Receba mensagens em seu Email

sábado, 30 de novembro de 2013

Honras somente a Deus-Salmos 115


Lições de Vida
Leia na Bíblia- Salmos 115
Honras somente a Deus
Comentários do Pr. Heber Toth Armí
Quem tenta usar suas próprias ideias para formar seu conceito ou sua imagem de Deus, certamente inventará um Deus que não existe. Quem intentar com suas próprias mãos criar o seu próprio deus, certamente terá uma imagem, um ídolo, que não chegará nem perto do Deus verdadeiro. O Salmo 115 é um confronto polêmico contra o brechó de deuses. As pessoas tem uma tendência natural pelo santo; porém, enraizadas no pecado, tem a facilidade de perverter o que é sagrado. É por isso que há uma busca intensa pelo cálice sagrado, terra santa, lugares santos, homens e mulheres santos, o eu interior e... até mesmo a Santa Bíblia (a verdade é que nem a Bíblia deve estar acima de Deus, nunca). Charles Spurgeon declarou claramente que “Se amais algo que julgais ser mais caro a vós do que o vosso Deus, não sois porventura idólatras? Aquilo de que não abris mão, por amor a Deus, torna-se o ídolo que criastes para vós. E, se tendes algo a que buscais com tal devoção que exceda àquela que deveríeis dedicar à glória de Deus; isto, também, é para vós um ídolo. Você só terá se convertido a Deus quando tiverdes abandonado toda a vossa idolatria”. O que quer que seja, seja ídolo ou qualquer coisa que se interponha entre você e Deus, destrua-a imediatamente a fim de que experimentes a pura presença de Deus sem interferência nenhuma!

O Salmo 115 ao ser fonte de meditação nos leva à conclusão que aqueles que adoram ídolos acabam adorando a si mesmos ou as obras de Suas mãos não ao Deus verdadeiro, o Criador. Por isso o Salmo para estudo de hoje nos orienta sabiamente a:
1. Adorar, exaltar e glorificar somente ao Deus que se revela, ama e é fiel; nunca se deve transferir o que se deve fazer somente a Deus a nenhum ser humano, nem mesmo a si mesmo (v. 1).
2. Reconhecer a existência de apenas um só Deus verdadeiro, ainda que haja tantos. Todo deus comprado no brechó dos deuses deve ser rejeitado ao reconhecer o verdadeiro Deus (vs. 2-8).
3. Aprender a adorar ao verdadeiro Deus. Primeiro, confiando plenamente nEle, em Suas preciosas promessas e nas Suas bênçãos declaradas; e, então bendizer-Lhe com nossa voz (vs. 9-18).
O fato é que o ídolo criado por mãos humanas está sempre próximo, visível e palpável, mas só preenche o espaço que ocupa. O Deus verdadeiro que criou o ser humano está perto e só Ele preenche não só os Céus, mas também o nosso coração a fim de nos encher de alegria e satisfação. NEle há desde proteção até muitas bênçãos: Confie nEle!

O que o Salmo 115 ensina a católicos e evangélicos? Este tão claro Salmo não apenas combate veementemente a falsa adoração, a idolatria e o falso culto. Ele expõe a falsa doutrina da morte que é a base para a falsa adoração, idolatria e o falso culto. O verso 17 claramente contraria o ensinamento de muitos religiosos: católicos e evangélicos (crentes) em geral; os quais creem que quem morre vai ao paraíso louvar ao Senhor. O texto não deixa margem para dúvidas, “os mortos não louvam ao Senhor”. Eles descem ao silêncio, à sepultura. Maria e apóstolos não estão no Céu louvando a Deus. Portanto, qualquer veneração, adoração ou oração feita a qualquer um deles causa indignação ao coração de Deus.Por isso é que muitos louvam a Deus de boca para fora, mas o coração está bem longe dEle. A doutrina equivocada da morte tem levado a muitos a um culto equivocado. Um culto equivocado não torna ninguém abençoado. Crer de forma errada leva a uma fé distorcida. Já que na morte ninguém louva a Deus, não espere mais nada para louvá-lO agora, imediatamente! Não perca tempo com crendices, com pregadores charlatães; louve ao Deus verdadeiro. Estude a Bíblia e saiba o que Ele quer para a tua vida! Adore ao Senhor na beleza de Sua santidade, em espírito e em verdade! Se é isso que você quer, ore: “Meu Deus, tome o meu coração e minha mente; transforme tudo conforme a Tua vontade a fim de que eu possa louvar-Te de verdade. Amém”.

Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus


RPSP- Salmos 115

Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Salmos 115
Comentários de: Jan Harry Cabungcal

O salmista nesse poema defende Deus da ridícularização e insulto proferido pelos incrédulos, que também dirigem este desafio aos que nEle crêem.

