Receba mensagens em seu Email

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Esdras 10 Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Esdras 10

Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Carecemos de pessoas verdadeiramente consagradas que estejam realmente interessadas em nossa salvação. Precisamos aprender dos grandes ícones espirituais a fim de experimentar o reavivamento que estes líderes contemplaram.
Esdras, no versículo 1...
1. Chorou,
2. Curvou-se,
3. Orou, e
4. Confessou.

Consequentemente, o povo em pecado, nos versículos 2-3...
1. Aproximou-se,
2. Confessou os pecados,
3. Dispôs-se a abandonar o pecado: Dispensar as esposas pagãs.
Influenciados pela oração e exemplo de contrição de Esdras, o povo reconheceu seus pecados e pediu-lhe que liderasse uma reforma; então, ele continuou...
• Jejuando, e
• Chorando por causa do povo (vs. 4-6).

“Os propósitos de Esdras eram altos e santos; em tudo o que fizera fora movido por um profundo amor pelas almas. A compaixão e bondade que revelava para com os que haviam pecado, fosse em plena função da vontade, fosse por ignorância, deveria ser uma lição objetiva a todos os que procurassem promover reformas. Os servos de Deus devem ser tão firmes como a rocha onde retos princípios estiverem envolvidos; mas do mesmo modo devem manifestar simpatia e longanimidade” (Ellen G. White).

• O povo deu a sugestão, não foi imposição de Esdras. Os transgressores abandonariam radicalmente seus pecados de jugo desigual, despediriam a esposa pagã. Um tribunal ficou responsável por resolver essa questão de forma legal mesmo em época de chuva. Foram três meses de burocracia, mas os princípios bíblicos prevaleceram (vs. 7-14).
• Um número insignificante opôs-se à solução ao problema (vs. 15-17). Tem gente que não larga o problema, ainda quer que os outros se apeguem também a ele. Porém, a democracia, às vezes, é positiva.
• O livro termina com um tom negativo, falando dos casamentos mistos, a razão da depravação do povo de Deus. Desta forma, o livro mostra o quanto o remanescente ainda precisa amadurecer espiritualmente (vs. 18-44).

“O livro de Esdras é um estudo sobre reavivamento. Quando as pessoas aplicarem a verdade da Palavra de Deus em sua vida, quando os santos orarem, intercederem e houver confissão seguida do afastamento de pecados reconhecidos, a igreja receberá poder para realizar coisas grandiosas para Deus” (William MacDonald).

A Palavra de Deus precisa ser central na vida de todo povo de Deus – creio ser essa a ênfase do livro de Esdras para nós.
Reavivemo-nos! Heber Toth Armí /


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...