Receba mensagens em seu Email

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

II Crônicas 20 Comentários do Pr. Heber Toth Armí

II Crônicas 20

Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Dificuldades, problemas, ameaças estão presentes neste mundo. Crentes e descrentes, cristãos e ateus, adultos e crianças, homens e mulheres, todos precisam lutar pela vida, pois muitas vezes “... não sabemos o que fazer...” (II Crônicas 20:12). Todavia, todos podem pôr seus olhos em Deus (v. 13). Ao assim fazer, fique atento, pois Deus pode usar até um profeta novato para dar-te mensagem do Céu (v. 14). Deus dá revelação por meio de Seus servos assegurando a vitória daqueles que estão atentos a Sua voz (v. 15), mas Ele quer o povo ativo, disposto e preparado para agir. Deus não quer ociosos, nem incrédulos (vs. 16-20). E, quando o povo coloca em prática Sua Palavra (v. 21), Ele revela Seu grande poder (vs. 22-24). O povo só tem a ganhar quando a revelação dada por Deus é totalmente atendida, isso revela fé e confiança nEle. Isso é dependência dEle e independência de si mesmo. Assim aqueles que atacam a pessoa ou povo que pertence a Deus colherão terríveis consequências. Não há meios de vencer quando se luta contra Deus, tanto quanto não há como ser derrotado com Deus como aliado. Na estrada da vida, vencemos com Deus ou somos derrotados sem Ele; ganhar ou perder depende de nossa atitude diante do grande e poderoso Deus Soberano. Teu dia dependerá de como você reagirá diante “dAquele que nem mesmo a Seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como não nos dará como Ele todas as coisas?” (Romanos 8:32).

Ao estudar II Crônicas 20 deparei com os seguintes ensinamentos: Quando os seres humanos agradam a Deus, eliminando toda prática religiosa contrária à Sua vontade, quando a Lei (a Bíblia) é prezada e praticada, quando se confia plenamente nEle, quando a palavra dos profetas de Deus são creditadas e os líderes religiosos são fieis na execução dos deveres conforme a orientação divina, o país inteiro verá grandes bênçãos de Deus. Buscar a Deus é a conduta perfeita, independente das imperfeições no comportamento. Relacionar-se com Ele, depender dEle e confiar em Sua palavra por meio de Seus profetas é o segredo da verdadeira prosperidade (v. 20). O Louvor é sinônimo de buscar a Deus que pode ser pervertido, perdendo, assim, o seu poder. O teólogo Marcos De Benedicto diz que “o pesquisador George Barna, apoiado em pesquisas de seu instituto, sugere que o problema real não é a escolha do estilo de música... mas o interesse e a participação consciente do público no ato de adorar. A maioria das igrejas tem pouca gente que realmente se engaja na adoração”. De acordo com o verso 14 a verdadeira adoração só acontece quando há operação do Espírito Santo. Como pouca gente se engaja realmente na arte de louvar e adorar a Deus, eis a razão do insistente apelo da igreja por reavivamento espiritual e reforma de vida. Ouçamos agora o apelo e permitamos que o Espírito Santo nos impulsione a um verdadeiro, fervoroso e vibrante louvor a Deus. Quem louva tem vitória!

A lição de vida essencial de II Crônicas 20 é que jejum, oração e louvor conduzem a um fervor espiritual sobrenatural. E, onde há fervor espiritual há vitórias sobrenaturais. Quando o nome de Deus é invocado é como se Ele fosse convocado a batalhar por Seu povo. Neste texto encontra-se o caminho para vencer o medo, nosso primeiro inimigo. Os outros inimigos serão derrotados automaticamente. O que fazer para vencer diante de quaisquer circunstâncias?

1. Reúna várias pessoas a fim de realizarem um jejum coletivo (v. 3).
2. Vá a igreja e convide outros para buscar ao Senhor (vs. 4-5).
3. Ore a Deus reconhecendo quem Ele é, o que Ele fez e o que pode fazer (vs. 6-12).
4. Espere pela manifestação do Espírito Santo (vs. 13-17).
5. Lidere um fervoroso louvor de adoração ao Deus todo-poderoso (vs. 18-22).
6. Contemple a vitória conquistada por Deus (vs. 23-26).
7. Agradeça a Deus pela paz concedida e pela vitória conquistada (vs. 27-30).

Josafá não era um super espiritual, um santo, sem defeito; por duas vezes sofreu repreensão e consequências de seus erros (II Crônicas 19:2; 20:35-37), ainda assim ele foi um gigante líder espiritual, pois soube confiar em Deus para enfrentar o medo, os desafios da vida e o exército inimigo. Se com suas falhas Deus o ouviu, certamente Ele também te ouvirá, siga os passos descritos na Bíblia para nosso exemplo. Vamos orar e vencer hoje? Heber Toth Armí /


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...