Como pessoas que creem na Bíblia, somos atacados muitas vezes com a pergunta: Onde está o seu Deus? (v. 2). Tentamos provar a existência de Deus com uma resposta intelectual e filosófica. Mas que resultados estamos realmente conseguindo? 

Na minha convivência com pessoas seculares fui desafiado a produzir alguma evidência sobrenatural da existência de Deus. Muitos desses incrédulos chegaram a declarar que creriam em Deus, se de alguma forma pudessem vê-Lo ou tocá-Lo! O que Deus revelou acerca de si mesmo em Sua Palavra, somente, parece não ser suficiente para eles.

Vivemos em uma época em que a informação é supervalorizada. Somos desafiados a provar a existência de Deus por meio de informações e argumentos. Mas a existência de Deus é melhor revelada na aplicação diária em nossas vidas daquilo que conhecemos ser verdade sobre Deus. Aquilo que um homem é tem mais influência do que o que ele diz.

Um homem tende a se tornar semelhante a quem ele adora (v. 8). Aquele que adora o Senhor é transformado à Sua imagem, de glória em glória (2Cor 3:18).

A mensagem que o incrédulo precisa é a revelação do caráter de Deus. Devemos, portanto, manifestar a Sua glória em tudo o que fazemos, e revelar, em nossa própria vida e caráter, o que a graça de Deus tem feito por nós. Isso é o que significa bendizer ao Senhor (v. 18).

Existe algo em suas crenças ou procedimentos que está em desarmonia com a vontade de Deus? Você está disposto a permitir que Deus fale através da sua vida?
Jan Harry Cabungcal, neurocientista
http://www.reavivadosporsuapalavra.org


sexta-feira, 29 de novembro de 2013

As maravilhas do Êxodo-Salmos 114


Lições de Vida
Leia na Bíblia- Salmos 114
As maravilhas do Êxodo
Comentários do Pr. Heber Toth Armí
As palavras da Bíblia são sagradas, inspiradas e divinas. Elas são essenciais onde quer que estejam e o que quer que elas revelem. Além disso, as histórias sagradas não apenas nos contam algo ou nos informam; elas nos convidam a um relacionamento com Deus, a um envolvimento com Ele. O Salmo 114 é a história do êxodo israelita que parece pouco relevante para cristãos ou para qualquer pessoa do século XXI, mas tal crítica significa perder parte do alimento espiritual para a alma como uma criança que diz não gosto disso nem daquilo e acaba perdendo nutrientes importantes para o corpo. O Salmo em consideração oferece em Sua revelação que o Deus que está além de nós e de nossa compreensão Se revela, fazendo-Se presente com atos surpreendentes a fim de revelar-nos a Sua glória na história. Envolva-se com esse Deus que quer envolver-Se com você. Ore ao Deus que faz história, peça-Lhe que aja em tua vida. Permita que os milagres relatados por inspiração na Bíblia sejam motivações a fim de que creias que Deus pode fazer qualquer coisa em tua vida. Diga em oração: “Senhor, às vezes eu duvido que o Senhor possa fazer alguma coisa na situação em que me encontro atualmente, mas peço que o Senhor aumente a minha fé e me dê convicção de que o Senhor age no presente como agiu no passado. Livra-me, eu te peço, em nome de Jesus. Amém!”

As pessoas sempre gostaram de histórias. Um bom contador de histórias sempre atraiu multidões para seus contos encantadores. Os oradores que querem ser apreciados sempre estão selecionando boas histórias para suas preleções afim de se tornarem mais populares. Deus também quer atrair nossa atenção, retoricamente Ele faz uso de vários recursos; porém, a Bíblia é mais cheia de histórias do que qualquer outro recurso didático a fim de atrair-nos a Ele. Leia, reflita e medite no Salmo 114. Quando deixamos de ter contato com nossa vida, moral, corpórea, espiritual, pessoal em Deus, a história da Bíblia é a melhor método verbal (ou escrito) para restaurar nossa vida. É por isso que a Palavra de Deus é tão recheada de narrativas, de histórias. Porém, trabalhando fortemente, o Inimigo conseguiu influenciar nossa cultura; infelizmente as pessoas estão perdendo o gosto pelas histórias, principalmente as bíblicas que fizeram história na história espiritual de muita gente no passado. Elas tem sido consideradas meras ilustrações, testemunhos e inspirações. As pessoas querem mais informação que história. No entanto, reviva o gosto natural pelas histórias, leia as belas histórias da Bíblia. Veja no Salmo 114 como Deus conduz os primeiros passos de uma nação e a forma tirando-a da escravidão com demonstrações de Seu poder. Então... anseie pela manifestação desse Deus em tua vida hoje!

