Receba mensagens em seu Email

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Verdades impactantes- Provérbios 27

Lições de Vida
Leia na Bíblia- Provérbios 27
Verdades impactantes
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Verdades impactantes se encontram na fonte da verdade, te convido a refletir nos seguintes provérbios verdadeiros que impactam a vida extraídos da Bíblia “A Mensagem” do capitulo 27 de Provérbios:
• “Carregar uma tora nos ombros e erguer uma pedra no braço ao mesmo tempo é agradável, comparado com a aflição de aguentar um insensato” (v. 3).
• “Somos arruinados pela ira e dominados pela raiva, mas quem pode sobreviver à inveja?” (v. 4)
• “O prudente vê um problema se aproximando e foge; o insensato entra de cabeça e quebra a cara” (v. 12).
• “A esposa resmungona é como o gotejar de uma torneira pingando; você não consegue fazê-la parar e dela não consegue escapar” (vs. 15-16).
• “Triture um insensato até o último osso, e não conseguirá remover dele a tolice” (v. 22).
As pessoas com problemas de relacionamentos são complexas, estão cheias de complexos, são doentes emocionais, carentes de sabedoria. Assim fica evidente que a loucura adoece o ser humano além de arruinar a sua vida, família e amigos!

A sabedoria abrange a pessoa toda em toda situação. Tanto é que Provérbios 27 têm diversas máximas sapienciais que abrangem diferentes aspectos da conduta humana. No entanto, parece que o capítulo foca na fidelidade relacionada ao amor. Analise, reflita e aplique a tua vida:

1. É possível que às vezes o verdadeiro amor pode estar escondido numa exortação, tanto quanto o ódio pode estar por trás de um beijo (vs. 5-6).
2. É impossível existir amor verdadeiro onde não existe fidelidade ao cônjuge, aos amigos e a Deus (vs. 8, 10-11).
3. É possível que os verdadeiros amigos aprimorem o caráter um dos outros, mas é impossível que as reclamações constantes melhorem a pessoa e corrija suas falhas, pois queixas só irritam e destroem (vs. 15-17).
O amor verdadeiro não se encontra mesmo se procurar no mundo inteiro. Ainda que esteja disponível a quem quer que seja, ele está no Céu; portanto, você só o terá se você se relacionar intensamente com o Pai do Céu. Do contrário teu amor será egoísta, interesseiro, falso e falho!

Queridos, a mentalidade das pessoas está anestesiada, quase ninguém mais pensa. Às vezes fico pensando nos sentimentos de Deus quando Ele vê seres humanos dotados por Ele com um cérebro espetacular não sendo usado mais do que usam os animais. Tem muita gente fazendo cada coisa que nem os animais fazem. Há cada tipo de comportamento na sociedade que nem entre os animais ferozes se veem. Se há uma evolução no ser humano, ela é contrária: regressão! O ser humano piora a cada dia. Portanto, se você quer viver diferente dos demais e até mesmo dos animais, faça bom uso do cérebro poderoso que você tem, tente viver os princípios de sabedoria de Provérbios 27. Depois de meditar, analisar e refletir é hora de orar: "Pai celestial, preciso de Ti para não viver neste mundo como um ou pior que um animal. Me deste um cérebro fantástico para ser usado, mas já perdi as contas de quantas vezes eu o tenho negligenciado. Peço que me ajudes a ativá-lo. Coloque minha mente em funcionamento a fim de que não cause mais aborrecimentos às pessoas que digo amar. Dá-me toda sabedoria que está disponível àqueles que Te buscam diariamente e intensamente. Sei que nada mereço a não ser o sofrimento por causa de meu mau comportamento, mas pela graça de Cristo quero viver diferente. Amém".

Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus

RPSP-Provérbios 27


Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Provérbios 27
Comentários de:  Joe Sloan

É interessante observar que quando Salomão pediu sabedoria E NÃO riquezas, Deus lhe deu sabedoria E riquezas ( 2 Crônicas 1:10-12 ).

Precisamos de muita sabedoria para lidar adequadamente com os bens materiais. O próprio Jesus diz que a riqueza sem a sabedoria é muito perigosa (Mateus 19:24). A Bíblia mostra claramente que a sabedoria divina  é o ponto de partida  para obter o conhecimento que nos permite lidar adequadamente com todas as coisas: “O temor do Senhor é o princípio do conhecimento, mas os insensatos desprezam a sabedoria e a disciplina.” (Provérbios 1:7)

Infelizmente , o rei Salomão era um homem como nós. Ele tinha a capacidade de escolher e o poder para implementar o que ele havia escolhido. Ao analisarmos sua vida, aprendemos que apesar de seu grande começo com Deus ele tinha muitas fraquezas de caráter e e estas, por fim, o impediram de exercer a influência como lider para a qual Deus o havia chamado, por ter corrompido o seu coração casando com quem não conhecia e amava ao Senhor (1 Reis 11:1-3 ).

