Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Lições da Vida de Jesus- Mateus 18

Lições da Vida de Jesus

Leitura Bíblica- Mateus 18
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Ninguém é perfeito. A igreja está repleta de cristãos falhos que, sem intenção, ferem aos outros. Jesus deixou orientações para aprendermos lidar perfeitamente com pessoas imperfeitas.

1. Nenhum membro da igreja deve aspirar grandes cargos, nada deve ser feito por vanglória; humildade deve ser a virtude principal e o amor a motivação de cada ação. Se for prejudicar alguém é preferível mutilar-se, pois “tomem cuidado para não tratar com arrogância um único desses que são como crianças. Vocês devem saber que os anjos deles estão em contato permanente com meu Pai no Céu” (vs. 1-10).

2. Se, eventualmente, surgirem dificuldades com alguém ou perceber algum pecado, há um caminho a seguir. Não deve criticar ou fofocar, nem ficar remoendo, amargurado, com raiva ou ódio. Nada disso. Siga estes passos (vs. 15-20):

a) Ao vir um irmão em pecado, torne-se responsável por ir falar com ele – não para falar dele a quem quer que seja, nem levar Seu nome à igreja como se fosse tribunal. Converse amorosamente em particular para resolver, sem piorar!

b) Se não resolver no primeiro passo, aplique o segundo: Leve consigo duas testemunhas para resolver o problema, não para te defender. Não condene, nem ataque ou acuse ninguém; ajude!

c) Se assim não resolveu, peça ajuda à igreja, não para julgar o caso; a igreja deve ser mais parecida com um hospital que um tribunal. É uma comunidade de amor para restaurar o pecador. Caso não resolva, a igreja deve aplicar uma disciplina, a qual deve visar à restauração do membro faltoso.

3. O foco da igreja deve ser o perdão aos irmãos imperfeitos. Difamação, calúnia, desprezo, humilhação, etc. não caracterizam o cristão maduro, mas o carnal. O perdão é uma ação de graça a quem merece punição (vs. 21-35). “Setenta vezes sete é quatrocentos e noventa, sugerindo que o verdadeiro perdão vai além das contagens ou limitações” (Merril Unger).

Antes de ser o problema, seja a solução da igreja!

“A igreja nunca poderia – nem deveria – ser um lugar em que o aspecto negativo pudesse reinar livremente. Ao contrário, a igreja deve ser um lugar em que o adorador abatido possa encontrar descanso e restauração, um oásis positivo neste mundo negativo” (Jonas Arrais).

Esses ensinamentos levam ao reavivamento. Aplique-os!

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos dos livros de Genesis a Malaquias  você encontra em:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...