Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Limites - Números 34

Leitura Bíblica - Números 34

Limites 
Comentários: Pr.  Heber Toth Armí

A Bíblia inteira é inspirada por Deus, nada deve ser deixado de lado, descartado ou menosprezado. Leia-a e serás grandemente abençoado(a).

Este capítulo apresenta a “preparação para a distribuição da Terra Prometida” (R. Dennis Cole):

• Delineia-se as fronteiras da Terra Prometida (vs. 1-15);
• Convoca-se os líderes para repartir a Terra Prometida (vs. 16-29).

Em relação à terra, “o tamanho da herança era determinado pelo tamanho do tribo, mas a posição era determinada por sorte” (D. L. Moody). Contudo, Deus não deixou ninguém sem herança, sem lugar apropriado na Terra Prometida. Deus não esquece nem ignora ninguém.

Nestes 29 versículos, 10 vezes aparece a palavra LIMITE. Este tema predomina neste capítulo. Deus escolhe um número limitado de líderes e delimita o território geográfico para cada tribo. O que podemos aprender destes limites?

1. Nós somos limitados por nossas fraquezas, devemos viver para superar nossos limites, mas jamais ultrapassar os limites estabelecidos por Deus – Israel deveria conquistar (lutar/avançar), mas permanecer dentro dos limites apontados por Deus.

2. Dentro dos limites estipulados por Deus há liberdade, fora desses limites há dissabores, conflitos e escravidão resultante do pecado – sem as delimitações de Deus o povo brigaria por herança igual muitos irmãos brigam após o enterro dos pais.

3. Ir além ou ficar aquém dos limites divinos prejudica nossa vida. Se as tribos não fossem até o limite do território, os inimigos hostilizariam aos israelitas (33:55). Quem é misericordioso com o pecado logo perceberá que o pecado não tem misericórdia de ninguém.

Além destes pontos, o texto apresenta Deus...

• ...orientando a Moisés (vs. 1, 16): Deus interage com os seres humanos.
• ...ordenando dar a terra (v. 13): Deus orienta o caminho para a realização da promessa.
• ...ordenando os líderes das tribos (v. 29): Ele é o Líder dos líderes.

Precisamos entender que a estratégia divina é que na união há força. Um povo totalmente descomprometido com o pecado, ligado a Ele, seria a potência mundial que iluminaria com a verdade celestial a toda a humanidade.

Precisamos aprender que Deus é dono de tudo, mas deu apenas um território bem delimitado a Israel; assim Ele estava preparando tudo para a vinda do Messias, o Salvador/abençoador do mundo inteiro!

Respeitar limites divinos atrai bênçãos! Busque-as em Deus! Reavivemo-nos!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...