Receba mensagens em seu Email

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Oração nos relacionamentos

Oração nos relacionamentos

A escolha do cônjuge é fundamental para nossa vida neste mundo e na vida porvir. Quando o casamento vai mal, afeta o sucesso profissional, social e até espiritual. O contrário também é verdadeiro.

Em 2007 os divórcios aumentaram em 200% em relação ao primeiro estudo do IBGE em 1984. De 30.847 passou a 179.342 divórcios por ano. A desgraça está tomando conta da vida de muitos casais simplesmente por não darem ouvidos à voz da graça de Deus em Sua Palavra. “Cautela!”

Quem casa com qualquer pessoa vive uma vida qualquer, sem valor, sem significado. Muita gente não vive exatamente o que Deus propôs para o casamento porque não pede a Deus para guiar na escolha do cônjuge. É preciso aprender com Isaque e Rebeca:

1. A escolha do cônjuge ideal só acontece mediante a intervenção de Deus, o qual pode utilizar-se de pais e servos experientes (vs. 1-4);

2. É fundamental que a esposa creia e sirva ao mesmo Deus que o marido, e, como só Deus vê o coração, só Ele saberá escolher corretamente (vs. 5-14);

3. Sem muita oração pré-nupcial o casamento facilmente poderá não ser bênção, mas medonha maldição. O servo de Abraão orou com sinceridade pela esposa de Isaque (vs. 12-14). A intercessão pode ser incompleta se o noivo não se dispuser a orar a Deus e meditar em Sua Palavra. Isaque era jovem espiritual, orava e meditava antes de decisões tão importantes que envolvem o casamento (vs. 62-63);

4. Quando se busca a Deus a resposta é surpreendente! Deus valoriza aquele que O busca, compensando na resposta às suas orações. As orações resultaram em uma esposa trabalhadeira, prestativa, atenciosa, educada, amada, bonita, inteligente, decida e reservada (vs. 15-16, 20, 55, 57-78, 65);

5. Amor à primeira vista só acontece de verdade e dá certo apenas quando Deus dirige o encontro de duas pessoas altamente espirituais que consagraram a vida a Ele (vs. 63-67);

6. Os rituais de namoro, noivado e casamento variam de lugar para lugar e de cultura para cultura; contudo, Deus responde a qualquer oração, independente das práticas culturais, quando, antes de procurar casamento, primeiramente busca-se a Ele (vs. 15-61).

Apliquemos esses pontos para vivermos um alto padrão nos relacionamentos! “Conduza, Senhor, meu casamento!” –// Heber Toth Armí.//

Leitura Bíblica- Gênesis 24 –
Comentários Bíblicos Pr. Heber T. Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...