Receba mensagens em seu Email

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Deus cumpre o que promete

Leitura Bíblica- Gênesis 46–
 Deus cumpre o que promete
Comentários Bíblicos Pr. Heber Toth Armí


A Palavra de Deus, em sua totalidade, é impressionante; merece nossa atenção. Este capítulo é importante; o qual pode ser divido assim:

1. Jacó abandona Canaã e viaja ao Egito com toda sua família (vs. 1-27);
2. Jacó e José se reencontram após mais de duas décadas (vs. 28-34).

Antes, porém, de considerar alguns pontos teológicos, reflita: José conseguiu, pela graça divina, reunir e restaurar toda sua família. Mas, o que aconteceria se...

• ...Ele se vingasse de Potifar e sua esposa assim que tornou-se governador?
• ...Ele se vingasse de seus irmãos depois de toda injustiça que fizeram contra ele?
• ...Ele usasse o poder que agora tinha nas mãos para oprimir àqueles que lhe oprimiram outrora?

É facilíssimo estragar tudo; por tal facilidade que a atitude de Jacó em relação a José provocou ciúmes, inveja e ódio em seus outros filhos; os quais ganharam dinheiro vendendo José – estragando ainda mais.

Contudo, a parte positiva é que, embora a maioria esteja empenhada em fazer estragos, se apenas um membro da família colocar-se nas mãos de Deus, tornar-se-á instrumento que restaurará tudo que está arruinado.

Este capítulo confirma a realidade dos dois sonhos de infância de José. O primeiro: 11 feixes de trigo se inclinavam diante do dele (representava seus irmãos); o segundo: O sol, a lua e as estrelas inclinavam-se diante dele (incluía seus pais – embora sua mãe já estivesse falecida, 37:6-11).

José é governador do Egito, que, além de ser a maior potência política da época, era a única nação que tinha sua economia estável quando todas as outras enfrentavam uma crise de alimento. Graças a José, o sonhador e intérprete de sonhos, o Egito estava “nadando no dinheiro” enquanto a economia do mundo despencava abruptamente.

Aliás, o foco é Deus! Não podemos ignorar esta verdade. Se não fosse Ele, José seria um mimado, ou um frustrado escravo amargurado.

Deus já havia profetizado a Abraão tempos atrás que sua descendência peregrinaria em terra estrangeira, e seria reduzida à escravidão; entretanto, após 400 anos e o julgamento divino, sairia com muitas riquezas. Esta profecia está registrada em Gênesis 15:13-14.

Deus conhece não só detalhes sobre o futuro, Ele cumpre tudo que promete! Este capítulo fortalece nossa certeza/confiança/fé em Sua Palavra!
“Senhor, reaviva-nos profusamente. Amém” – Heber Toth Armí





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...