Receba mensagens em seu Email

sábado, 31 de maio de 2014

Profecias-Promessas de Deus- Jeremias 30


Lições de Vida
Leia na Bíblia- Jeremias 30
Profecias-Promessas de Deus
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Esperança de algo melhor. Quem não tem? Onde está fundamentada a tua esperança? O que você espera? 

Saiba que, quando Deus não quer, nada acontece; porém, quando Ele quer, ninguém impede. Suas promessas são verdadeiras; só assim a esperança terá base segura. Portanto, você precisa fundamentar tua esperança unicamente em Deus e em Sua Palavra (promessas bíblicas). 

Leia Jeremias 30. Note que após prometer libertação aos cativos na Babilônia, de libertar do jugo da escravidão (vs. 1-9), Deus declara: “Não temas... nem te espantes... Porque eu sou contigo, diz o Senhor, para salvar-te; por isso, darei cabo de todas as nações entre as quais te espalhei; de ti, porém, não darei cabo, mas castigar-te-ei em justa medida e de todo não te inocentarei. Porque assim diz o Senhor: Teu mal é incurável, a tua chaga é dolorosa... Por causa da tua grandeza de tua maldade e da multidão de teus pecados é que eu fiz estas coisas...” (vs. 10-16). 

Entretanto, o próprio Deus que liberta, também promete curar, restaurar e transformar o incurável e imprestável (vs. 17-21). Então afirma: “Vós sereis o meu povo, eu serei o vosso Deus. Eis a tempestade do Senhor! O furor saiu, e um redemoinho tempestuou sobre a cabeça dos perversos. Não voltará atrás o brasume da ira do Senhor, até que tenha executado e cumprido os desígnio do Seu coração. Nos últimos dias, entenderás isto” (vs. 22-24).

Lendo, estudando, meditando, aprofundando e refletindo nas lições de Jeremias 30 extraí as seguintes aplicações que gostaria que regessem a minha alma e meu coração quando sou por Deus corrigido e disciplinado:

1. Assim como um pai responsável, justo e amoroso corrige a seus filhos para o bem deles, Deus corrige a Seu povo para salvá-lo (vs. 7-8, 11).

2. Assim como a um filho ser disciplinado traz dor, tristeza e lágrimas mesmo com amor, a disciplina do Senhor não é agradável e prazerosa (vs. 5-6, 15).

3. Assim como um filho adulto bem-educado, disciplinado e corrigido entende os atos de amor dos pais que não eram entendidos na infância, nos últimos dias os filhos e servos de Deus entenderão os atos corretivos de Deus e O renderão ações de graças e júbilos cheios de alegria (vs. 19, 24).

Quando criança, não gostamos de ser chamado a atenção por nossas atitudes erradas. Fazemos birra, achamos que nossos pais nos odeiam, ficamos bravos, irritados, etc. Mas quem aprende ao ser disciplinado se torna um adulto bem-educado, responsável, sincero, leal, etc. Ao olhar para aqueles que não são como eles, entenderão como é importante a correção. Se você está sendo disciplinado por Deus é porque Ele te ama, não seja rebelde, aprenda logo e sairás do castigo em breve!

As profecias são uma forma de promessas de Deus para nós. A escatologia, eventos dos últimos tempos, atrai a nossa atenção em todos os momentos. Jeremias 30 possui tudo isso: Promessa, Profecia e Escatologia! 

Nosso mundo é uma Babilônia, está tudo uma confusão, inclusive entre as religiões, cada um diz uma coisa. Somos escravos do consumismo, somos solapados pelos malvados, o pecado é uma doença incurável, a corrupção está presente até naqueles que deveriam dar exemplo de retidão. 

Precisamos de libertação, carecemos de salvação. Antes da salvação plena, o pecador passa pela angústia de Jacó. No tempo do fim, antes da completa salvação, os fieis passarão por essa angústia. Nesse tempo, Deus quebrará o poder opressor de Seu povo. A promessa de que Deus levantará Davi, Seu rei, se refere ao retorno de Cristo para tirar Seu povo da Terra e levá-lo ao Céu. Você quer ir? Aceite ser disciplinado pelo Senhor.

Então ore: “Pai querido, cheio de bondade e amor em disciplinar-me. Confesso-Te que não gosto desta parte, preferia que fosses um vovó bonachão, entretanto, para meu bem ages como um pai justo para me moldar a fim de que eu amadureça espiritualmente. Te agradeço por isso, pois quero estar pronto quando Jesus voltar. Amém”.