Salomão, na verdade, experimentou a sabedoria de dois modos: primeiro como um presente divino e, depois, obtendo-a na “escola das experiências difíceis “, a partir das conseqüências de suas decisões erradas.

No entanto, para que não nos sintamos compelidos a apontar o dedo julgador para Salomão, lembremo-nos de que fazemos o mesmo quando agimos de modo contrário a sabedoria, a qual é uma dádiva divina.

A partir da soma de tudo o que viu e experimentou, Salomão chega a compreender plenamente que a fraqueza humana só causa danos. Nós simplesmente não podemos confiar em nossos próprios sentidos, razão e  intuições. Como uma poderosa profecia, Provérbios 27 começa assim: “Não se gabe do dia de amanhã, pois você não sabe o que este ou aquele dia poderá trazer” (NVI).

Pai Celestial, preciso de Sua ajuda. Não quero usar o que me confiaste para ferir a outros ou para desonrar o Teu nome. Conceda-me não apenas conhecimento, mas sabedoria. Amém.
Joe Sloan
Hope Channel , EUA

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Necessidade de Sabedoria- Provérbios 26


Lições de Vida
Leia na Bíblia- Provérbios 26
Necessidade de Sabedoria
Comentários do Pr. Heber Toth Armí
É preciso saber lidar com pessoas tolas, difíceis e problemáticas; elas estão por toda parte tornando a vida mais difícil e complicada, arranjando confusão e causando vários conflitos. Elas criticam, acusam, perturbam, implicam, fofocam, caluniam, falam pelas costas, mentem... são terríveis. Infelizmente a sociedade atual está vendo o grande aumento deste tipo de gente. Por isso, convido você a fazer a diferença. Leia Provérbios 26, medite em seus 28 versículos, decida-te desafiar-te a praticar cada uma destas essências de sabedoria. Fuja dos críticos, acusadores, perturbadores, implicantes, fofoqueiros, caluniadores, briguentos, mentirosos a fim de que não sejas como eles (vs. 4-5). Tais pessoas não são valorizadas pelo Deus que diz que elas não merecem honra, respeito e consideração (vs. 1-11). Pessoas assim não serão salvas, caminham para a perdição ignorando o caminho da salvação. Tais pessoas não creem no poder transformador de Cristo, acham que num passe de mágica o caráter será transformado na porta do Céu; elas precisam saber que o caráter é transformado quando se entrega a vida a Jesus, não na volta de Jesus. Pergunto: Será que Deus não tem poder de mudar o caráter moldado pelo pecado? Será que o sacrifício de Cristo não tem efeito no presente? Será que a sabedoria estará acessível apenas no Céu? Mude de vida antes que a vida te derrube.

O insensato não faz diferença na vida das pessoas, ele causa desavença. Os desprovidos de sabedoria agem imprudentemente. Os tolos são inúteis aos líderes e um perigo a qualquer comunidade; por isso eles nunca serão honrados – essa é a síntese de Provérbios 26. Leia, amadureça e compartilhe sabedoria evitando a loucura. As pessoas desprovidas de sabedoria são problemáticas, difíceis de lidar, desequilibradas emocionalmente e frágeis. Por isso, elas são identificadas pelo sábio pela sua autoconfiança autoritária (v. 12) e pela indisposição, falta de iniciativa e de determinação – características identificadas como preguiça (vs. 14-16). Suas habilidades são: Provocar confusão, arranjar encrenca e causar conflitos, além de serem falsas, enganosas e mentirosas (vs. 17-28). Estas pessoas não devem ser honradas (vs. 1, 8) e nem se pode confiar nelas (vs. 6, 10). Estas pessoas usam a língua como arma, destroem pessoas com a fala. Você precisa estar o tempo todo se protegendo deste tipo de gente. Há muita gente inconsequente. Há muita gente que se esconde atrás da arrogância, estupidez que não passam de ignorância. Falta sabedoria a estas pessoas; sendo que Deus é a fonte de sabedoria, o que realmente falta a elas é aproximar-se mais de Deus. É assim que o ditado “quem não tem tempo para Deus vive perdendo tempo” se aplica neste capítulo de Provérbios.

Medite em Provérbios 26. Tem sabedoria pura, que impacta qualquer ignorante. Olhe-se no espelho deste capítulo e veja a tua necessidade de sabedoria, de mudança e de transformação. Não se apegue à loucura, não creia que essa herança pode ser tua. Abra mão de teus pecados, aproxima-te de Deus e peça perdão pelo teu mau comportamento. Não despreze a sabedoria, a realidade apresentada em cada provérbio deste capítulo. Não pense que Deus não pode te transformar, pois a verdade é que a sabedoria está disponível, o poder do Espírito Santo para mudar o caráter também está. Deus quer arrancar de tua alma as característica dos tolos descritas nos 28 versículos de Provérbios 26. Não ignore isso hoje, corra do pecado para o Salvador. Liberte-se já dos maus caminhos. Tire os olhos de tuas impossibilidades e foque ao Deus dos impossíveis. Clame com todo o coração: “Santo Deus, o pecado me torna arrogante. Penso que minha opinião defendida é sinônimo de convicção, mas é de ignorância. Preciso de sabedoria e forças para viver a altura do ideal que Tens para mim. Arranque da minha alma tudo o que não presta, tire de meu coração tudo o que o pecado colocou; e, preencha-o com o fruto do Espírito a fim de que eu esteja me preparando para o Céu. Faço esta oração a Ti confiando no nome e nos méritos de Cristo Jesus, meu Salvador. Amém”.

Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus

RPSP-Provérbios 26


Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Provérbios 26
Comentários de:  John Huynh
Provérbios 26:18-19 diz: “Como o louco que atira brasas e flechas mortais, assim é o homem que engana o seu próximo e diz: ‘Eu estava só brincando!’ ” (NVI).

A lição que podemos aprender com este versículo é que as palavras têm a capacidade de ferir. Davi conhecia o poder para o bem e para o mal das palavras quando orou: “Coloca, Senhor, uma guarda à minha boca; vigia a porta de meus lábios” (Salmo 141:3 NVI). Seu filho Salomão também disse: “Quem é cuidadoso no que fala evita muito sofrimento” (Provérbios 21:23 NVI).

O que Davi e Salomão quiseram nos dizer é que temos que ter cuidado com nossas palavras; até mesmo os reis precisam escolhê-las cuidadosamente. Através de suas experiências pessoais, Davi e Salomão devem ter entendido o quanto as palavras podem levar as pessoas a ficarem a favor ou contra eles.

Quando Davi estava fugindo de Saul, certamente utilizou palavras de incentivo ao seu pequeno grupo de seguidores fiéis. Palavras motivadoras também devem ter sido fundamentais para que seus homens vencessem a batalha contra o exército de Absalão.

Antes de falar, peçamos, em oração, a Deus, que nos ajude a falar bem. Uma boa prática é perguntar sempre: “Minhas palavras edificarão ou derrubarão as pessoas? 

Fale hoje palavras de amor que construam nos outros cidadãos para o reino de Deus.

Senhor, o que Davi e Salomão disseram é tão verdadeiro! As palavras podem ferir ou construir. Por favor me ajude hoje e todos os dias a ser cuidadoso com o que digo e como digo. Amém.

John Huynh
Hope Channel, USA

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Palavras de sabedoria-Provérbios 25

Lições de Vida
Leia na Bíblia- Provérbios 25
Palavras de  sabedoria
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

De Provérbios 25 destaco dez máximas que servem de alerta contra o caminho errado:
1. “Não se ponha em evidência; não force o caminho para aparecer. É melhor ser promovido a um lugar de honra que encarar a humilhação de ser rebaixado” (vs. 6-7).
2. “Não tire conclusões precipitadas – pode haver uma explicação muito boa para o que você entendeu de outra forma” (v. 08).
3. “No calor do debate, não traia a confiança; porque a notícia se espalhará, e ninguém mais confiará em você” (vs. 9-10).
4. “Quando você ganhar uma caixa de doces, não engula tudo de uma vez; se comer muito doce, você ficará doente; e, quando encontrar um amigo, não prolongue demais a conversa; apareça sempre, e ele logo ficará irritado” (vs. 16-17).
5. “Quem inventa mentiras contra os vizinhos será visto como um irresponsável no tribunal” (v. 18).
6. “Confiar num traidor quando você está em apuros é como comer com um dente inflamado” (v. 19).
7. “Cantar canções suaves para o deprimido é como derramar sal na ferida” (v. 20).
8. “O vento norte traz tempestade, e a fofoca pode causar uma tormenta” (v. 23).
9. “Um justo que cede diante do perverso, é uma fonte barrenta, um poço contaminado” (v. 26).
10. “Quem não tem autocontrole é como uma casa com as portas e janelas caídas” (v. 28).
Estes dez provérbios selecionados revelam que é preciso desviar-se da desgraça;o qual é natural ao pecador. É comum ver pessoas sofrendo por causa das próprias atitudes. A maior ignorância é não admitir os próprios erros e ainda atacar aos outros por causa de suas consequências.

