Receba mensagens em seu Email

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Êxodo 15 Comentários:Michael Hasel

Reavivados por Sua Palavra

Leitura Bíblica: Êxodo 15
Comentários: Michael Hasel

Quando Deus liberta e nos leva de uma situação de morte certa para a vida com Ele, há alegria. As pessoas não podem deixar de cantar e festejar alegremente após Deus intervir milagrosamente.

Aqui temos a primeira canção registrada nas Escrituras, escrita após a libertação do povo de Deus do poderio dos exércitos egípcios no Mar Vermelho. Dividido em três estrofes, o Cântico de Moisés começa, em cada uma delas, com louvor ao Senhor e termina com as ações pelas quais o Senhor deve ser louvado.

O Senhor é louvado porque Ele é a nossa salvação. Seu nome tem poder, e por este poder os exércitos do Faraó não existem mais. Embora as forças do mal possam planejar a nossa destruição, a mão direita de Deus derruba o inimigo, puxando-nos para a segurança.

Este ato redentor de Deus no passado nos dá a certeza de que não temos nada a temer no futuro. A última estrofe enfoca os futuros inimigos que serão enfrentados na conquista, “pelo poder do teu braço ficam paralisados como pedra.” (v. 16 NVI).

Quando nos deparamos com certas impossibilidades, quando estamos encurralados na vida e não sabemos para onde ir, podemos encontrar segurança no “Cântico de Moisés”, que comemora a libertação do povo de Deus. Através dos eventos onde Deus interveio em nossas vidas, temos a certeza de que Ele nos plantará para sempre no lugar de Sua habitação (vv. 17, 18 NVI).

Esta grande esperança do fim de todos os problemas será a música de todos aqueles que estarão com Jesus no céu, na libertação do último dia quando estivermos junto ao “mar de vidro” (Ap 15:3).

Michael Hasel
Southern Adventist University


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...