Você quer lições de vida extraídas da Bíblia? Leia o Salmo 114. Considerando este Salmo de uma perspectiva completa da Bíblia é possível concluir que:
1. Da mesma forma que os israelitas foram libertos da escravidão egípcia, os cristãos foram libertos do pecado, um tipo pior de escravidão (v. 1).
2. Da mesma maneira que Deus colocou o Tabernáculo entre Seu povo para relacionamento no passado, Ele deseja relacionar-se conosco hoje, por isso Ele nos deu Jesus (v. 2).
3. Do mesmo modo que Deus abriu o Mar Vermelho e o Rio Jordão a fim de libertar os israelitas, Ele está pronto a fazer quaisquer coisas para nos libertar de vícios, situações desesperadoras e da morte, dando vida por meio do Messias (vs. 3, 5).
4. Assim como a Terra tremeu diante da presença de Deus, ela voltará a tremer quando Jesus vier em glória e majestade nas nuvens dos Céus para buscar os salvos (vs. 4, 6-7).
5. Como os israelitas receberam refrigério quando Deus fez sair água da rocha, assim também Deus quer fazer qualquer coisa para restaurar, refrigerar e reavivar nossa vida espiritual hoje (v. 08)  a fim de que tornemos fontes de salvação ao perdido (João 4:14).
Deixe o Deus da Bíblia conduzir a história da tua vida. Seja um instrumento dEle para brilhar na vida e na história de teus amigos!


Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus


RPSP- Salmos 114

Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Salmos 114
Comentários de: Jan Harry Cabungcal

Neste Salmo, Davi relembra de forma dramática e vívida o poder de Deus em libertar o Seu povo. Ele escolheu descrever como Deus conduziu Israel para fora da terra da escravidão e do pecado, e os guiou com segurança através das ondas tempestuosas do rio Jordão até a terra da promessa. Essas providências milagrosas foram testemunhadas tanto no início como no fim da jornada de Israel do Egito para Canaã. No entanto, entre estes dois acontecimentos que marcaram a saída do Egito e a entrada na Terra Prometida, foi vista a revelação mais maravilhosa e poderosa de Deus, quando Ele deu a Sua Santa Lei no Sinai. Nem a montanha do Sinai, nem as colinas do Jordão poderiam permanecer as mesmas na presença de Deus.

A mensagem deste Salmo é vital, e jamais devemos permitir que o seu significado se perca. Quando vemos a maneira como Deus nos guiou, nos enchemos de certeza de que não temos nada a temer quanto ao futuro.

Está você vacilando em sua fé e caminhada com Deus? Relembre, então, aqueles momentos especiais em que Ele se revelou a você, em que Ele o libertou, em que Ele revelou a você o Seu caráter e você nunca mais foi o mesmo. Relembre aqueles momentos com gratidão! E peça a Deus, em oração, que lhe conceda, hoje, a experiência transformadora do reavivamento e da reforma!

Se você assim proceder, o Deus que converteu a rocha em uma fonte a jorrar (verso 8, NVI), proporcionará rios de água viva para você. E se você continuar a beber dessa água, você nunca mais terá sede do que os “poços deste mundo” tem a oferecer, porque essa água se tornará em você uma fonte para refrescar você e aqueles que estiverem cansados e com sede ao seu redor.
Jan Harry Cabungcal
Suíça


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Reaviva tua fé- Salmos 113

Lições de Vida
Leia na Bíblia- Salmos 113
Reaviva tua fé
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Ainda que Deus seja o benfeitor do ser humano, o foco do ser humano deve ser sempre Deus. O Salmo 113 é um Salmo de ações de graças, louvor e adoração ao Deus que age em prol dos habitantes de todo o mundo. Cada um dos versos poéticos deste tão singelo Salmo apresenta um maravilhoso motivo pelo qual ninguém deve ficar sem exaltar, celebrar e honrar ao soberano Senhor que se curva para ver os Céus e a Terra (vs. 5-6). Embora infinito, poderoso e majestoso, esse Deus se inclina até ao pó a fim de levantar ao desprezado, rejeitado e humilhado pela sociedade impiedosa. Esse Deus se lembra dos pequeninos, indignos e necessitados de amor e atenção, especialmente quando estes pequeninos, indignos e necessitados no pó da vida e na lama deste mundo levantam seus olhos aos Céus e aceitam a Deus como Senhor e Salvador de sua vida (vs. 7-8). Esse Deus é incomparável (v. 4), Ele revive a esperança de quem já não espera mais nada e dá alegria a quem já perdeu todas as expectativas de se alegrar (v. 9). Por isso, “louvai ao Senhor. Louvai, ó servos do Senhor, louvai no nome do Senhor. Bendito seja o nome do Senhor desde agora e para sempre. Exaltado está o Senhor acima de todas as nações, e a Sua glória acima dos Céus” (vs. 1-3). Que este Salmo faça com que cada uma de tuas células te impulsione a louvar intensamente ao Deus onipotente!

