Receba mensagens em seu Email

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Deuterônômio 11 Comentários: John Ash

Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica: Deuterônômio 11
Comentários: John Ash

Uma ênfase exagerada sobre as "recompensas da obediência", muitas vezes gera obediência por razões erradas. Na verdade, esse era o problema de Israel quando Jesus viveu entre eles. Desde o tempo do cativeiro babilônico, os judeus começaram a obedecer a Deus com o claro propósito de obter as recompensas prometidas por Deus. A obediência tornou-se mecânica e motivada pelo ganho. A obediência não era uma resposta espiritual íntima ao Deus misericordioso que eles adoravam.

Mas para equilibrar o quadro, nunca devemos ignorar completamente as recompensas da obediência. Há um elemento de proteção em obedecer a Deus. Basta olhar ao longo deste capítulo e vemos recompensas como força, "vida longa", bom tempo, sucesso, a bênção de Deus, e assim por diante.

No cerne do capítulo temos a promessa: "darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas..." (v.14) É claro que isso está se referindo às chuvas reais. Na Palestina, as primeiras chuvas eram necessárias para amolecer o solo para arar e semear. As últimas chuvas permitiam a maturação final das culturas.

Hoje, o Espírito Santo deseja nos dar chuva espiritual e trabalhar em nós o querer e o efetuar da boa vontade de Deus (Filipenses 2:13). Será que deixaremos isso acontecer?
John Ash-


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...