Receba mensagens em seu Email

quinta-feira, 21 de abril de 2016

2 Samuel 19 Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Leitura Bíblica – II Samuel 19
Comentários: Pr.  Heber Toth Armí

Deixe Cristo reformar aquilo que o pecado deformou em você! A Bíblia tem grande participação em nossa transformação. Quanto mais você abandonar o pecado que mata, para buscar a Cristo, mais vivificado serás, pois Ele é fonte de vida!

Davi era excelente rei, mas péssimo pai. Seus filhos estavam extraviados, ele entristecido. Sua vida demonstra que nenhum sucesso compensa o fracasso da família. Não há honra ser rei respeitado pelos súditos nem mérito quando se está de luto por um filho que morreu tentando lhe matar.

• O fracasso no lar pode levar ao fracasso profissional: Joabe repreendeu o rei Davi por negligenciar o bem-estar dos israelitas (vs. 1-8).

• Para agir com responsabilidade em prol de um povo, às vezes será necessário sacrificar os sentimentos oriundos dos sofrimentos causados pela irresponsabilidade na educação (vs. 9-10). “Iniciou-se um movimento para restaurar Davi ao trono. ‘Por que vos calais e não fazeis voltar o rei?’ é uma pergunta apropriada para a igreja apática de hoje”, afirma William MacDonald.

• É necessário sabedoria e perdão para resolver a situação causada por negligência espiritual (vs. 11-15). MacDonald também comenta: “Davi resolveu remover Joabe do comando do exército (provavelmente por ter matado Absalão) e colocou Amasa em seu lugar. Pouco tempo antes, Amasa, sobrinho de Davi, havia comandando as tropas de Absalão. Para alguém de fora, pode parecer que o rei puniu a lealdade e recompensou a rebelião, uma política de governo que dificilmente poderia trazer estabilidade. Sua decisão, porém, moveu [...] o coração de todos os homens de Judá em favor dele, e lhe enviaram uma mensagem unânime de boas-vindas”.

• Tratar com cortesia, amabilidade e compaixão qualquer pessoa é uma forma de permitir que Deus aja através de nós para auxiliar e restaurar o estrago que causamos em Seus planos para nossa vida. Davi perdoou Simei, saiu para receber bem a Mefibosete após ouvir fofoca sobre ele, e ainda valorizou o velho Barzilai (vs. 16-39).

• Embora inveja atrapalhava, Deus, através de Sua graça e misericórdia operava a reunificação do governo davídico. Desta forma, os efeitos bombásticos do pecado ainda continuavam no reino de Davi (vs. 40-43); e, Deus também!

“Senhor, reconhecemos que falhamos. Perdoa-nos. Carecemos de ajuda para lidar com as consequências de nossas escolhas erradas! Fortalece-nos!” – /Heber Toth Armí /

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...