Reaviva tua fé no Deus vivo que faz de tudo para reavivar tua crença nEle e em Seus propósitos. Deixe que cada célula de teu corpo se achegue para adorar ao Senhor, não só pela manhã, mas desde agora e para sempre (Salmo 113:1-3). Se você está abatido, ferido, se sentindo rejeitado, ignorado e humilhado pela vida e não consegue louvar, saiba que Deus é bendito, eterno, onipotente, onisciente e onipresente (vs. 3-6). Conquanto, não há ninguém que faça o que Deus faz, inclusive por você. O Deus que é excelso acima de toda nação e a Sua glória estende-se acima dos Céus, se inclina até ao pó do abismo deste mundo podre para restaurar quem está caído, sendo pisado pelas pessoas e oprimido pela pressão da vida agitada. Considere:
1. O Deus extraordinário em nobreza vê o pobre miserável, abaixa até ele e o levanta de seu infortúnio, tornando-o nobre como príncipe (vs. 7-8);
2. O Deus incomparável em glória e majestade desce até o monturo (lixão, imundícia) do mundo a fim de levantar e restaurar o caído necessitado de ajuda (vs. 7-8);
3. O Deus infinito em poder preocupa-Se até com mínimos detalhes daqueles que O procuram, mesmo que seja para atender uma mulher infeliz com impossibilidades, e enche o coração aflito de satisfação (v. 9).
Dedique tempo a orar a esse Deus, Ele quer fazer maravilhas em tua vida. Vá a Ele como estás, na certeza que Ele não te deixará assim. Ele tem todo poder, habilidade e criatividade para te restaurar, não importa em quantos pedaços esteja o teu coração e a tua vida.

Para quem está desmotivado, com os braços descaídos e com flacidez espiritual; sem fervor, apático e sem entusiasmo genuíno, é preciso clamar aos Céus a fim de que Deus responda com reavivamento que traga um novo alento espiritual. Cristo te dá motivos para tornar isso possível: Ele deixou Seu trono no Céu e desceu ao nível onde se encontrava o mais acachapado dos seres humanos a fim de elevar a todo aquele que nEle crê ao nível de Deus. Então, vá ao trono da graça, ore ao Majestoso Deus, renda-se a Sua soberania, exponha-Lhe a tua situação, conte-Lhe sobre a tua real condição. Não esconda nada, não duvide de nada do que Ele pode fazer por ti e clame com coragem, ousadia e perseverança. Não que Deus fará algo porque Ele é obrigado a fazer, mas porque pelo significado do sacrifício de Seu Filho na cruz, o autor do pecado que te assola é obrigado a deixar e fugir daqueles que clamam a Deus. Longe daquele que só quer roubar, matar e destruir e, perto dAquele que quer restaurar, reavivar e salvar, você será transformado à imagem de Quem te criou. A alegria voltará ao teu coração, paz e louvor brotarão de teus lábios e assim você será cada vez mais reavivado(a). Se é isso que você quer, então faça esta oração: “Bendito seja, Senhor, o teu nome, desde agora e para sempre. Desde o nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o Teu nome. Te louvarei com toda a minha vida e o meu ser. Amém”

Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus


RPSP- Salmos 113

Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Salmos 112
Comentários de: Ioan Campian

“Tendo cantado um hino, saíram para o monte das Oliveiras” (Marcos 14:26 ARA). Quando revemos nos evangelhos o que aconteceu na noite da traição de Cristo, nos deparamos com esse relato que menciona Jesus e os discípulos cantando um hino. Esse detalhe fala de forma muito eloquente sobre a atitude de Jesus quando confrontado com a crise mais difícil e esmagadora. Como este Salmo é parte do chamado Hallel (louvor, cantado na Páscoa), é possível pensar que estes foram exatamente os versos cantados por Jesus com seus discípulos antes de irem para o Getsêmani.

O Salmo começa com vários convites para louvar (v. 1-3) e termina com a mesma expressão: “Aleluia!” (ou: “Louvado seja o Senhor”, v. 1 e 9). O objeto de louvor é o nome do Senhor (mencionado três vezes nos primeiros três versos). Este é o nome usado por Deus para fazer-se conhecido (Êxodo 3:16, 6:7) e exalta a aliança que Deus iniciou com o Seu povo.

Adorar a Deus não deve ser limitado pelo tempo e pelo espaço, mas deve estender-se a toda a terra, “do nascente ao poente” (v. 3 NVI) e continuar “desde agora e para sempre” (v. 2 NVI).