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos de Gênesis até hoje você encontra em:

Aliança entre Deus e Seu povo- Jeremias 30


Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Jeremias  30
Aliança entre Deus e Seu povo
Comentários  de  Michael Soupa

O profeta Jeremias volta a receber a Palavra do Senhor. O profeta é instruído a escrever “num livro todas as palavras” que o Senhor tinha falado com ele (v. 2 ARA). É interessante notar que em boa parte da seção do capítulo 30 ao 33, ele usa uma estrutura poética como expressão de alegria, porque esta é uma seção de esperança.

No início do capítulo Jeremias anuncia a restauração de Judá. As pessoas estão em estado de pânico. Isto é descrito pelo uso de uma metáfora de uma mulher em trabalho de parto (v. 5-6). Deus tranquiliza o povo mostrando que Ele está por trás e no controle da punição ao Seu povo e revela que toda a crueldade e idolatria dos captores retornaria para eles como uma expressão da justiça de Deus: “Mas todos os que a devoram serão devorados; todos os seus adversários irão para o exílio. Aqueles que a saqueiam serão saqueados; eu despojarei todos os que a despojam”(v. 16 NVI).

Alguém poderia perguntar: Por que Deus permitiu que nações ímpias explorassem Seu povo? Por que Deus permite que o mal seja praticado e os ímpios prosperem? Ao dar esperança ao seu povo, Deus lhes dá a garantia de que a justiça será feita. A nação que traz o julgamento de Deus ao Seu povo também será submetida ao mesmo julgamento.

Estas promessas de restauração do povo de Deus e de julgamento dos inimigos de Deus trazem também à tona o tema da aliança: “vocês serão o meu povo, e eu serei o seu Deus ” (v. 22 NVI), tema este que é discutido mais detalhadamente em Jeremias 31.Esta restauração que Deus promete não é apenas material, política ou nacional. É também uma restauração da relação da aliança entre Deus e Seu povo.

Ao desenvolvermos ações de incentivo a uma vida saudável buscamos restaurar a saúde física das pessoas; ao alimentar os pobres cuidamos de suas  necessidades materiais; na busca de justiça em um ambiente politicamente injusto estamos defendendo os ideais da Palavra de Deus. Todos esses esforços são bons e elogiáveis, mas são de menor valor se não abordarmos o  cerne do problema, que é o relacionamento quebrado com o Criador. Este aspecto espiritual deve ser o centro e objetivo de todas as atividades da igreja e de seus membros individualmente.

“Querido Senhor, por favor, ajuda-me a lembrar em tudo que eu fizer, de que o foco principal da existência deve ser o meu relacionamento conTigo. Amém”.

Michael Sokupa
Heidelberg College , South Africa
http://www.palavraeficaz.com/                                                  

sexta-feira, 30 de maio de 2014

É tempo de orar-Jeremias 29


Lições de Vida
Leia na Bíblia- Jeremias 29
É tempo de orar

Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Na leitura de hoje, Deus nos convida a abrir e ler três cartas (Jeremias 29):

1. A primeira carta, escrita em Jerusalém, visa, em primeiro lugar, confortar aos exilados em Babilônia que após 70 anos Deus os faria voltar e prosperar grandemente. Portanto, no exílio deveriam construir, plantar, casar e criar filhos a fim de que não diminuíssem; além de evitar àqueles que julgam profetizar em nome do Senhor com declarações diferentes destas. Em segundo lugar, condenar àqueles que viviam perversamente e aos profetas falsos e imorais que contrariavam às revelações divinas (vs. 1-23).

2. A segunda carta, escrita em Babilônia, visa responder a Jeremias com o fim de silenciá-lo; pois, Sofonias substituiu ao sacerdote Joaiada, e ameaçou a Jeremias dizendo que Sofonias fora instituído por Deus para lançar na prisão e no tronco a qualquer que alegasse ser profeta (vs. 24-29).

3. A terceira carta, tréplica de Jeremias, visa informar aos cativos em Babilônia que o Senhor em breve executaria Semaías e sua família por suas predições falsas e pelas atitudes perversas (vs. 30-32).

Atente para cada uma delas e tire preciosas lições para tua vida. Pense, reflita, estude e medite assim terás um excelente dia na presença do Senhor!

Às vezes cartas foram instrumentos usados por Deus para consolar, orientar e repreender. O capítulo 29 de Jeremias contém três cartas: Uma argumentação escrita por Jeremias (vs. 1-23), uma réplica escrita por Semaías (vs. 24-29), e, finalmente, Jeremias faz a tréplica (vs. 30-32). 

Veja que Deus não tolera o pecado, mas mesmo aos pecadores escravos que perderam a terra e estão exilados em terras estrangeiras, Ele envia mensagens de conforto e orienta-os a viverem de uma forma que, mesmo no cativeiro, experimentariam a paz. 

