Receba mensagens em seu Email

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Deuterônômio 32 Comentários: John Ash

Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica: Deuterônômio 32
Comentários: John Ash

Este cântico poderia ser chamado de "Canção Nacional de Israel", pois é uma previsão divina de toda a história do povo judeu.

Moisés escreveu dois cânticos, separados entre si por quarenta anos. O primeiro deles, Êxodo 15, é uma canção de triunfo após a travessia do Mar Vermelho. Deuteronômio 32 foi a canção que Moisés cantou pouco antes de sua morte para lembrar a Israel que o Céu já sabia que haveria momentos de infidelidade.

A importância de Deuteronômio 32 pode ser vista pelas alusões a ele em outros lugares da Escritura. Isaías e Miquéias citam este capítulo. No Novo Testamento encontramos 23 referências a este capítulo.

Neste capítulo, encontramos uma descrição de como a águia cuida dos seus filhotes (v. 11).
Quando uma mãe águia constrói o seu ninho, ela começa com espinhos, galhos quebrados, pedras afiadas, e uma série de outros itens que parecem totalmente inadequados para um ninho. Mas então ela recobre o ninho com uma grossa camada de lã, penas e peles de animais mortos por ela, tornando o ninho quente, macio e confortável para os ovos.

Quando os filhotes alcançam a idade de  voar, o conforto do ninho e o luxo das refeições gratuitas fazem com que eles relutem em partir. É quando, então, que a mãe águia começa "a agitar o ninho" (v.11 NKJV). A cobertura macia é arrancada e o ninho se torna desconfortável para as jovens águias. Só então eles se tornam motivados a voar.

Note que a mãe águia incentiva os filhotes a voar, mas depois "paira sobre eles" e "estende as asas para apanhá-los". Quando os filhotes se cansam eles têm a proteção de fortes asas a ampará-los. Com o nosso Deus ocorre o mesmo. Ele está sempre velando sobre nós e vem ao nosso socorro em nossos momentos mais difíceis.

"Querido Deus, 'agita' a minha zona de conforto para que eu possa aprender a voar confiando em você."

John Ash

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...