Cuidado com o caminho do desastre e da desgraça. Muitas situações são provocadas por nós mesmos, e, piora quando responsabilizamos aos outros por nossos erros. Essa é a síntese dos 28 versos de Provérbios 25. Leia-o com atenção e oração. Medite em cada frase e veja que muitas tristezas, infelicidades, decepções, raivas, angústias, dores, lágrimas, aflições e desgostos não seriam tão comuns se as pessoas aceitassem o caminho da sabedoria em lugar do caminho da desgraça. Muitas pessoas viveriam mais em harmonia do que brigando, gritando e se odiando se aplicassem a sabedoria divina a sua vida. Tem muito sofrimento sendo causado por atitudes impensadas, baseadas na ignorância. Quando a ignorância apresenta sua opinião como convicção, a desgraça está feita, o desastre chega para fazer a festa. Portanto, ame a sabedoria, clame por ela, firme a vida nela em todo momento... e viverás bem melhor. Analise as pessoas a tua volta, perceba a situação deplorável em que se encontram porque não possuem sabedoria. Além disso, ao ler com atenção, perceba que muitas situações complexas que você vive hoje resultam de atitudes erradas do passado, ainda que com muito boas intensões, mas trouxeram grandes confusões. Portanto, mais uma vez insisto, invista na sabedoria...

O tempo passa e, muitos que deveriam adquirir mais e mais sabedoria vão se fechando a ela. É muito fácil deixar a ignorância tomar conta do espaço que a sabedoria deveria ocupar. Em contrapartida, aqueles que aprendem a agir eficazmente nas diversas situações e circunstâncias que pontuam a existência humana são considerados sábios pelo sábio escritor de Provérbios. A sabedoria está à disposição de todos. Leia Provérbios 25 e aprenda a viver com sabedoria. Este capítulo orienta aos servidores a serem humildes na presença dos líderes (vs. 1-7), mensageiros fieis (vs. 11-14), ter boas relações com os vizinhos (vs. 8-10, 17-22) e de modo geral prestar um serviço bom, proveitoso, sensato e comedido aos líderes; e, certamente Deus recompensará tal comportamento (v. 22). Por isso, após refletir nestes sábios provérbios, ore: “Onipotente Deus, minhas atitudes e palavras não têm promovido o bem e nem a paz, mas conflitos, confusão e sofrimento. Minha conduta não é de alguém sábio, mas de um ignorante. Só agora reconheci isso lendo Provérbios 25; mas, exatamente agora, necessito de Teu perdão e compaixão. Além disso, preciso de forças sobrenaturais para capacitar-me a viver cada detalhe destes sábios princípios deixados para o meu bem. Oro para que minhas atitudes sejam positivas e revelem equilíbrio, moderação e sabedoria para alcançar bons relacionamentos com as pessoas e promover o bem delas. Amém”.

Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus

RPSP-Provérbios 25


Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Provérbios 25
Comentários de:  Fylvia Fowler Kline

O capítulo 25 de Provérbios tem uma estrutura centrada em um só assunto, a importância de sermos pessoas moderadas. Cada uma de suas frases nos incentiva na direção de termos uma vida equilibrada ou na direção de ajudar a outros a terem uma vida equilibrada. Sugere também que uma vida moderada não é aquela em que pensamos apenas em nós mesmos, mas aquela em que trabalhamos pelo bem até de nossos inimigos (versos 21-22).

O capítulo diz que é um problema se você come muito mel (v. 16) ou se você passa muito tempo na casa do vizinho (v. 17). Extremos nunca são bons. Uma coisa boa em excesso passa a ser ruim.

Acima de tudo, eu gosto muito do último verso, que resume o capítulo: “Como a cidade com seus muros derrubados, assim é quem não sabe dominar-se” (verso 28 NVI).

O que o homem sábio diz neste capítulo faz muito sentido: Moderação é a chave para a vida.

Querido Senhor, por favor, ajude-me a administrar melhor a minha vida e ser mais equilibrado em tudo o que faço. Amém.

Fylvia Fowler Kline

Hope Channel, USA.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Um novo capítulo-Provérbios 24


Lições de Vida

Leia na Bíblia- Provérbios 24
Um novo capítulo
Comentários do Pr. Heber Toth Armí
Não ignore o Evangelho em Provérbios 24! Comentando o capítulo 24 de Provérbios, D. L. Moody diz: “A ética do Cristianismo é a mais elevada, mas o elemento único é a redenção”. O plano de Deus não é só mudar teu comportamento, mas mudar o rumo da tua vida, o teu destino, o teu futuro. Tudo na Bíblia visa à salvação, isso está bem claro em Provérbios 24; portanto, estude-o com muita atenção e intensa oração! Saiba que, apenas conhecer o plano de Deus não pode mudar o rumo de tua vida; porém, se você o aplicar em cada detalhe de teu ser, toda tua vida será diferente. Provérbios 24 é introduzido com as seguintes palavras: “Não tenha inveja dos perversos, nem queira estar perto deles. Tudo que pensam é causar confusão; só sabem falar de violência!” Assim, o sábio escreve palavras que devem atingir o coração humano e mudar toda a sua vida, sua história e seu destino. Desta forma, o sábio também contrasta o comportamento do perverso com o do piedoso, dedicado e temente a Deus. Portanto, medite com atenção e dedicação nas sábias palavras de Salomão recebidas do Céu mediante a inspiração do Espírito Santo. Aprecie toda palavra que sai da boca de Deus, sem desprezar nada, nem mesmo Provérbios 24.

