Receba mensagens em seu Email

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Esdras 2 Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Esdras 2

Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Nem tudo é como queremos. Até mesmo a liberdade é ruim por causa de nossas escolhas erradas. Israel foi liberto do exílio babilônico, mas a dura realidade que encontraram não foi nada agradável.

“A história não foi favorável para o povo de Israel, por isso, a nação estava em declínio. A Babilônia, uma superpotência militar, havia derrotado Israel, deixando suas cidades e templo em ruínas, e havia levado a população para o exílio. Agora, cento e vinte oito anos depois, alguns judeus estão de volta a Jerusalém e tentam recomeçar tudo: uma árdua tarefa que se arrasta por décadas. Mas a situação não era boa. Estavam se segurando pelas pontas dos dedos. Até que chegou Esdras”.

Estas são palavras introdutórias escritas por Eugene H. Peterson. Ele continua, e, suas explicações merecem nossa atenção:

“Esse é um caso extremo de uma história muito familiar, que se repete de diversas maneiras na maioria das épocas e em diversos lugares do mundo. Homens e mulheres que encontram sua identidade básica em Deus, à medida que Deus se revela em Israel e no Messias, não estão obtendo muito êxito. De fato, nunca tiveram. E nunca terão. A identidade deles está sob constante desafio e ameaça, às vezes por ataque frontal, outras por sedução sutil e sorrateira. Seja por ataque, seja por sedução, o povo de Deus chegou, várias vezes e muito perigosamente, próximo da extinção. Nunca estamos fora de perigo”.

O capítulo em questão pode ser assim dividido (conforme F. Charles Fensham) para facilitar nossa compreensão:

1. Introdução (vs. 1-2a);
2. Leigos identificados pela relação familiar (vs. 2b-20);
3. Leigos identificados pelos nomes dos lugares (vs. 21-25);
4. Sacerdotes (vs. 36-39);
5. Levitas, cantores e porteiros (vs. 40-42);
6. Serventes do templo (vs. 43-54);
7. Serventes de Salomão (vs. 55-58);
8. Os que não podem provar sua linhagem (vs. 59-63);
9. Totais (vs. 64-67);
10. Localização dos repatriados (v. 70).

O que me chama a atenção destes que voltaram é a disposição de doar recursos para a reconstrução do templo: Quinhentos quilos de ouro, três toneladas de prata e cem vestes sacerdotais.

A situação caótica em que se encontra o povo de Deus nunca deve tirar Deus do centro e do primeiro lugar de nossa vida!  Heber Toth Armí / –#rpsp #rbhw #ebiblico


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...