A razão para louvar a Deus é a Sua grandeza. “O Senhor está exaltado acima de todas as nações; e acima dos céus está a sua glória” (v. 4 NVI). O que temos aqui, descrito em linguagem poética, é expresso por teólogos como sendo a noção da transcendência divina. Ele é o Criador, a Fonte e o Preservador da vida, o Soberano absoluto de todo o universo.

Para convencer-nos de Seu amor, o Senhor se dispôs a descer, assumir a existência humana, e tornar-se “semelhante aos homens” (Fp 2:7 NVI).

“Levanta do pó o necessitado” (v. 7), expressa o sentimento das canções de Ana (1Sm 1:11) e Maria (Lc 1:48,52), que podem se tornar a nossa própria canção quando percebemos que Deus está conosco em cada novo dia, mesmo quando rodeados de perigos, e permanece fiel à Sua promessa: “E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos” (Mateus 28:20 NVI).

Querido Deus,

Temos a necessidade de conhecê-Lo melhor. Por favor expulse qualquer vestígio de dúvida de nossos corações. Dá-nos o poder e a coragem de louvá-Lo hoje, apesar de todas as circunstâncias adversas pelas quais possamos estar passando. Amém.

Ioan Campian – Tartar

Romênia


quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Promessa da vida futura- Salmos 112

Lições de Vida
Leia na Bíblia- Salmos 112
Promessa da vida futura
Comentários do Pr. Heber Toth Armí
Quem está vivo em seus pecados está morto para a vida espiritual. Quem está fraco espiritualmente é porque está forte na vida de pecado. Quem se dedica mais a seus próprios interesses mais do que nos interesses de Deus deve repensar sua religiosidade. Quem reconhece sua situação deve, com oração e humildade, clamar por reavivamentos e reforma em sua vida. O Salmo 112 mostra o caráter do Deus do Salmo 111 impresso na vida daqueles que O aceita e são salvos por Ele. Tendo como ponto de partida o último verso do Salmo anterior, o Salmo 112 diz: “Bem-aventurado o homem que teme ao Senhor, que em Seus mandamentos tem grande prazer”. Assim,
1. É feliz aquele que teme ao Senhor e tem prazer em Seus Dez Mandamentos (v. 1).
2. É feliz aquele que tem a luz de Deus mesmo envolto nas trevas deste mundo, pois ele é compassivo e justo até num mundo intolerante e injusto (v. 4)
3. É feliz aquele que conduz seus negócios com justiça e se compadece dos necessitados (vs. 5, 9).
4. É feliz aquele que teme ao Senhor pois terão filhos e netos abençoados (v. 2).
5. É feliz aquele que age com sabedoria divina pois Suas necessidades econômicas serão supridas e por sua retidão será honrado (vs. 3, 9).
6. É feliz aquele que confia em Deus pois Ele não temerá o futuro e por isso seus feitos não serão esquecidos (vs. 6-9).
7. É feliz porque sua fé conduz à confiança em Deus diferentemente dos ímpios que não tem segurança de nada (vs. 8, 9).
Quer ser feliz? Tenha a Deus como Senhor de tua vida e faça de Seus Mandamentos o teu prazer!

Diplomas, especialidades e doutorados podem até reparar as arestas do coração pervertido, mas só Deus pode transformar o caráter. Ser liberto por Deus e agir com sabedoria não é viver como queremos, mas como Deus quer. A religião bíblica não permite que você se acomode em tuas perspectivas, mas viva a perspectiva de Deus. A mensagem do Salmo 112 é: Viver com Deus é bem melhor que o melhor que podemos imaginar: Ele reproduz Seu caráter em você. O Salmo 112 está ligado diretamente com o Salmo 111, este ressalta o caráter de Deus e aquele o caráter dos filhos (ou súditos) de Deus. Destaca-se no Salmo 111 a bondade e a generosidade de um Deus que é justo e o 112 revela o caráter bondoso e generoso de quem é transformado por Deus. A vida cristã é uma novidade de vida, outra vida. Não é viver o mais alto padrão possível do ponto de vista humano, mas o impossível do ponto de vista humano, mas possível do ponto de vista divino. Quem se diz convertido e ainda vive parecido com a vida antes de Cristo permitiu que Satanás iludisse com uma religião falsa, pois na verdadeira, você vai como está, mas Deus não te deixa na mesma situação e nem da mesma forma. Jesus morreu para te libertar do reino do pecado, e isso deve ser visível em tua vida. Só por meio de Cristo e Seu plano que você será verdadeiramente feliz!


