Receba mensagens em seu Email

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Josué 22-Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Leitura Bíblica – Josué 22

Comentários: Pr.  Heber Toth Armí

A vida de oração deve levar a uma vida de ação, ação fundamentada não na emoção, mas na direção do Deus que sabe o que é melhor para nós em cada situação. Sem consultar a Deus nossas reações serão desequilibradas, movidas pela emoção de um coração deturpado e julgaremos os outros de forma equivocada.

Você pode aproveitar teu tempo livre ou desperdiçá-lo. Aproveitar o tempo é investir na vida; desperdiçar o tempo é perder tempo, vida e coisas maravilhosas. A melhor forma de investir teu tempo é meditar na Bíblia a fim de harmonizar tua vida com a vontade de Deus. Isso resulta em bênçãos!

Neste capítulo encontramos:

• Após Josué parabenizar as tribos que obtiveram sua herança antes de cruzarem o rio Jordão por sua ajuda às outras tribos na conquista da Terra Prometida, os abençoou e os despediu (vs. 1-9);

• Antes de chegarem em casa, as tribos erigiram um altar na fronteira de Canaã, na região do rio Jordão, para testemunho do verdadeiro Deus às futuras gerações (vs. 10-11);

• Os israelitas que receberam ajuda dessas tribos se irritaram com a construção do altar. Planejaram uma guerra civil desde Siló. Tal construção foi interpretada como uma rebelião contra Deus e contra o restante das tribos de Israel. A parte positiva é que antes de guerrearem, houve um diálogo (vs. 12-29);

• A explicação com mansidão e calma resolveu o mal-entendido e a acusação entre as tribos do povo de Deus (vs. 30-32).

Com base nesta situação, Richard M. Davidson destaca: “Temos a estranha tendência de interpretar erradamente as ações de outras pessoas. Da mesma forma, algo que dizemos ou fazemos pode ser mal interpretado por outros. Josué revela que o equívoco tem três componentes básicos”:

1. AÇÃO: A inevitabilidade das nossas ações dá chance para o surgimento dos equívocos e conflitos. Deveríamos agir de forma a reduzir ao mínimo tais possibilidades.

2. PERCEPÇÃO: A percepção de um ato é, por natureza, muito superficial. O significado e objetivo dos atos estão escondidos dentro da pessoa que os praticou, inacessível ao observador. Por isso, evitemos julgar e criticar.

3. REAÇÃO: Os mal-entendidos tendem a provocar conflitos, os quais destroem o bem estar de indivíduos e da comunidade.

Portanto, aprendamos a resolver com satisfação os mal-entendidos! Heber Toth Armí /

Inscreva-se @tododiacomDeus convide seus amigos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...