Não é objetivo divino que as pessoas sejam rebeldes, cause confusão, por isso Ele diz: “Procurai a paz da cidade para onde vos desterrei e orai por ela ao Senhor; porque na sua paz vós tereis paz” (v. 7). 

Você já orou por tua cidade? Já orou pelos políticos de tua cidade? Intercedeu por todos os moradores a fim de que tenham paz? Clamou a Deus em prol dos policiais, e dos responsáveis por manterem a cidade em ordem? Pediu que Deus lhes desse sabedoria, equidade e coragem para agir corretamente? Saiba que disso dependerá a tua paz enquanto você estiver morando na cidade em que você está! Pense e tome uma atitude!

Um dos textos auge de Jeremias 29 é o que encontro nos versos 11 a 13. Estes versos são inspiradores, não só para os antigos israelitas, mas para nós também. 

Kyle M. Yates declara que, “a palavra de Deus a seu povo no tempo de Jeremias ainda é Sua palavra garantida para os homens que pecaram e perderam contato com o Infinito. Nenhum gosto perfunctório de interesse é capaz de obter o bem mais precioso do que o ouro. O Senhor está sempre disponível. Desejam que todos os homens olhem para Ele e vivam. Seus braços estão sempre abertos em um convite carinhoso para todo os que se voltam para ele. Também é fato que, contudo, que é necessária uma busca diligente. Quem adquire consciência dessa necessidade experimenta a dádiva divina que satisfaz, e quem se dedica a buscá-lO pode estar certo da vitória, se o fizer de todo coração. Purificação, paz, alegria e vitória lhe serão concedidas pela mão de um Deus amoroso que tem prazer em abrir as portas do lar divino para Seus filhos”. 

Medite o dia inteiro nos versos 11-13, assimile em tua mente estas orientações e receba estas promessas em tua vida. Deus é o mesmo! 

Ore com base nesses versos agora mesmo! Heber Toth Armí

Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança.Então me invocareis, e ireis e orareis a mim, e eu vos ouvirei.Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração. Jeremias 29:11-13


Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos de Gênesis até hoje você encontra em:

Busque a Deus - Jeremias 29


Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Jeremias  29
Busque a Deus
Comentários  de  Pr. François du Plessis
Você gostaria de receber uma mensagem de um profeta de Deus?

Neste capítulo, nós lemos sobre o profeta Jeremias enviando uma carta aos cativos na Babilônia. Se você também se considera um prisioneiro da moderna Babilônia em que vivemos, este conselho pode lhe ser útil: “Porque assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: ‘Não deixem que os profetas e adivinhos que há no meio de vocês os enganem. Não deem atenção aos sonhos que vocês os encorajam a terem. Eles estão profetizando mentiras em meu nome. Eu não os enviei’, declara o Senhor.” (v. 8-9 NVI).

Será que temos falsos profetas em nosso redor hoje? Este verso é uma advertência contra eles.

Minha filha Lauretta e eu estávamos em pé no antigo Caminho da Procissão na antiga Babilônia. Saddam Hussein restaurou 180 metros desta famosa via. Ali recordamos a História, quando os exilados de Jerusalém entraram pela Porta de Ishtar rumo aos seus desastrosos 70 anos de exílio.

Bem ali, naquele lugar histórico, as mensagens reconfortantes de Jeremias 29 vieram às nossas mentes: “Assim diz o Senhor: ‘Quando se completarem os setenta anos da Babilônia, eu cumprirei a minha promessa em favor de vocês, de trazê-los de volta para este lugar. Porque sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.’” (v. 10 -11 NVI).

Se você abriga pensamentos negativos sobre o futuro, por favor, substitua-os pelos pensamentos que Deus tem para o seu futuro.

Enquanto minha filha e eu andávamos através dos enormes portões da Babilônia, parcialmente reconstruídos, a caminho da sala do trono de Nabucodonosor, recordávamos a parte final desta promessa inspiradora: “’Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvirei. Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração. Eu me deixarei ser encontrado por vocês’, declara o Senhor, ‘e os trarei de volta do cativeiro. Eu os reunirei de todas as nações e de todos os lugares para onde eu os dispersei, e os trarei de volta para o lugar de onde os deportei’, diz o Senhor” (v. 12 -14 NVI).

Estamos todos exilados de nossa casa sem pecado no Éden e estamos vivendo, não só em um mundo pecaminoso, mas com nossa natureza caída pecaminosa. Quem irá nos salvar?

Quando minha filha e eu deixamos a sala do trono onde Daniel explicou ao rei que uma pedra viria esmagar os reinos deste mundo e estabelecer um reino eterno, entramos no enorme salão onde Belsazar e mil dos seus nobres (Daniel 5:1) foram destruídos por Ciro. Enquanto estávamos na sala do trono, apesar de não sabermos onde, sabíamos que tinha sido ali que a mão divina escrevera a condenação da Babilônia.