A felicidade é o objetivo dos moradores do mundo inteiro. Cada pessoa que busca felicidade é porque ainda não a encontrou, há uma insatisfação no coração pela vida que leva. Seria bom que todos os que estão em busca da felicidade soubessem que o Salmo 112 apresenta um caminho seguro e certo a ela. Este Salmo amplia o último verso do Salmo 111 que diz: “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; bom entendimento tem todos os que obedecem aos Seus preceitos. O seu louvor permanece para sempre”. Em sequencia, o Salmo 112 inicia assim: “Louvai ao Senhor. Bem-aventurado o homem que teme ao Senhor, que em Seus mandamentos tem grande prazer”. Está traçado aqui o caminho da felicidade, da bênção e da verdadeira prosperidade. Você já imaginou se toda a humanidade seguisse apenas esses dois versos? Quer saber qual seria o resultado? Veja:
1. Todos teriam descendências poderosas, justas e ricamente abençoadas (v. 2).
2. Todos teriam recursos suficientes em Sua casa, cuja vida familiar seria de retidão (v. 3).
3. Todos iluminariam as trevas da maldade, da imoralidade e da perversidade com seus atos de bondade, cortesia e justiça (v. 4).
4. Todos seriam bem sucedidos em seus propósitos e negócios devido a sua generosidade e compaixão pelos necessitados (vs. 5, 9).
5. Todos estariam bem estabilizados, nunca seriam abalados com nada e jamais esquecidos por suas obras, as quais estarão firmadas no Senhor (vs. 6-8).
6. Os ímpios apenas veriam tudo isso e de raiva morreriam por não renderem-se a Deus; e, então, ficariam somente os justos (v. 10).
É utopia pensar em um mundo assim, são irreais tais suposições. Por isso, os que se rendem a Deus aguardam o dia em que Jesus virá, e, quando o Seu reino for estabelecido e Seus inimigos depostos, então nada disso será utópico. Renda-se a Deus, experimente desde já a transformação em sua vida. Ainda que toda a humanidade não viva a realidade proposta nos versos acima, você pode vivê-las desde já!


Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus



RPSP- Salmos 112

Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Salmos 112
Comentários de: Ioan Campian
O Salmo 112 é uma continuação do Salmo 111. O primeiro fala da grandeza das obras de Deus, de Sua fidelidade e justiça, enquanto o Salmo 112 apresenta as bênçãos que virão sobre aquele que é sábio e temente a Deus.

O homem justo não está isento da realidade vista neste mundo contaminado pelo pecado, cheio de adversidade (“trevas”, v. 4, “más notícias”, v. 7, e “adversários” , v. 8, NVI). Para descrever o homem justo o autor usa a seguinte expressão: “seu coração está firme, confiante no Senhor” (v. 7). A maioria das pessoas deseja estabilidade. Aqueles carentes dessa característica se tornam escravizados por prazeres, ganho material e outros ídolos.

A base para uma vida estável, bem-sucedida, é apresentada na introdução deste Salmo, logo após o convite para o louvor: “Como é feliz o homem que teme o Senhor e tem grande prazer em seus mandamentos!” ( v.1, NVI). Ele é um homem “íntegro” (v. 2), generoso, pronto para ajudar aqueles que passam por necessidades, “empresta com generosidade” (v. 5) e a bênção de Deus está sempre em sua vida. Esta descrição antecipa o Sermão da Montanha, onde Jesus define o padrão estabelecido por Deus para aqueles que são Seus filhos. A verdadeira generosidade não se mede pelo valor ou a quantidade dos presentes, mas sim pela atitude com que a doação é realizada. Temos o exemplo supremo de Cristo, em Seu sacrifício no Calvário. Olhando para o supremo sacrifício de Cristo, obedecer aos Seus mandamentos torna-se um “grande prazer” (v. 1).

Querido Deus,

almejamos possuir a estabilidade espiritual e emocional que muitas vezes nos falta. Ensina-nos a verdadeira generosidade e dá-nos o poder de que precisamos para seguir os passos de nosso Senhor e Salvador Jesus. Amém.
Ioan Campian – Tartar



