Receba mensagens em seu Email

sábado, 23 de julho de 2016

II Crônicas 11 Comentários do Pr. Heber Toth Armí

II Crônicas 11
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Seguir os planos de Deus é importante, desviar-se dos planos de Deus resulta em perder tudo. O autor de II Crônicas omitiu a coroação do rei Jeroboão, por não considerar Jeroboão e os outros reis posteriores do reino do Norte herdeiros legítimos do trono de Israel. Duas tribos, de Judá e de Benjamim constituíram o reino do Sul, e, dez tribos restantes foram consideradas o reino do Norte. A sede do reino do Sul era Jerusalém, do reino do Norte era Samaria. Desde II Crônicas 10 o cronista trata do período da monarquia dual, entretanto, sua ênfase recai à casa davídica, onde mais claramente o favor de Deus foi dispensado. Frederick Unger declara que "o reino do norte é abordado o mais sucintamente possível. Considerava-se que esse reino não representava o verdadeiro Israel, e por isso não tinha importância". Isso serve de advertência para a igreja de Deus hoje, aqueles que se rebelam contra os princípios bíblicos perde o valor aos olhos de Deus. Rejeitar o grupo ou o movimento que Deus está guiando implica em rebelar-se contra Ele, é tirá-lO do trono da vida e passar a reger a vida como se fosse Deus; nisto consiste o pecado. Por isso a tribo do Norte rapidamente afastou-se de Deus e descambou para a idolatria, que é o resultado da apostasia. Cuidado para não se afastar do grupo (igreja ou movimento) que Deus está guiando; não lute contra Deus, lute a favor de Deus! Leia II Crônica 11 e tire lições práticas para tua vida!

O importante na vida não é quem bem começa, é quem amadurece depois de seus erros. Roboão começou errado dando ouvidos aos conselhos dos jovens inexperientes e ignorando a sabedoria dos antigos conselheiros de Salomão (II Crônicas 10). Além dessa atitude errada, Roboão teve outra iniciativa errada, porém Deus colocou Semaías em seu caminho, o qual foi profeta durante todo o seu reinado. Roboão pretendeu travar guerra contra Jeroboão, porém Deus o impediu por meio de Seu profeta que ousadamente disse: "Assim diz o SENHOR: Não subireis, nem pelejareis contra os vossos irmãos; volte cada um à sua casa; porque de mim proveio isto" (II Crônicas 11:4). Como Roboão atentou para o conselho de Deus - aqui vemos amadurecimento em relação ao capítulo anterior - Roboão passou a focar sua atenção para a fortificação das cidades de seu reino, o qual passou a ser conhecido como Judá (vs. 5-12). Seu reino foi ganhando força, pois, embora pequeno, constituído apenas de duas tribos, sua obediência a Deus durante os três primeiros anos o abençoou. A lição é clara: A vida flui quando flui o relacionamento com Deus. Bênçãos, proteção e cuidado divinos encontram espaço no coração daqueles que amadurecem e atentam para os conselhos de Deus. A Bíblia é o livro dos conselhos de Deus. Você quer se dar bem na vida? Leia a Bíblia! Lembre-se que o que importa não é quem bem começa, mas quem amadurece o mais cedo possível na vida e aprende a depender de Deus.

Deus não procura adoração, Ele quer adoradores. Havia adoração no reino do Norte, mas tal adoração desviou o povo dos caminhos de Deus (II Crônicas 11:1-4). O reino do Norte, separado pela rebeldia e insubmissão em relação ao sucessor de Davi, permitido por Deus (vs. 4) para não perverter os poucos fieis, expulsaram os sacerdotes e levitas de suas funções. O Novo Comentário da Bíblia diz que podemos ter certeza de que Jeroboão gostaria de tê-los nos cultos, mas, devido a que os sacerdotes e levitas não quiseram abrir mão das cerimônias e ritos orientados pela lei de Moisés, tornou impossível a permanência deles e de qualquer pessoa que quisesse manter a verdadeira fé; estas mudaram-se para Judá (vs. 13-16). Com pessoas fieis, promovendo a verdadeira adoração a Deus, produziu "grande fervor na vida religiosa do reino do sul, e contribuiu para o fortalecimento moral da nação" (Francis D. Nichol). Deus quer verdadeiros adoradores a fim de fortalecer a moral das cidades e das nações. Entre tantas igrejas seguindo o exemplo de Jeroboão, é preciso que você seja firme nos princípios bíblicos como os levitas, que, mesmo expulsos não abriram mão dos princípios sagrados. Precisamos aprender a adorar a Deus biblicamente, independente de práticas e rituais que são tradição cristã sem base bíblica. Defenda o certo ainda que corras o risco de ser expulso de onde estás! Deus procura adoradores de verdade! Heber Toth Armí /


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...