Com as promessas de Jeremias 29 em nossa memória, Lauretta e eu fomos a Pasárgada, no Irã, onde fizemos uma visita ao túmulo de Ciro – um tipo de Cristo. Isaías 44 e 45 chama Ciro de pastor, libertador e ungido. Estes títulos de Ciro estão relacionados com um Personagem muito maior, de quem Ciro era um tipo. À medida em que meditávamos sobre este grande libertador, lembramos da tremenda mensagem reconfortante de Isaías 45:13: “Eu levantarei esse homem em minha retidão: farei direitos todos os seus caminhos. Ele reconstruirá minha cidade e libertará os exilados, sem exigir pagamento nem qualquer recompensa, diz o Senhor dos Exércitos” (NVI).

“Nosso querido Pai celestial amoroso, obrigado por explicar Sua salvação através da história de Ciro. Obrigado por nos libertar desta Babilônia onde vivemos de dor e morte para a felicidade do céu. Oramos isto em nome de Jesus, nosso celeste libertador e pastor. Amém”

Pr. François du Plessis
Evangelista na África do Sul


http://www.palavraeficaz.com/                                                  

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Confronto entre profetas-Jeremias 28

Lições de Vida
Leia na Bíblia- Jeremias 28
Confronto entre profetas
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Quando você é contrariado você não leva desaforo para casa? Você é briguento? Você provoca confusões quando alguém te provoca? Tuas atitudes revelam quem você é em qualquer situação, você sabia? Que tipo de cristão você é? Tem muitos professos servos de Deus que mais se parecem com servos do diabo, sabia?

Provocar brigas e confusão não é característica dos servos do Senhor. Contendas, desavenças e discussões são evitadas e não causadas pelos verdadeiros cristãos. Os falsos pregadores proclamam a paz, mas suas profecias resultam em ilusão; já os verdadeiros proclamadores da verdade revelada sabem que onde há pecado há desarmonia e confusão, por isso se retiram para evitar agitação.

Leia, por gentileza, Jeremias 28. Note que Jeremias foi confrontado pelo profeta Hananias. Além de contrariado, ele teve suas ilustrações destruídas por Hananias declarando falsas suas profecias sobre os 70 anos de cativeiro.

Jeremias se mostra simpático dizendo que preferiria que as palavras de Hananias fossem verdadeiras. Jeremias não criticou nem acusou, por isso não houve contendas nem brigas entre profetas. Você aprendeu alguma coisa? Vais mudar de atitude? Quem justifica seu comportamento nunca deixará que Deus opere uma mudança de vida, isso é arrogância. Há esperança somente para o humilde!

Quando você lê a Bíblia, tens deixado o poder das palavras de Deus impactar e mudar tua vida? Se você deixar o Espírito Santo te ensinar pelo exemplo de Jeremias no capítulo 28 de Seu livro você suplicará a Ele para te moldar. Você aceita?

Perceba que Jeremias ouviu o falso profeta usar o nome do Senhor para enganar, em vez de causar confusão e alarde, ele se retirou calmamente. Jeremias sabe que quem julga é Deus. Pela palavra de Deus Jeremias percebia que Hananias estava em desarmonia com a vontade divina.

Aprendamos que pregar paz e prosperidade sem abandonar o pecado é promover a falsidade. A falsidade não supera a verdade, portanto, não é preciso combater a falsidade e nem defender a verdade.

Deus não precisa de advogados, Ele precisa de testemunhas. Ele não precisa de críticos, Ele precisa de cristãos. Ele não precisa de briguentos, nem de birrentos que causam confusão, Ele quer servos fieis que por nada desistem ou perdem o foco da missão.

Por mais que se diga o contrário, os chatos não foram ainda transformados. Por mais que se julguem moldados por Deus, os que causam desavenças não são moldados pelas verdadeiras crenças. Deus tem os Seus, e o diabo também tem os dele.

Os enganadores estão miseravelmente perdidos, por fim, serão destruídos. É forte essa mensagem? Ela contraria tua vida? O que farás com ela? Ignorá-la ou aplicá-la, a decisão é tua!

Há muitos pregadores, igrejas, pastores, líderes religiosos e profetas; entretanto, nem todos são verdadeiros. Paul R. House, comentando Jeremias 28, disse que “a predição de Hananias não pode vir de Deus, pois ele não tem nenhum relacionamento com Deus e nenhuma compreensão da atuação divina...”.

