Receba mensagens em seu Email

sábado, 3 de setembro de 2016

Neemias 7 Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Neemias 7

Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Em 52 dias o muro de Jerusalém foi concluído. Tal reconstrução foi rápida e próspera “por causa da ajuda do Senhor. Por ironia, as nações ficaram intimidadas com o sucesso dos judeus, percebendo que eles tinham cumprido uma tarefa impossível” (Kenneth A. Mathews).

Após a conclusão do muro vista no capítulo 6, no capítulo em questão não se abordará mais a reconstrução física, mas a reconstrução social. De nada adianta ter construções se a sociedade está um caos. Uma sociedade reorganizada passa por uma espiritualidade renovada.

• Para que a cidade seja habitada é necessário que invista num sistema de segurança: Neemias põe guardas nas portas para proteger contra os perigos externos, e põe guardas espalhados nas diversas regiões da cidade, 24 horas por dia, para proteger dos perigos internos. O líder, Hananias, “era honesto e temia a Deus mais do que qualquer outra pessoa” (vs. 1-4).

• Uma boa cidade precisa ser bem planejada, seus moradores precisam ser bem organizados e distribuídos conforme uma ordem: Neemias declarou que isso não era invenção sua: “Deus pôs em meu coração reunir os nobres, os oficiais e toda a população para que todos fossem registrados”, conforme o registro genealógico. Foi feito um censo antes de a cidade ser organizada (vs. 5-65).

• O recenseamento é bíblico; em toda cidade deveria ser feito um censo: Registra-se o número total dos ex-exilados e as doações realizadas para a execução da obra (vs. 66-73).

Havia muito cuidado da parte de Neemias no repovoamento de Jerusalém. Por quê? “Esses judeus foram os ‘elos vivos’ que ligaram o passado histórico ao futuro profético e tornaram possível a vinda de Jesus Cristo ao mundo” – diz Warren W. Wiersbe.

As cidades seriam melhores se fossem mais controladas; se até a cidade do povo de Deus precisava de guardas para proteger de perigos externos e internos, quanto mais as cidades onde têm uma multidão que não quer nada com princípios divinos!
As cidades seriam bem melhores se tivessem regras rígidas contra tudo o que a prejudica: Como drogas, bebidas alcoólicas, cigarro, bar, danceteria, boates, etc.

O que mais me chama a atenção no capítulo em análise é que cargos políticos deveriam ser preenchidos por pessoas altamente consagradas a Deus, quanto mais a liderança da igreja!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...