Receba mensagens em seu Email

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

SALMO 102 Comentários Pr Heber Toth Armí

SALMO 102 

Comentários Pr Heber Toth Armí

Esse Salmo é um estímulo para quem está com a vida em pedaços ou está vendo tudo ao seu lado se despedaçando. 

Quando...
• o emprego dos sonhos se esvai, como agir?
• a empresa parece ruir, como agir?
• os filhos estão se desviando dos planos almejados, como agir?
• o casamento está se despedaçando, como reagir?
• tudo conspira contra nossa felicidade, o que fazer?

“No Salmo 102, o salmista derrama o coração ao Senhor e expressa seus problemas pessoais e as aflições de Israel como nação. Reafirma sua fé em Deus e antevê o reavivamento e a cura de seu povo” (Comentário Bíblico Africano).

• O sofredor precisa ter audiência com Deus, o único que provê alívio à alma aflita, consolo ao coração angustiado e enxuga nossas lágrimas (vs. 1-2).

• A doença física que resulta em sofrimento emocional promovendo sensação de abandono/desprezo deve levar ao aflito reconhecer que Deus deve ocupar o primeiro lugar na agenda de atividades diárias (vs. 3-11).

• A destruição, o desespero e a ansiedade visíveis na sociedade só encontra esperança no Deus que está acima de qualquer política humana, de qualquer entidade religiosa e de toda ação humanitária (vs. 12-22).

• A segurança neste mundo incerto (perigoso) em todos os aspectos existe somente na fé no Criador, o qual é eterno e poderoso. A fé vibrante eleva pecadores sofredores para além das circunstâncias terrestres e ultrapassa a lógica humana alcançando patamares inalcançáveis sem auxílio divino. Por isso, quem tem fé louva ao Criador apesar da situação adversa (vs. 24-28; Hebreus 1:10-12; 13:8).

Jesus é nossa esperança, sem Ele a vida não passa de um caminho rumo ao desespero. Em Cristo, os cristãos tem o bálsamo refrescante da esperança que cura, restaura, anima, fortalece, transforma e vivifica com resultados visíveis nas decisões e ações dos fieis neste mundo cruel.

Reflita: “As aflições iniciais são angústias particulares, sendo mais tarde transcendidas pela preocupação por Sião, cujo destino é glorioso, embora haja lentidão dolorosa em seu cumprimento. Uma passagem final tira o contraste entre a escala de tempo dos homens, e a eternidade do Senhor, levando o salmo a uma conclusão majestosa que é citada em louvor a Cristo no capítulo inicial de Hebreus” (Derek Kidner).

Jesus tomou nossas dores para oferecer-nos a cura. Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí #ebibico #rbhw #rpsp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...