Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Nada é perfeito

Leitura Bíblica- Gênesis 25 

Comentários Bíblicos: Pr. Heber Toth Armí
Nada é perfeito

Nesta vida, nada é perfeito. Muitas vezes precisaremos tomar rumos nunca dantes sonhados. A morte de um membro da família altera o curso da vida radicalmente. Decisões nunca planejadas serão tomadas que poderão chocar alguns.

Abraão casou-se outra vez após a morte de Sara. Além de ter Isaque com Sara – sua esposa, e Ismael com Hagar – a escrava da esposa –, Abraão teve mais seis filhos com Quetura/Cetura. Essa informação pode ser novidade para muitos e pode chocar a alguns; todavia, Deus não ocultou isso de nós (vs. 1-3);

Abrão morreu após ter vivido 175 anos. Antes, porém, de morrer, dividiu seus bens para que não houvesse brigas por herança entre seus oito filhos. Seria muito bom e sábio da parte de todo pai se assim procedesse antes de morrer (vs. 5-6).

Maduro pelas vicissitudes da vida, pelas vitórias divinas alcançadas, realizado com o filho da promessa e mais sete filhos, fortalecido na fé e moldado pela dependência de Deus, Abraão “morreu numa velhice feliz, idoso e saciado de dias, e foi reunido à sua parentela. Isaac e Ismael, seus filhos, enterraram-no na gruta de Macpela” junto a sua esposa (vs. 7-11, BJ).

Ismael tornou-se uma grande nação, conforme Deus prometeu (17:20). Embora tenha-se desviado devido à forte influência idólatra da família egípcia de sua mãe, “em seus últimos dias arrependeu-se de seus maus caminhos, e voltou ao Deus de seu pai” (Patriarcas e Profetas, p. 174). Ele morreu com a idade de 137 anos e deixou doze filhos que foram doze chefes de clãs (vs. 12-18).

Por ter-se arrependido antes de morrer, Ismael estará no Céu juntamente com seu pai Abraão! Se arrependermos o quanto antes, também estaremos e, os conheceremos lá!

Isaque orou durante 20 anos para que sua esposa tivesse filhos e Deus atendeu a sua súplica. Lição: Nunca desista de orar, certamente Deus irá compensar-te!

Ainda neste capítulo uma nova saga começa: a dos dois irmãos gêmeos que competiam-se antes mesmo de nascer. No ventre de sua mãe eles já mostraram seu destino e, Deus revelou o futuro desses dois filhos de Isaque. Logo na juventude, o visionário Jacó almejou a primogenitura que pertencia ao relapso Esaú e, o duelo avançou... (vs. 19-33).
Destaque mais lições deste capítulo... – Heber Toth Armí

Leitura Bíblica- Gênesis 25 –
Comentários Bíblicos Pr. Heber Toth Armí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...