Receba mensagens em seu Email

domingo, 23 de agosto de 2015

Gênesis 43 Comentários: Stephen Bauer

Reavivados por Sua Palavra

Leitura Bíblica: Gênesis 43
Comentários: Stephen Bauer

O drama continua. Jacó não quer enviar Benjamim ao Egito. Vemos também evidências de mudança nos irmãos. Eles se simpatizam com Jacó e parecem agora apoiar Benjamim como sendo o filho predileto. Talvez numa tentativa de aplacar a consciência culpada, Rúben se oferece para ser responsável pela segurança de Benjamim, dizendo a Jacó que ele pode matar seus dois filhos se ele não voltar com Benjamim, são e salvo (Gên 42:37). Talvez Rúben ainda esteja tentando recuperar o favor de seu pai.

A necessidade de sobrevivência, no entanto, finalmente força Jacó a ceder. Depois de Jacó recriminar seus filhos pela perda de um dos irmãos, Judá intervém. Judá, o antagonista, agora começa a se tornar Judá, o co-herói. Ele se faz de garantia para Jacó da segurança de Benjamim. Este não é o mesmo Judá que vimos em Gn 37,tramando para ganhar poder na família.

O drama agora se torna mais denso quando Benjamin chega ao Egito com seus irmãos. José agora testa os ciúmes dos irmãos contra Benjamin, dando-lhe mais presentes, porções maiores de comida, etc. Nenhuma reação indicadora de ciúme irrompe. Eles se alegram com José, sem saber quem ele é.

Stephen Bauer
Professor de Teologia e Ética
Southern Adventist University
Collegedale, Tennessee, EUA




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...