E, o que dizer dos pregadores modernos? E os evangelistas populares e profecias modernas? Jeremias profetizou a morte de Hananias, a qual cumpriu-se como se cumpriria os 70 anos de cativeiro e não apenas dois anos como predizia Hananias.

É fato que os falsos pregadores...
1. Não conhecem a Deus nem Sua Palavra, eles pregam o que dá na telha.
2. Não têm nenhum relacionamento com Deus nem se submetem à totalidade de Sua Palavra.
3. Não profetizam o que Deus quer, mas o que o povo quer.
4. Não fundamentam suas pregações na Bíblia, mas nas coisas que avaliam pertinentes.

Alguns acham que é preciso aprender a argumentar e nunca mais será preciso ter razão; por outro lado, a Bíblia revela que o importante não é ter a última palavra ou ter razão mesmo quando se tem a verdade na mão, mas evitar confusão ainda que tenhas razão. Humildade, firmeza e mansidão caracterizam o verdadeiro cristão. Seja cristão, não cause confusão!

Oremos: “Deus soberano, estes ensinamentos de Jeremias 28 me impactaram. Só me resta pedir-Te: Muda-me. Transforma-me. Faça de mim uma nova pessoa: mansa, simpática, calma e paciente, mas firme em Tua Palavra. Amém!”

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos de Gênesis até hoje você encontra em:

Falsas Profecias- Jeremias 28


Reavivados por Sua Palavra

Leitura Bíblica  - Jeremias  28
Falsas Profecias
Comentários  de  Michael Sokupa

Outra onda de falsas profecias surge na pessoa de Hananias. Ele previu que em dois anos a nação seria restaurada e o cativeiro babilônico chegaria ao fim. E quebrou o jugo que Jeremias colocara em seu pescoço. As pessoas que receberam esta profecia tiveram então que compará-la com o que Jeremias e outros profetas haviam dito antes.

Neste capítulo, Jeremias ajuda as pessoas a refletir: “Os profetas que precederam a você [Hananias] e a mim, desde os tempos antigos, profetizaram guerra, desgraça e peste contra muitas nações e grandes reinos.” (v. 8 NVI). Mas Hananias estava profetizando paz para as pessoas.

Um dos testes de um verdadeiro profeta é que: “o profeta que profetiza prosperidade será reconhecido como verdadeiro enviado do Senhor se aquilo que profetizou se realizar.” (v. 9 NVI). Não só as profecias de Hananias não se cumpriram, como ele morreu 2 meses após seu confronto com Jeremias (comparar v. 1 com v 17).

Nas últimas décadas presenciamos mais predições sobre o fim do mundo do que em todos os séculos anteriores da história. Algumas dessas profecias vieram acompanhadas de datas específicas. Entretanto, esses profetas e suas profecias não se cumpriram e portanto não passaram pela prova da Palavra de Deus.

Nós também precisamos ter em mente que esta é uma das provas em caso de haver uma predição correta de eventos. Os profetas da atualidade têm que cumprir todas as provas encontradas nas Escrituras para serem reconhecidos como profetas verdadeiros.

Algumas passagens da Escritura que podem ser utilizadas para testar alguém que reivindique em nossos dias possuir o espírito profético são: Isaías 8:20; Mat 7:15-20 ; 1 João 4:1-3. Ellen G. White é uma profetisa que viveu na segunda metade do século XIX e que foi submetida a tais testes bíblicos durante um longo período de tempo e provou ser uma verdadeira profetisa através do cumprimento de todos os requisitos apresentados pela Escritura.

A advertência em 1 João 4:1 se aplica hoje: ” Amados, não creiam em qualquer espírito, mas examinem os espíritos para ver se eles procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo.” (NVI). Essa responsabilidade não é dada apenas a teólogos, pastores e líderes, mas cada pessoa deve testar os profetas para certificar-se de sua veracidade. E a igreja, corpo de Cristo, tem a responsabilidade de se posicionar contra os falsos profetas e a favor dos verdadeiros profetas.

“Querido Senhor, ajuda-me a avaliar qualquer pessoa que afirme ser um profeta com o teste bíblico de um profeta verdadeiro. Conduz-me à plena verdade pela Tua Palavra”.

Michael Sokupa

Heidelberg College , África do Sul



http://www.palavraeficaz.com/                                                  

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Um sermão simbólico- Jeremias 27


Lições de Vida

Leia na Bíblia- Jeremias 27
Um sermão simbólico
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Mais vale uma imagem do que mil palavras para a mente humana que não compreende as coisas divinas. Há situações em que os sermões precisam ser ilustrativo, visível e dramático para chamar a atenção daqueles que caminham para a perdição (destruição).

