ver Lázaro vivo novamente.

Compare isso com o que acontece em seguida. Maria leva um frasco de perfume que valia o salário de um ano, derrama-o sobre os pés de Jesus e então começa a limpar os pés dele com os seus cabelos. Maria demonstra o seu amor como nenhuma outra pessoa. O salário de um ano, através daquele perfume, derramado sobre os pés de Jesus! Isso é adoração genuína! Judas Iscariotes critica o ato, porque ele quer uma parte do dinheiro para si mesmo. Adoração falsa e egoísmo!

Uma grande multidão de Judeus ouvira que Jesus estava lá e queria vê-Lo e a Lázaro. Ironicamente, os principais sacerdotes queriam matar também a Lázaro porque ele era um testemunho vivo de que Jesus era o Messias. Segundo pensavam, Jesus representava uma ameaça a segurança nacional dos judeus que se encontravam sob a lei romana.

Por um tempo, muitos judeus passaram a crer em Jesus. Eles até mesmo o receberam em Jerusalém, com ramos de palmeiras e “Hosanas” quando Jesus adentrou a cidade montado num jumentinho. Saudaram a Jesus como o Messias; afinal Suas bênçãos e curas deram prova disso. Ao agitarem ramos de palmeira era como se estivessem balançando a bandeira nacional à vista de seus opressores romanos.

Havia crença e descrença entre os judeus e seus líderes, mas alguns que acreditavam estavam com medo de exporem publicamente a sua fé em Jesus (João 12:42-43). Eles teriam sido bem mais corajosos se soubessem que no domingo seguinte Jesus haveria de ressuscitar!

E você? É um crente autêntico, ou falso? É um verdadeiro adorador, ou um falso adorador? É você um verdadeiro crente ou um crente com medo? Sejamos espiritualmente honestos a respeito de nossa fé.

Adoremos ao Pai como resultado daquilo que Jesus fez por nós! Pois “vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores” (João 4:23, ARA)

Christopher Bullock
Pastor em Atlanta, Georgia.
Estados Unidos


http://www.palavraeficaz.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...