Receba mensagens em seu Email

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Salmo 104 - Comentários Pr Heber Toth Armí

SALMO 104 

Comentários Pr Heber Toth Armí

Faz muito bem aos seres pensantes erguerem seus olhos para além dos problemas desta vida e das angústias da alma humana para contemplar a beleza de um Deus que nos ama.

Uma análise do renomado teólogo Paul R. House reza: 

“O salmo 104 comemora a criação de Yahweh e o cuidado que Ele tem com a terra. É difícil imaginar uma declaração mais completa acerca de quão longe vai o interesse divino pela ordem criada. Toda a história começa com o Senhor, que num momento específico começou todos os acontecimentos. Louvor é a resposta natural de todos os que compreendem a importância de reconhecer Yahweh como o único criador e sustentador”.

O salmo em análise oferece grandes verdades. Derek Kidner não exagera quando declara que “parece que o salmo [104] foi escrito para ser companheiro [do salmo 103] (a julgar pela abertura e encerramento, que se equiparam nos dois salmos). Juntos, os dois louvam a Deus como Salvador e Criador, Pai e Sustentador, ‘misericordioso e poderoso’. Na galáxia do Saltério, estas são estrelas gêmeas da primeira grandeza”.

Após estas preciosas informações, observe estes tópicos teológicos extraídos do texto inspirado:

• Deus é glorioso e magnífico (vs. 1-4);
• Deus é o idealizador, criador e organizador do Planeta Terra (vs. 5-6);
• Deus é o sustentador e o provedor da vida no mundo vegetal, animal e humano (vs. 10-23);
• Deus é dono da plenitude da sabedoria evidentes em suas múltiplas obras criativas (vs. 24-26);
• Deus é o mantenedor e o zelador de Suas criaturas (vs. 27-30);
• Deus é merecedor do louvor de toda a criação, entretanto somente o ser humano foi criado com capacidade de reconhecer isso. Contudo, somos ingratos quando não O louvamos (vs. 31-35).

Há muitos eruditos que percebem uma lógica sequencial deste Salmo em comparação com o relato da criação em Gênesis. Porém, vamos além: “A fluência do salmo segue livremente a ordem da criação, como relatada em Gênesis 1.1-31, mas conclui (v. 35) com uma alusão aos fatos do final dos tempos, registrados em Ap 20-22” (John MacArthur).

O Deus que criou o que o diabo estragou restaurará tudo à sua forma original. Hoje podemos ser novas criaturas (II Coríntios 5:17) aguardando novos céus e nova terra! (II Pedro 3:13) – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...