Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Deus anseia nossa obediência

Leitura Bíblica - Levítico 26

Deus anseia nossa obediência
Comentários: Pr.  Heber Toth Armí

Os pais anseiam obediência dos seus filhos, Deus também. Filhos têm facilidade para desobedecer, inclusive os filhos de Deus. Em ambos os casos, obediência tem recompensas e desobediência tem consequências.

Este capítulo trata da...
• Recompensa pela desobediência aos santos princípios de Deus (vs. 1-13); e,
• Consequência da desobediência aos santos princípios de Deus (vs. 14-46).

O Deus que nos fez com competência intelectual e moral pedirá contas de nossas negligências e responsabilidades. Somos criaturas pensantes, atuantes e conscientes; consequentemente, seremos julgados.

Desobediência é um mal que todo inconsequente precisa saber que resultará em condenação e morte no final.

Obediência não é legalismo. Deus pede e reclama nossa obediência, não desobediência. Assim como um pai não quer nenhum filho rebelde, revoltado e indiferente, Deus também não quer. Obediência e santidade se equiparam na vida religiosa orientada por Deus na Bíblia. Analfabetos biblicamente são ignorantes desta verdade.

Deus revela que...
1. A obediência resulta em maravilhosas bênçãos:
• Chuvas e colheitas fartas (vs. 1-5);
• Paz (vs. 6-10);
• Presença de Deus (vs. 11-13).

2. A desobediência resulta em desastrosas maldições:
• Doenças, escassez e fracassos (vs. 14-17);
• Seca e colheitas magras (vs. 18-20);
• Presença de predadores (vs. 21-22);
• Sufoco pela pilhagem de pessoas cruéis (vs. 23-26);
• Despejo ou deportação (vs. 27-39).

Deus permite que o mal causado pelo pecado aflija às pessoas a fim de que se lembrem dos benefícios de Sua presença e se arrependam das atitudes que resultam em morte e separação eterna dEle (vs. 40-46).

Assim como um pai amoroso educa para corrigir, Deus corrige para salvar permitindo o castigo da dor do pecado.

Reconhecendo nossa situação desesperadora, Deus deu Jesus para executar uma obra redentora. Jesus não morreu na cruz para deixar-nos na lama da desobediência. Sua morte foi necessária para libertar-nos das correntes da desobediência. O resultado é a obediência.

Livrar-se da idolatria, guardar o sábado e conhecer o santuário é de suma importância espiritual!

“A observância do sábado e a frequência escrupulosa da adoração no santuário serão as melhores maneiras de prevenir as corrupções da religião canaanita”, analisa Roland Kenneth Harrison.

Milian Lauritz Andreasen observou que, “o conhecimento da verdade quanto ao santuário, é o único antídoto aos falsos reclamos da hierarquia romana”.

Entreguem-se ao Senhor que anseia nossa obediência! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...