terça-feira, 26 de novembro de 2013

As obras magnificas de Deus Salmos 111

Lições de Vida
As obras magnificas de Deus
Leia na Bíblia- Salmos 111
Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Nem todo louvor externo vem do coração, mas toda adoração que flui do coração é evidente externamente. Assim como não se celebra uma festa sozinho, não há como celebrar ao Senhor isoladamente. Os que de fato amam ao Senhor não se acovardam e nem são individualistas, eles compartilham suas expressões de adoração em público, na assembleia dos justos e na congregação, isto é, a igreja! O Salmo 111 é o primeiro salmo identificado com Aleluia – Louvado seja o Senhor. Neste Salmo a obra de redenção divina que garante a salvação humana é celebrada. O que me chama a atenção é a combinação, ignorada no Antigo Testamento: amor, justiça e graça divina. Desta forma, os salvos do Antigo Testamento são salvos da mesma forma que os salvos do Novo Testamento. A salvação vem ao pecador exclusivamente de Deus. Ele a planejou, a executou e só por meio dEle ela será concluída. Ninguém se salvará por méritos próprios. Ninguém pode salvar-se si mesmo. Com isso em mente, o salmista celebra os tratos benévolos de Deus por Seus atos que garantem a salvação de Seu povo na Terra. Tal reconhecimento sincero requer a entrega e o preparo de todo o coração a fim de publicamente adorar ao Senhor. A justiça de Deus não é anulada por Sua bondade e misericórdia; pelo contrário, até mesmo em Sua justiça é visível Seu amor e misericórdia – Louvado seja o Senhor!

Quem é salvo louva ao Senhor e não se firma no que é possível fazer, mas nas coisas que antes eram impossíveis e Deus as tornou possíveis. Os dez versos do Salmo 111 compõem um louvor especialmente pela redenção; por isso, o salvo não se gaba do que faz, mas rende glórias a Deus por quem Ele é e pelo que Ele fez pelos perdidos. Devido aos miraculosos feitos divinos, quem se submete a Deus, a Sua vontade, a Seus planos e à Lei de Seu reino, não caminha para o ocaso, mas para o alvorecer da história. Na inauguração do reino Universal os salvos receberão herança, não por merecerem, mas porque sabiamente decidiram por Àquele que pode dar todas as coisas e fazer qualquer coisa. Após citar alfabeticamente (no hebraico) os grandiosos e imperiosos atos do Deus Soberano, o salmista refere-se aos que guardam os preceitos do Seu reino por terem sido libertos da escravidão, isto é, do reino do diabo. Os salvos que praticam os preceitos divinos são pessoas sábias, inteligentes e gratas (v. 10); eles reconhecem que:
1. Os mandamentos de Deus são essenciais: Os sábios reconhecem que os Mandamentos divinos são perfeitos, firmes, eternos, verdadeiros, retos, fieis e uteis para todos (vs. 7-8).
2. Os atributos de Deus são extraordinários. Os sábios sabem que Ele é justo, gracioso, clemente, misericordioso, fiel, santo e temível (vs. 4-5, 7, 9).
3. As obras de Deus são grandes. Tais obras devem ser consideradas, pois são gloriosas, maravilhosas, memoráveis, bonitas, verdadeiras e justas; realizadas para manter a vida, para que nações tenham herança e, para a redenção da humanidade (vs. 2-9).
Não há como não louvar, adorar, temer, amar e exaltar a um Deus assim; é uma pena que poucos têm tal entendimento. Então, compartilhe esta mensagem a fim de que mais pessoas saibam quem é Deus e O louvem por Suas obras poderosas!

Toda pessoa verdadeiramente liberta do pecado sentirá no coração imensa motivação de louvar ao Senhor em gratidão pelos Seus poderosos feitos em prol da salvação do perdido. O Salmo 111 equipara a vida com Cristo com a libertação de Israel do cativeiro babilônico: de escravo a livre, de preso ao pecado à liberdade da graça. Maior que a obra de Deus de libertar do cativeiro babilônico é a obra de Cristo de libertar o ser humano cativo no pecado. Então, se quem foi liberto do cativeiro babilônico tinha motivos para louvar a Deus, maior deve ser o motivo e a motivação de quem foi liberto de seus pecados. Fato é que, desprezar a Cristo ou a religião cristã sem conhecer o que Cristo fez e o que isso significa à humanidade, é tolice. Pior é conhecer Cristo e Sua obra de redenção e então rejeitá-la; isso é paralisia intelectual. Porém, informar-se sobre as obras e planos de Cristo, aceitá-lO juntamente com Seus planos, confiando em Seus incalculáveis méritos, é o maior passo dado com sabedoria. Por isso, as últimas palavras do Salmo concluem: “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; bom entendimento tem todos os que obedecem aos Seus preceitos. O Seu louvor permanece para sempre”. Amigo leitor, seja sábio; reverencie ao Senhor e louve sempre o Seu nome com Seus feitos. Ore, “Senhor, graças Te dou pois não nos dás migalhas; sempre nos dás o melhor. Por isso, temos de melhorar nosso louvor a Ti. Ajuda-me, em nome de Jesus, amém!”

Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus


RPSP-Salmos 111

Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Salmos 111
Comentários de: Ioan Campian
Este salmo começa e termina com um convite para louvar ao Senhor. Os salmos 111 e 112 formam uma unidade que tem o mesmo tema. O autor convida toda a comunidade para juntos louvarem a Deus. Ele diz que está fazendo isso “de todo o seu coração" (v.1 NVI), de sua própria escolha e de todo o seu ser.

