Receba mensagens em seu Email

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

SALMO 106 – Comentários Pr Heber Toth Armí

SALMO 106 – 

Comentários Pr Heber Toth Armí

A falta de reavivamento pleno está na vida desprovida de arrependimento genuíno. A falta de arrependimento nos dias atuais se deve ao fato de que Deus não é mais prioridade na vida de muita gente.

• Colocar Deus em primeiro lugar não significa apenas dedicar as primeiras horas do dia a Ele, embora aquele que O coloca em primeiro lugar não começará o dia sem buscar Sua presença.
• Colocar Deus em primeiro lugar é não colocar absolutamente nada mais como prioridade o dia inteiro. Nada na agenda nem de manhã, nem de tarde e nem de noite deve ocupar o lugar de Deus. Colocar Deus acima de tudo o que fizermos significa colocá-lO em primeiro lugar em nossa vida.
• Colocar Deus em primeiro lugar significa buscar Sua vontade acima de quaisquer das nossas vontades e desejos, sejam estes ruins ou bons. Porém, muitos do povo de Deus não têm Deus como prioridade em todas as coisas.

O que acontece com pessoas que não colocam Deus em primeiro lugar?

1. Praticam naturalmente o pecado sem perceberem a consciência acusando-os (v. 6);
2. Esquecem as orientações dadas por Deus no início da jornada espiritual (vs. 7-12);
3. Ignoram a providência divina evidente nos difíceis desertos da vida (vs. 13-18);
4. Desprezam a Deus com práticas que ferem Seus preciosos princípios de adoração (vs. 19-23);
5. Esquecem que Deus guia nos momentos críticos que exigem decisões e atitudes importantes (vs. 24-27);
6. Ignoram aos mandamentos de Deus quando os prazeres e as seduções pecaminosas parecem falar mais alto e forte ao coração e aos ouvidos (vs. 28-31);
7. Provocam aos líderes que Deus deixou para o bem de Seu povo (vs. 32-33);
8. Ignoram partes da missão divina, se acomoda e relaxa espiritualmente (vs. 34-39);
9. Sofrem as consequências dolorosas de atitudes espirituais mesquinhas (vs. 40-46).

“Por haverem deixado de executar Seu propósito [de Deus], tornaram-Lhe impossível cumprir as promessas de bênção. Não está fazendo o mesmo a igreja hodierna?” indaga Ellen G. White.

Pelo amor que Deus tem pelo povo negligente, somos motivamos a um louvor por Sua misericórdia e bondade no início do Salmo (vs. 1-5); e, advertidos com uma súplica por restauração oriunda do arrependimento, no final (vs. 47-48).

“Senhor, restaura-nos, reaviva-nos! Amém!” – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...