Receba mensagens em seu Email

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Lições da Vida de Jesus-Mateus 23

Lições da Vida de Jesus

Leitura Bíblica- Mateus 23
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Não há coisa pior que ser rejeitado; pior ainda é quando o que se rejeita era a solução para o maior dos problemas. Jesus sentiu pena pela nação de Israel que, com todo privilégio da revelação, rejeitou o objetivo dessa revelação.

“Os estrondosos ‘ais’ da justa ira do rejeitado Filho de Davi misturavam-se às lágrimas enquanto ele anunciava bênçãos para os remanescentes penitentes que o saudarão na segunda vinda com as messiânicas boas-vindas do Salmo 118.26: ‘Bendito o que vem em nome do SENHOR’” (Merril F. Unger).

Jesus proferiu oito “ais” aos religiosos orgulhosos; e mais, são explicações claras da profecia no fim do sermão (vs. 33-39) que, sem essa conclusão, qualquer ensinamento do capítulo significará tirar texto do contexto. Um dos erros mais comuns é usar esse texto para defender o ato de criticar.

A Palavra de Deus nunca deve ser usada para criticar, elas visam ensinar, repreender, corrigir e instruir na justiça para aperfeiçoar o pecador (2 Timóteo 3:16-17). Além disso, “O Senhor nunca abençoa aquele que critica e acusa seus irmãos, pois esta é a obra de Satanás” (Evangelismo, p. 102).

Portanto, faz bem saber diferenciar crítica de ensino, repreensão, correção e instrução. Jesus não critica, Suas palavras são lamentações e advertências. Havendo rejeição à repreensão (vs. 1-32), o resultado será destruição (vs. 33-39).

Desta forma, este sermão de Jesus serve de advertência a nós que vivemos a religião a verdadeira conversão. Temos de prestar atenção:

1. Cuidado em querer salvar outros sem que estejas salvo (v. 13);
2. Cuidado ao orar estando a explorar pessoas necessitadas (v. 14);
3. Cuidado em não perverter pessoas com o pretexto de convertê-las (v. 15);
4. Cuidado com aqueles que põem foco mais no material que no espiritual (vs. 16-22);
5. Cuidado com a formalidade religiosa ou a hipocrisia (vs. 23-24);
6. Cuidado com a religião que não transforma o coração (vs. 25-26);
7. Cuidado para não prezar pela beleza externa e ignorar a beleza interna (vs. 27-28);
8. Cuidado para não venerar pessoas do passado sem ser piedoso no presente (vs. 31-32).

O resultando da falta de cuidado trará um trágico resultado no dia do juízo (vs. 33-39). Aprendamos as lições que os Judeus não aprenderam.

Cuidado com religiosidade sem espiritualidade/ Heber Toth Armí

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos dos livros de Genesis a Malaquias  você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...