Por isso Jeremias 27 é um sermão diferente, é “um sermão simbólico; os aguilhões e jugos representariam de maneira viva o quadro do cativeiro” (Comentário Bíblico Moody). Tem corações tão duros que nem assim adianta. Muitos são os que preferem a podridão de vida que leva à escravidão do pecado do que aceitar a salvação oferecida gratuitamente por Deus. 

O Comentário Bíblico Adventistas divide da seguinte forma este capítulo:

1. Com o símbolo de correias e canzis, Jeremias profetiza a submissão dos reis vizinhos a Nabucodonosor (vs. 1-7);

2. Ele [Jeremias] os exorta [os reis] a se renderem e a não crerem nos falsos profetas, assim como aconselha a Zedequias (vs. 8-18);

3. Ele [Jeremias] prediz que os demais utensílios serão levados para Babilônia e ali permanecerão até o dia do castigo (vs. 19-22).

Leia cada um de seus 22 versos com atenção, oração e submissão à Palavra de Deus.

O pecado tem um poder entorpecente, enfeitiça àqueles que o amam. O pecado pode te levar para mais longe do que você gostaria de ir; pode custar um preço mais alto do que você estaria disposto a pagar e, te reterá por mais tempo do que você gostaria de ficar. 

Veja em Jeremias 27 que o povo de Deus seria levado ao cativeiro babilônico e ficariam lá exilados por 70 anos por causa do pecado! Você não nasceu para sofrer. Mas você sofre; sabe por quê? Porque onde há pecado existe angústia, dor, doença, amargura, tristeza, ódio, inveja, injustiça, etc. 

Por isso Deus diz: “Eu fiz a Terra, o homem e os animais que estão sobre a face da terra, com o meu grande poder e com o meu braço estendido, e os dou àquele a quem for justo” (v. 5). Deus sabe de todas as coisas. Ele pode todas as coisas. Ele vê todas as coisas. Ele protege aos que Lhe honram, adoram e servem. Ele cuida, livra e fortalece aos que se comprometem com Sua justiça. Deus quer o melhor para você, mas você deve buscar esse melhor no relacionamento amoroso com Ele. Você precisa ouvir e obedecer a voz de Deus falar a você.

Além a verdade que Deus cria, forma, tem poder, que está com os braços estendidos para favorecer aos justos, Deus confronta àqueles que buscam outras alternativas para sua sobrevivência ou para apontar-lhes a direção. Por meio de Seu verdadeiro profeta em Jeremias 27, Ele nos exorta: 

“Não deis ouvidos a vossos profetas e a vossos adivinhos, aos vossos sonhadores... porque eles vos profetizam mentiras para vos mandarem para longe de vossa terra, e para que eu vos expulse e pereçais...” (vs. 9-10). 

Cuidado com aqueles que profetizam em nome de Jesus para atrair cristãos para o diabo. Satanás quer que percamos as promessas e proteção divinas, e também o Céu. Então é bom apegar-se a Deus dia após dia: 

"Senhor, tem muitos instrumentos de Satanás se auto declarando Teus servos, mas aprendi que devo tomar cuidado. Dá-me discernimento e percepção espirituais aguçadas a fim de que não me enganem. Não quero seguir orientações de pastores falsos, que profetizam aquilo que o Senhor não os revelou. Ajuda-me a instruir aqueles que seguem mentiras achando que são verdades. Torna-me um instrumento para abrir os olhos daqueles que tremem diante dos falsos profetas dos dias atuais. Abençoa minhas intensões de ajudar aos enganados. Em nome de Jesus. Amém"!

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos de Gênesis até hoje você encontra em:

Deus está no comando - Jeremias 27


Reavivados por Sua Palavra

Leitura Bíblica  - Jeremias  27
Deus está no comando das Nações
Comentários  de  Michael Sokupa

Os profetas não só deviam entregar suas mensagens verbalmente, mas, às vezes, eram desafiados a dramatizar suas mensagens. Jeremias 27 é uma profecia encenada que teve como propósito alertar as pessoas sobre o próximo período de cativeiro sob os babilônios.

Em nossos dias houve uma época em que a pregação chamava a atenção de todos em uma cidade. Hoje, isto já não acontece mais. Enquanto a pregação continua sendo o método principal, alguns encontraram formas criativas de apresentar a mensagem para chamar a atenção das pessoas.

Jeremias foi instruído por Deus : “Faça para você um jugo com cordas e madeira e ponha-o sobre o pescoço” (v. 2 NVI). Jeremias 27 está entre as passagens que apresentam Deus como Criador e Soberano Senhor sobre todas as nações. Deus está no comando. E agora Ele usa Babilônia para punir Judá. Esta não foi uma experiência agradável para Judá. Mas Babilônia, por sua vez, também seria julgada por Deus e dominada pelos medos e persas.

