Receba mensagens em seu Email

sábado, 16 de julho de 2016

II Crônicas 4 Comentários do Pr. Heber Toth Armí

II Crônicas 4

Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Bois?! 12 bois no templo! Salomão pediu para fazer doze bois que suportassem uma piscina de aproximadamente quatro metros de diâmetro, chamada de mar de bronze (II Crônicas 4:1-5). Que lições há na figura desses bois para a igreja?

1. Tem coisas que se põem ou se usa na igreja que não deve jamais ser usadas como objetos de culto idolátrico, mas com funções espirituais ou para ensinar lições espirituais importantes.
2. Os bois não são animais belos esteticamente como o urso ou o leão, mas são mais úteis do que qualquer um destes; bois são animais de carga, de força e de serviço revelando a missão da igreja no mundo.
3. Como os bois divididos em grupos, na obra de Deus ninguém deve trabalhar sozinho; todos os membros da igreja devem sustentar juntos o mesmo peso das responsabilidades, ninguém deve ficar sobrecarregado ou alguém sem fazer nada.
4. Como cada grupo de três bois olham para um dos quatro pontos cardeias, ninguém na igreja é onisciente, todos tem uma visão parcial, todos deveriam ser humildes e reconhecer sua visão limitada e a necessidade de depender daqueles que enxergam o que nós não vemos.
5. Dadas as posições de cada uma das juntas de três bois, nenhuma junta consegue visualizar as outras, mostrando que tem pessoas na igreja segurando o peso da responsabilidade mas não são percebidas; no entanto, estão todos fazendo a mesma coisa.

Depois dessas lições extraídas dos doze bois, quero te convidar a ser mais útil na obra de Deus. Na igreja não há lugar para a ociosidade, ela é um movimento, não deve parar. Unamos nossas forças; faça cada um a sua parte em harmonia uns com os outros e com Deus!

Os sacrifícios realizados sobre o altar apontavam, todos eles, para Cristo, o Messias, o Salvador. As pessoas que vinham até a entrada, ou até o átrio que era o pátio antes de entrar propriamente no templo, podiam ver os sacrifícios ou as fumaças que subiam do altar de bronze que Salomão pediu para construir no templo (II Crônicas 4). Desta forma os adoradores podiam considerar o evangelho, o futuro sacrifício, superior aos sacrifícios de touros e cordeiros, o único que poderia prover libertação da morte e do pecado, o sacrifício do filho de Deus. As fumaças dos sacrifícios lembravam àqueles que se arrependiam e confessavam seus pecados que suas orações e petições subiriam aos Céus até Deus e seriam aceitas. Refletindo em cada um dos significados dos eventos do templo, cada adorador era levado a fixar os olhos em Jesus Cristo. Hoje, não devemos fazer diferentes, tudo o que fizermos devemos ter os olhos fixos em Cristo. Isso é cristianismo. Desviar os olhos de Cristo, implica em perder a salvação. Fixar os olhos em qualquer outra coisa que não seja Cristo significa desviar-se do caminho certo e despencar para os desfiladeiros da perdição. Por isso, neste momento, te convido a refletir no tamanho do sacrifício de Cristo pelos teus inumeráveis pecados. Peça perdão, ore com fervor, certo de que Deus te ouvirá agora mesmo. Renda-se a Ele totalmente e aceite o Seu sacrifício que traz perdão, restauração e salvação.

O templo como local de habitação de Deus na terra deve despertar sempre o mais alto, intenso e permanente desejo de cada pessoa em conhecer os planos de Deus. As mobílias, descritas com detalhes em I Crônicas 4 deveriam nos atrair para seus mais elevados, nobres e importantes significados, sendo que eles apontam para o ministério de Cristo no Santuário Celestial. Pelo fato de todos os rituais e sacrifícios apontarem para o Filho de Deus que se fez homem e, posteriormente, tornou-se sacrifício por nós, o templo (ou santuário terrestre) deve ter imenso valor para cada pessoa caída em pecado, desesperada e sem solução para a morte como é o caso de cada habitante ou mesmo de cada criança que nasce neste Planeta Terra. 

A missão de Cristo no Santuário Celestial e Seu sacrifício aqui na terra encerra toda a essência do verdadeiro, puro e imaculável cristianismo. Eu desafio a todo e qualquer filho de Deus que está lendo esta mensagem a procurar com esmero o maravilhoso significado do altar de bronze, do mar de bronze, das dez pias, dos candelabros, das dez mesas, das cem bacias de ouro, o pátio dos sacerdotes e os artigos de bronze e os de ouro. Poderia dar mastigadinho a você aqui nesta reflexão, entretanto, prefiro te desafiar a pesquisar por conta própria, assim você crescerá mais em conhecimento e na fé, além de tua vida espiritual ser fortalecida ainda mais! Sucesso e bom dia para você! /Heber Toth Armí / -


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...