Seguir a sabedoria tem vantagens magníficas (Provérbios 24:1-6), porém, ela “está além da capacidade dos insensatos; eles nem sabem o que dizer numa discussão séria” (v. 7). Já a insensatez tem desvantagens terríveis (vs. 8-10). E, é Deus Quem julgará a atitude de cada um (vs. 11-12). Por isso o sábio diz: “Meus filhos, como mel que é bom para você; prove as mais deliciosas iguarias. E faça o mesmo com o conhecimento e a sabedoria: é ótima para a alma! Porque assim seu futuro está garantido, sua esperança está firmada numa rocha” (vs. 13-14); já os injustos, perversos, debochados e arrogantes acabarão “no fundo do poço... eles não têm futuro nenhum; estão indo para um beco sem saída” (vs. 15-20). Por conseguinte, “Tema ao Eterno, meu filho, e respeite os líderes; não seja rebelde. Sem aviso, sua vida pode virar de cabeça para baixo; ou quem sabe como ou quando isso pode acontecer?” (vs. 21-22). Os versos finais alertam para o cuidado em relação ao procedimento em cada aspecto da vida: viva com sabedoria (vs. 23-27). “Não fale de seu vizinho pelas costas – nada de calúnias ou fofocas!” (vs. 28-29) – alerta o sábio; e, acrescenta que não se deve vingar de quem faz o mal (vs. 28-29) nem ser preguiçoso e insensato, pois tais atitudes trarão uma “vida pobre e miserável, na qual as necessidades são pertinentes” (vs. 30-34), mesmo possuindo muitas riquezas.

Deus faz, Deus vê e Deus julga. Os seres humanos escolhem, fazem e são julgados. A sabedoria traz suas recompensas; a insensatez, suas consequências. O futuro está garantido ao sábio; a destruição, ao ímpio. Veja claramente este nítido contraste em Provérbios 24. Leia-o, medite, aplique a tua vida e compartilhe o que você aprendeu! Tome uma atitude de viver corretamente, amando a justiça, desprezando a perversidade, e, siga o plano de Deus para tua vida. Permita que os sábios ensinamentos divinos deste capítulo coloque um ponto final em tua história antiga, sem vigor e sem sentido; e abra um novo capítulo, onde teu futuro não terá fim, e teu fim não será a morte, mas a vida. Deixe cada provérbio tornar-se visível em tudo o que você fizer no dia de hoje e tudo será diferente para você: Tua vida será melhor! Se você acha que não vai conseguir, coloque-se agora diante de Deus e peça forças, sabedoria e capacidade a fim de que obtenhas a habilidade que te falta. Diga-Lhe: “Meu Deus, meu Rei e meu Salvador; dá-me aquilo que não tenho a fim de fazer o que não consigo. Molda-me naquilo que ainda não sou para esperar um futuro que não teria se não fosse o Teu amor e Tua misericórdia. Peço-Te sabedoria para não viver como ignorante. Em nome de Jesus, amém!”

Curta e compartilhe:

Imagens do Google 
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus

RPSP-- Provérbios 24


Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Provérbios 24
Comentários de:  Fylvia Fowler Kline
Foi muito triste o que aconteceu na esquina perto da minha casa, onde morava uma jovem família com três crianças entre as idades de seis meses a seis anos. Mark, o marido, foi diagnosticado com câncer. Em menos de seis meses, ele morreu em sua casa, nos braços de Beth. Logo após, Beth perdeu o emprego. Em seguida, veio um tornado que quase pôs abaixo a sua casa. E, para completar, uma das crianças foi diagnosticada com uma doença que exigia cuidados constantes. Que situação difícil!

Hoje Beth está casada com um homem de Deus, um marido e pai maravilhoso, e eles vivem felizes juntos em um novo lar.

Apesar de gostar de finais felizes, não é a vida nova de Beth que mais me fortaleceu espiritualmente nessa história toda. É a confiança inabalável que minha amiga Beth tem em Deus, tanto nos bons quanto nos maus momentos. Nem uma única vez durante os tempos difíceis eu a ouvi reclamar, desistir, ou questionar o porquê de tantas dificuldades. Em meio a tudo o que atravessou, ela sempre soube que iria se recuperar e que seus maus momentos eram apenas um revés temporário. “Pois ainda que o justo caia sete vezes, tornará a erguer-se” (Provérbios 24:16a NVI).

Esse não é apenas um provérbio agradável a ser usado como consolo a quem passa por dificuldades. É a verdade, experimentada e testada por milhares de pessoas que sofreram o pior da vida na Terra.  Se você está passando por uma situação difícil sinta-se consolado com a certeza do amor de Deus por você e a promessa de dias melhores à frente, seja neste mundo ou no porvir.