As nações do mundo atual pensam que controlam seus próprios destinos, mas Deus está no comando. Às vezes, Deus envia um alerta para que reconheçamos Sua soberania. O pecado tem causado a deterioração de nosso planeta. Às vezes, Deus tolera que as calamidades aconteçam para trazer as nações do mundo aos Seus joelhos. Em última análise, cada nação e cada indivíduo que vive neste planeta irá reconhecer que Deus está no comando.

A mensagem de Jeremias era que submeter-se ao julgamento de Deus reduziria o nível de sofrimento. E que a rebelião contra o juízo de Deus aumentaria o sofrimento. No verso 12 o rei Zedequias é admoestado: “Coloquem o pescoço sob o jugo do rei da Babilônia, sujeitem-se a ele e ao seu povo, e vocês viverão” (NVI). Através desta disciplina redentora Deus busca restaurar o Seu povo de volta a um relacionamento de aliança saudável com ele.

Há momentos em que temos que nos submeter, individual ou coletivamente, ao julgamento redentor de Deus. Isto pode acontecer através de uma pessoa ou igreja que Deus envia para nos confrontar. Precisamos nos submeter à disciplina de Deus para que assim possamos retornar a um relacionamento saudável com ele.

Os falsos profetas davam a falsa impressão de que estavam defendendo a causa de Deus dizendo, enganosamente, que os recipientes tirados da casa de Deus pelos babilônios seriam devolvidos em breve. Deus havia permitido que os babilônios retirassem esses itens do templo, mas isso não indicava que, ao permitir isso, Ele estava se submetendo a seus deuses. Deus ainda estava no comando, pois Ele diz: “Serão levados para a Babilônia e ali ficarão até o dia em que eu os quiser buscar”, declara o Senhor. “Então os trarei de volta e os restabelecerei neste lugar” (Jer 27:22 NVI).

“Senhor , ajuda-nos a ter fé em Seu plano para nossas vidas e acreditar que a restauração virá exatamente como prometeste. Amém”.

Michael Sokupa
Heidelberg College , África do Sul


http://www.palavraeficaz.com/                                                  

terça-feira, 27 de maio de 2014

Chamado ao arrependimento-- Jeremias 26


Lições de Vida
Leia na Bíblia- Jeremias 26
Chamado ao arrependimento
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Mais que não apreciar, normalmente as pessoas não toleram as coisas espirituais. Os proclamadores íntegros da genuína verdade divina geralmente não são tão populares quando aqueles que fazem programas seculares. Mensagens vindas do Céu não são tão apreciadas na Terra. 

Leia mais sobre isso em Jeremias 26. Ali aprendi que, se você compartilhar algo que não agrada a Deus, certamente agradará à maioria de teus contatos; porém, se você compartilhar comentários da Palavra de Deus, um número bem menor vai curtir e compartilhar (se não te excluírem de tua lista de contatos – amigos). 

Jeremias foi ameaçado de morte ao compartilhar a Palavra de Deus. Há um contraste entre o que queremos para nós e o que Deus pede de nós. Buscar a Deus resulta numa mudança radical de vida e, isso, os pecadores não querem, nem mesmo os religiosos. 

Entretanto, Deus tem Seus servos, Seus instrumentos para chamar a todos ao arrependimento! Aceite as palavras de Deus dirigidas a você para que tenhas sucesso e sejas liberto das aflições que virão sobre os impenitentes. É melhor tomar uma atitude e uma decisão radical do que perder tudo, inclusive a vida no ambiente celestial.

Quando se proclama a Palavra de Deus, sem nada omitir, sem esquecer até mesmo do mandamento esquecido que Deus pediu para ser sempre lembrado: o quarto que fala sobre o sábado; e, então convidar pessoas a uma mudança plena de vida em relação a tudo, inclusive na alimentação, até os mais religiosos e líderes espirituais a rejeitarão (Jeremias 26:1-8). 

O Pr. José Alexandre de Paula, sobre este capítulo diz: “As condições de Deus para a segurança de Seu povo nas bênçãos da aliança eram: [1] Dar ouvidos à Palavra do profeta, e [2] Observar a Lei de Deus”. Tais coisas eram ignoradas pelo povo de Israel, será que o Israel moderno vive à altura do ideal divino? Como você vive em relação à revelação do Céu? 

Jeremias foi considerado réu de morte pela liderança religiosa e política; por ser considerado ameaça ao povo, ele foi ameaçado de morte pelo povo. Entretanto, ao não ceder à pressão o profeta nos deixa um legado: Perseverança e coragem (vs. 9-15). 

