Receba mensagens em seu Email

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Lições da Vida de Jesus - Mateus 5

Lições da Vida de Jesus 

Leitura Bíblica- Mateus 5
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Boas notícias do reino de Deus por meio dAquele que viera para revelar e implantar esse reino. Contudo, não é para todos. Jesus diz que...

...Os humildes de espírito;
...Os que choram;
...Os mansos;
...Os insaciados;
...Os misericordiosos;
...Os limpos de coração;
...Os pacificadores;
...Os justos;
...Os perseguidos por serem cristãos...
...serão bem-aventurados (makários): felizes, alegres e cheios de paz caminhando para o Céu. Em contraste, os...

...Orgulhosos;
...Insensíveis;
...Nervosos;
...Cheios de si;
...Indiferentes;
...Maliciosos;
...Briguentos;
...Injustos; e,
...Perseguidores...
...nunca experimentarão os sentimentos de alegria de ser verdadeiramente cristãos.

O cristão não é e nem age igual aos que vivem sem Cristo. Enquanto aqueles que tentam brilhar por si mesmos não passam de trevas, o cristão reflete o brilho do caráter de Cristo e tempera a vida das pessoas sem Cristo (vs. 13-16). Isso é honrar a Deus segundo o terceiro mandamento (Êxodo 20:7).
Conhecendo o que diriam sobre ele tanto por judeus como por evangélicos deturpadores da lei, Jesus, bem no início de Seu ministério declarou que não era Sua missão anular ou mudar a lei; pelo contrário, quem a desprezasse não será valorizado no Céu (vs. 17-20).

A Lei e os Profetas não se referem aos Dez Mandamentos, mas ao Antigo Testamento – o que inclui os mandamentos. Aliás, Jesus não mudou nenhum dos Dez Mandamentos, nem declarou que, com o Novo Testamento, o Antigo perderia seu valor. Ignorar o Antigo Testamento implica em não aceitar “toda a Palavra que sai da boca de Deus”. Assim, não dá para ser bem-aventurado!
A seguir, Jesus aplica suas declarações:

1. Dos Dez Mandamentos Jesus cita o 6º e o 7º (vs. 21-32);
2. De Levítico (19:11-13) Jesus cita o falso juramento e as promessas feitas a Deus (vs. 33-37);
3. Da chamada Lex talionis (lei da retaliação) Jesus o respeito e o amor ao próximo (vs. 38-48).

Jesus é o Legislador, Ele veio mostrar como se guarda a lei e conceder poder celestial para que vivamos para glorificar ao Pai que está nos Céus. Só na companhia do Legislador, que nos salva da desobediência e incredulidade, que podemos “ser perfeitos como é perfeito o [nosso] Pai celeste” (v. 48).
“Senhor, ajuda-me a fugir das religiões clandestinas! Reaviva-me pela Palavra! Renova minha visão espiritual...”

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos dos livros de Genesis a Malaquias  você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...