Querido Senhor, Tu guiaste os filhos de Israel quando eles enfrentaram situações difíceis. Por favor, guia também a minha vida. Dê-me a coragem que eu preciso para atravessar momentos difíceis sempre confiando em Tuas promessas. Amém.

Fylvia Fowler Kline
Hope Channel, USA

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

As exortações do sábio-Provérbios 23


Lições de Vida
Leia na Bíblia- Provérbios 23
As exortações do sábio
Comentários do Pr. Heber Toth Armí
Epicteto disse: “As aparências são de quatro tipos. As coisas são o que parecem ser; ou não são nem parecem ser; ou são e não parecem ser; ou não são e parecer ser. Decidir qual das quatro possibilidades é a tarefa do sábio”. As aparências não são apenas confusas, mas também podem ser enganosas. Leia Provérbios 23 e tenha cuidado com as aparências. Nem tudo o que parece certo, é certo. Nem todo o que reluz é ouro. Nem tudo o que parece bom, é bom. Nem tudo o que parece prazeroso, te dará prazer. Então, para viver bem neste mundo de engano, é imprescindível que se adquira sabedoria. Viva para buscá-la a fim de que vivas com sabedoria.
1. “Quando você sair para jantar com uma pessoa influente, seja educado; não vá com tanta sede ao pote, e não tenha inveja do que ele tem. Mas tome cuidado, ele pode ter outras intensões” (vs. 1-3).
2. “Não vale a pena dar conselhos aos insensatos; já que eles não estão nem aí para a sabedoria” (v. 9). Dar conselho aos ignorantes é chamá-los à briga, é um perca de tempo que pode te levar ao arrependimento.
3. “Não tenha um pingo de inveja de gente rebelde, mas mergulhe de cabeça no temor do Eterno – É lá que seu futuro está garantido e sua esperança não será frustrada” (vs. 17-18).
Estas seleções visam chamar a tua atenção para os outros provérbios a fim de que sejas feliz, bem orientado, capaz de viver a vida com propósito e satisfação.

Leia Provérbios 23 e aplique a tua vida seus sábios conselhos. Neste capítulo a sabedoria ensina sobre a cobiça, a intemperança e a impureza. Os primeiros versos chamam a atenção para a atitude que se deve ter ao jantar com alguém importante, já que o engano pode ser presente (vs. 1-5). A seguir, orienta a ter cuidado ao aceitar um convite de um mesquinho, mão-de-vaca (vs. 6-8), pois ele não tenciona ser hospitaleiro. O verso 9 pede para ter cuidado ao relacionar-se com o desprovido de sabedoria, pois se você der ouvidos a ele, certamente desprezarás a sabedoria. Os versos 10 a 18 orienta a investir intensamente na busca pela sabedoria a fim de compartilhar com os filhos para torna-los sábios. Para finalizar o capítulo, o sábio faz dois apelos:
1.       Evite fazer armadilhas para si mesmo: O exagero até mesmo em coisas boas são desequilíbrio que te levará não só a desvantagens na vida, mas à desgraça (vs. 19-28).
2.      Evite todo tipo de bebida alcoólica: A bebida entorpece a mente, conduz à imoralidade, brigas, irreverência, conflitos, etc. (vs. 29-35).
Se fosse fácil viver na prática com sabedoria não seria preciso os apelos, orientações e insistência na busca por ela. A sabedoria não é natural do ser humano, ainda que o tolo creia ser sábio. Duvide de ti mesmo e busque a verdadeira sabedoria.

As exortações do sábio nos tiram da lama da ignorância e nos conduzem ao pedestal da sabedoria. Provérbios 23 trata de como o sábio se comporta como convidado (vs. 1-8), exorta a não perder tempo falando com o tolo (v. 9), o cuidado para não remover um marco antigo (vs. 10-11), orienta com relação à disciplina dos pais (vs. 12-14), sobre a satisfação de um bom pai (vs. 15-26), o cuidado para não se envolver com a mulher imoral, devassa (vs. 27-28) e o terrível perigo escondido atrás das bebidas alcoólicas (vs. 29-35). Ainda que vivemos numa época em que as pessoas não aceitam ser exortadas, a atitude de cada um diante destas exortações revelará sabedoria ou falta dela. O que me chama a atenção é que tais conselhos serão em vão aos insensatos, portanto: “Não vale a pena dar conselhos aos insensatos; já que eles não estão nem aí para a sabedoria” (v. 9). Em contrapartida, “Não tenha medo de corrigir os filhos pequenos: uma palmada não mata ninguém. Na verdade, uma boa palmada pode livrá-los de coisas muito piores e da morte também” (vs. 13-14). Para isso, é preciso orar: “Senhor, não permita que eu seja moldado pela cultura pecaminosa de minha sociedade. Pelo contrário, que eu seja ensinado pela sabedoria que vem do Céu descrita no santo e sagrado livro de Provérbios. Que hoje eu tenha forças para viver todas as orientações de Provérbios 23. Amém”.

Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus

RPSP- Provérbios 23


Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Provérbios 23
Comentários de:  Fylvia Fowler Kline
Alguma vez você já sonhou em se tornar rico para ser capaz de pagar suas dívidas, ajudar financeiramente a sua família e comprar outras coisas de que você precisa? Isso não é um sonho ou desejo ruim. Sim, seria muito bom quitar de vez as parcelas do financiamento da minha casa própria, ajudar a minha família, e comprar algumas coisas que necessito.

Outra coisa boa a fazer seria abrir nas minhas cidades preferidas restaurantes de alimentos saudáveis e criar locais onde os jovens pudessem fazer seus trabalhos escolares ou compartilhar seus problemas e angústias com alguém e receber ajuda.

Em seguida, eu iria fazer uma doação generosa para minha instituição de caridade favorita para que eles não precisassem continuamente buscar recursos a fim de fazer o bem ao próximo. E, finalmente, compraria uma casa no sul da França e de lá sairia para ajudar em diferentes postos missionários em todo o mundo.

Mas se o homem sábio de Provérbios 23 estiver certo, tão logo o dinheiro chegue às minhas mãos, o meu sonho de fazer o bem pode ser completamente modificado. O homem sábio diz em Provérbios 23:4 e 5: “Não esgote suas forças tentando ficar rico; tenha bom senso! As riquezas desaparecem assim que você as contempla; elas criam asas e voam como águias pelo céu” (NVI).

Isto significa que há uma boa chance de que eu mude completamente meus planos caso ganhe muito dinheiro. O mais provável é que minha natureza humana pecadora transforme estas intenções bondosas em um funil de planos egoístas. Provavelmente eu compre uma mansão, realize meus sonhos consumistas imediatos e, em seguida, saia a viajar pelo mundo sem sequer pensar em ajudar as missões ou algum membro da família necessitado.

Enquanto essa grande soma de dinheiro estiver apenas nos meus sonhos, longe da realidade, é fácil imaginar-me utilizando estes recursos para ajudar o semelhante e não deixando a riqueza subir à minha cabeça. Mas a verdade é que ninguém, a não ser Deus, conhece as propensões do meu coração.

Não quero dizer que o dinheiro seja ruim. Mas o amor ao dinheiro é muito perigoso para a vida cristã, especialmente quando fazemos do enriquecer a nossa prioridade e ficamos desgastados tentando conseguir mais e mais recursos financeiros. Ter muito dinheiro não é para todos. Só Deus sabe a quem Ele pode confiar muitas riquezas para que façam prosperar o Seu reino e que estas próprias pessoas não se percam. Para as demais pessoas que não possuem tantos recursos, Deus oferece o dom do contentamento.

Querido Senhor, ajuda-me a viver contente com o que tenho. Mas, se por alguma forma, eu receber mais dinheiro do que eu preciso, me ajude a ser generoso e não esquecer a família, as pessoas em necessidade e as missões. Amém.

Fylvia Fowler Kline
Hope Channel , Inc.


domingo, 26 de janeiro de 2014

Verdades que funcionam- Provérbios 22


Lições de Vida
Leia na Bíblia- Provérbios 22
Verdades que funcionam
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Em Provérbios 22 percebe-se o sábio apelando a todo aquele que confia na sabedoria do mundo: “Ouça minha sabedoria; guarde no coração tudo o que eu ensinar. A doçura dela invadirá a tua vida; e ela lhe será muito importante... Acredite, são verdades que funcionam, são dignas de confiança para quem quer precise” (vs. 17-21). A decisão está em tuas mãos! Veja estas máximas divinas de Provérbios 22, elas são fundamentais para a felicidade nesta vida:
1. “Quem semeia o pecado colhe desgraça, pois todo o mal se voltará contra ele” (v. 08).
2. “Mande embora quem gosta de confusão e as coisas se acalmarão; isso vai por fim nas brigas e insultos” (v. 10).
3. “A sedução da mulher devassa é uma armadilha perigosa; e, se você tiver dado as costas para o Eterno, com certeza cairá nela” (v. 14).
4. “Não ande com gente que só cria confusão; fique longe de quem tem pavio curto. Porque é contagioso – você ficará igual e isso fará muito mal a você” (vs. 24-25).
Tem gente que é especialista em atrair confusão, problemas e brigas e hábil em justificar suas atitudes erradas. A verdade é que o lar onde Deus não é reverenciado é como um navio no meio do mar sem piloto e sem leme. A tempestade o aflige e sacode, e há perigo de que todos a bordo venham a perecer. A sabedoria não fica num navio assim, e você?