“Parar de anunciar a Palavra de Deus é pior do que perder a vida”, aplica José Alexandre. Seria bom se todo pregador da Palavra de Deus não se intimidasse frente ao que pode acontecer ao proclamar toda a Palavra de Deus! Melhor ainda se as pessoas aceitassem a mensagem de Deus por meio de Seus servos sem questionar ou confrontá-la!

Você já leu a Bíblia hoje? O capítulo de leitura mundial é Jeremias 26. Abra a tua Bíblia a deixe Deus tocar em tua vida. Aceite os preciosos ensinamentos divinos ainda que ali neste capítulo se nota que os insubmissos a Deus e à Sua Palavra questionam, argumentam e contestam a revelação genuína e completa de Deus, não aceitam tudo e tentam reprimir e intimidar aos verdadeiros e íntegros mensageiros de Deus. 

Todavia, quem teme a Deus, não vacila diante de ameaças humanas (vs.12-15). A verdade é que Deus não deixa Seu mensageiro sozinho, Ele põe outros a proclamarem simultaneamente a fim de convencer ao maior número possível de pecadores (vs. 16-24). Deus quer salvar o perdido, Ele quer libertar do pecado a todos. 

Como você reage aos servos de Deus? Aceite toda a verdade divina proclamada pela boca de Seus verdadeiros mensageiros. Seja perseverante e corajoso como Jeremias e tenha a companhia do Criador do Universo. 

Ore: Senhor, ainda que não sejam palatáveis as Tuas Palavras, tomo a atitude de aceitá-las em minha vida. Molda-me conforme o Teu querer, eu oro! Amém”.

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos de Gênesis até hoje você encontra em:

Difícil tarefa-Jeremias 26

Reavivados por Sua Palavra

Difícil tarefa
Leitura Bíblica  - Jeremias  26
Comentários  de  Michael Sokupa

Os profetas sempre tiveram uma tarefa desafiadora: compartilhar com as pessoas as mensagens que Deus lhes dera. Muitas vezes, porém, não eram mensagens agradáveis.

Imagine o que seria servir como um profeta hoje. Muitas pessoas se sentem perturbadas com a Palavra de Deus, porque querem seguir o seu próprio caminho e fazer suas próprias coisas.

Jeremias recebeu a difícil tarefa de chamar o povo de Judá ao arrependimento. E fielmente entregou a mensagem de julgamento ao povo. O resultado foi que eles o agarraram e avisaram: “Você certamente morrerá!” (v. 8 NVI). Isso tudo aconteceu na casa do Senhor. Os líderes estavam pregando a paz e aqui vem Jeremias pregando a desgraça!

É interessante notar que Jeremias foi especificamente instruído por Deus: “Não omita uma só palavra” (v. 2c NVI). Ele recebeu uma mensagem que tinha que entregar sem nenhum abrandamento nem alteração em qualquer aspecto, mesmo que sua vida corresse perigo.

De que modo as pessoas procurarão silenciar os mensageiros de Deus hoje? Os levarão aos tribunais por invadirem o seu espaço pessoal e privacidade, acusando-os por difamação de caráter? Serão deixados de lado, sem amigos? As reações hoje em dia serão diferentes daquelas da época de Jeremias?

O povo de Judá queria Jeremias morto, porque ele havia profetizado a desgraça para a cidade de Judá (v. 11). A defesa de Jeremias foi: “O Senhor enviou-me para profetizar contra este templo e contra esta cidade tudo o que vocês ouviram” (v. 12 NVI).

Este plano de leitura da Bíblia “Reavivado por Sua Palavra” me ajudou a não ler seletivamente, mas verificar a mensagem das Escrituras sistematicamente como um todo. A mensagem de julgamento não faz parte das passagens preferidas de muitos, mas é de suprema importância para todos os tempos, especialmente hoje, quando ela faz parte da nossa Verdade Presente (Apoc. 14:9-12).

Que mensagem de julgamento Deus teria para a sua cidade hoje? Que mensagem de julgamento Deus teria para a sua igreja hoje? E eu deveria acrescentar: que mensagem de julgamento Deus teria para você hoje?

Estamos preparados, como Jeremias, para sermos portadores das mensagens de Deus? A representar o Senhor, quando as pessoas atacam a Sua Palavra?

Felizmente, a situação mudou e a vida de Jeremias foi poupada, mas ele nunca deixou de falar a verdade por nada, mesmo com risco da própria vida.

“Senhor , ajuda-me a nunca trair a verdade e a sempre defender a Tua Palavra para honra e glória do Teu nome. Amém”.

Michael Sokupa
Heidelberg College, África do Sul

http://www.palavraeficaz.com/                                                  
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...