Prende-me a atenção em Provérbios 22 o versículo 3: “O prudente enxerga um problema e logo dá um jeito de escapar; o insensato entra de cabeça e acaba detonado”. Na sabedoria comum aquele que tenta escapar do problema é mal interpretado, e aquele que entra de cabeça, muitas vezes, é chamado de bem intencionado. A sabedoria do mundo é inversa à sabedoria do Céu – para não dizer que diante da sabedoria do Céu qualquer outra coisa não passa de loucura, insensatez e tolice. O que você está semeando e cultivando em tua vida. O verso 8 diz: “Quem semeia o pecado colhe desgraça, pois todo o mal se voltará contra ele”. Não se pode semear o mal e colher o bem. Não se pode semear o vente e colher bonança. Não se planta espinhos para colher moranguinhos. O que semeia injustiça certamente colherá muitos males. Quem planta a impiedade colherá a desgraça e sofrerá o castigo pelos próprios atos. Muitas pessoas semeiam problema e confusão e esperam colher compreensão e amor. Devemos aprender a semear o bem, a justiça, a bondade e o amor. O texto bíblico diz: “Os jovens são propensos a tolices, são inconsequentes, mas a disciplina é um ótimo remédio!” (v. 15); é bem conhecido aquele que diz: “Mostre o caminho da vida para seus filhos – e, mesmo quando forem velhos, eles não se perderão” (v. 6). É assim que semeia o bem.

O orgulho tem desvantagens, a humildade vantagens. A arrogância tem consequências, a humildade tem recompensas. Em Provérbios 22:4 há uma máxima que diz: “A recompensa da humildade e do temor do Eterno é fartura, honra e vida”. A humildade é a rainha das virtudes. É a marca distintiva dos verdadeiros servos de Deus. A humildade e o temor do Senhor são duas faces da mesmo moeda, pois é impossível ser humilde sem temer a Deus, como é impossível temer a Deus sem ser humilde. Ambos, a humildade e o temor do Senhor tem recompensas garantidas: Fartura, honra e vida. Veja que a humildade vai adiante da honra, é a porta de entrada da riqueza e é ela que pavimenta o caminho da vida. O temor do Eterno nos livra do mal, afasta nossos pés do pecado e nos direciona pelo caminho da vida. Portanto, ore a Deus: “Senhor, riquezas, honra e vida procedem de Ti, são destinadas àqueles que são humildes e temem a Ti; por isso destrua minha arrogância, meu orgulho e meu egoísmo a fim de que eu seja humilde. Ensina-me a temer a Ti sem ter medo de Ti. Quero ser o que Tu queres que eu seja, não aquilo que eu penso que devo ser. Transforma-me para que eu saiba receber aquilo que tens para dar-me. Amém!” - Para mais informações sobre aplicações deste capítulo acesse http://portal-biblico.blogspot.com.br/2013/10/o-segredo-do-sucesso-na-educacao-das.html


Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus

RPSP-Provérbios 22


Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Provérbios 22
Comentários de:  Susan Marcellino
Muitas pessoas acreditam ser importante se esforçarem para alcançar sucesso e riqueza. No entanto, Provérbios 22 nos aconselha que é mais importante ter um bom nome do que grandes riquezas.

Este capítulo nos ensina como construir um bom nome – não para a auto-glorificação, mas para a glória de Deus. O verso 4 explica como alcançar o verdadeiro sucesso: “A recompensa da humildade e do temor do Senhor são a riqueza, a honra e a vida” (NVI).

Deus concede bênçãos específicas àqueles que preferem um bom nome a grandes riquezas! Observe como:
Generosidade: Quem é generoso será abençoado (v. 9).
Humildade: Quem ama a sinceridade e sabe se expressar agradavelmente, terá a amizade do rei (v. 11).
Riqueza e Honra: Um homem que faça muito bem o seu trabalho será chamado a trabalhar para os reis (v. 29).
De acordo com os versículos 17-21, tornamo-nos equipados para viver bem ao entesourarmos o conhecimento em nosso coração e aplicarmos a sabedoria de Deus aos nossos lábios. Assim, nossa confiança no Senhor torna-se fortificada.

As admoestações sábias deste capítulo também advertem contra as escolhas erradas e suas conseqüências. Deus bondosamente nos incentiva na direção certa e nos indica as àreas de perigo:
Tempos difíceis: O perverso terá espinhos e armadilhas em seu caminho (v. 5).
Tristeza: Quem semeia a iniqüidade colherá tristeza (v. 8).
Problemas financeiros: Quem oprime ao pobre para enriquecer-se, e aquele que dá ao rico, ficarão pobres e passarão necessidade (v. 16).

Em última análise, cada pessoa que vive neste mundo escolhe correr atrás das riquezas ou atrás de um bom nome. Aqueles que escolhem buscar um bom nome acima da busca pelas riquezas experimentarão as bênçãos de Deus. Qual será a sua escolha hoje?

Querido Deus, por favor me ajude a fazer as escolhas certas hoje e buscar um bom nome, não para obter vantagens pessoais egoístas, mas para experimentar a alegria da Tua companhia, o bem do meu próximo e para honra e glória do Teu reino. Amém.

Susan Marcellino
Hope Channel, EUA
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...