O que faz com que ele louve a Deus é a revelação que Ele faz de Si mesmo. Deus se faz conhecido por seus mandamentos, que são "firmes para todo o sempre, estabelecidos com fidelidade e retidão" (v.8 NVI), por seus atos, nos quais “há glória e majestade" (v.3 ARA), "verdade de justiça" (v.7 ARA ), e por Sua aliança com o Seu povo: "sempre Se lembra de Sua aliança" (v.5 ARA).

Também é verdade que as majestosas obras de Deus podem passar despercebidas, se não refletirmos sobre elas e não tivermos nelas prazer (v. 2). Por esta razão, como uma proteção contra o nosso esquecimento, Deus "fez proclamar as suas maravilhas" através dos relatos bíblicos (v.4. NVI).

Para nos ajudar a lembrar dos Seus atos e a pensar em seu caráter, Deus incorporou o sábado à nossa existência. Este dia nos fornece uma oportunidade de pensar em nossas origens e também nas ações de Deus ao longo da história, às quais nos transmitem esperança. O nosso Criador é também o nosso Redentor.

Aquele que compreende o imenso amor de Deus, medita em Suas obras maravilhosas e obedece aos seus preceitos é uma pessoa sábia (v. 10, NVI).

Querido Deus,
O autor deste Salmo nos convida a Te louvar. Ajude-nos a fazê-lo de todo o coração, reconhecendo as grandes e maravilhosas obras que fizeste no passado e Tens realizado diariamente em nossas vidas. Amém.

Ioan Campian - Tartar
Romênia


segunda-feira, 25 de novembro de 2013

O reino e o sacerdócio do Messias- Salmos 110-

Lições de Vida
O reino e o sacerdócio do Messias
Leia na Bíblia- Salmos 110

Comentários do Pr. Heber Toth Armí
Leia o Salmo 110 com atenção, jejum e oração. Aplique a tua vida cada uma de suas preciosas lições. Este Salmo apresenta três dias especiais para nós, relacionado com Cristo, do ponto de vista do presente:
1. Um dia marcado no passado: De Sião, o Cristo, o Filho e Senhor de Davi foi exaltado em Sua morte, ressurreição e ascensão e espera até o dia em que Seus inimigos serão completamente dominados. Cristo foi entronizado como soberano governante de nosso planeta quando ressurgiu dos mortos e ascendeu ao trono do Pai. Contudo, só em Seu retorno ao mundo inaugurará o Seu reino eterno. Jesus é o filho de Davi, mas também é mais que filho de Davi: É o Senhor Jesus, o Filho de Deus, o Cristo, o Messias!
2. Uma obra no dia de hoje: Além de Rei Soberano, ao subir ao Céu Jesus assumiu o Sacerdócio para interceder por Seu povo na Terra. Ele não só rege as nações e conduz a Sua igreja, mas também intercede, luta, ajuda e socorre a cada um que pedir-Lhe ajuda em oração.
3. Um dia profetizado para ser inaugurado o reino eterno sobre os reinos do mundo: Jesus, que sendo Deus, se fez homem neste mundo, que outrora morreu e ressuscitou, agora intercede por mim e por você quando clamamos por Ele, virá segunda vez. Os últimos versos do Salmo revela Sua vitória total, a qual teve início na Sua primeira vinda.

Geralmente as pessoas tem medo quando houve falar do Juízo de Deus. Entretanto, leia o Salmo 110 com atenção, oração e medite profundamente suplicando auxílio ao Espírito Santo a fim de que vejas que o objetivo primário de Cristo é salvar a todos os habitantes da Terra; desta forma, o objetivo último da próxima vinda de Cristo não é a destruição dos inimigos, mas a implantação de Seu governo mundial; porém, para isso terá de destruir a todo aquele que se Lhe opor. Jesus quer estabelecer um reino de paz, o qual nunca existirá se houver a presença de inimigos. Os inimigos, de certa forma têm de ser destruídos para que a paz reine no mundo. Então, fique a favor de Cristo e você será salvo da destruição daqueles que se Lhe opõem. Para os súditos do reino de Cristo, que hoje O tem como Sumo Sacerdote intercessor, a vitória e a eternidade estão garantidas; portanto, não temas o futuro! Confie em Deus e em Cristo, renda-se a Seu senhorio e a Sua vitória será tua! Seja hoje súdito de Seu reino que, quando este for inaugurado perante o Universo inteiro você reinará com Cristo! Jesus dará o Seu reino aos Seus súditos!

Davi, o autor do Salmo 110, é um mero espectador do relacionamento entre Deus e o Rei Messias (v. 1). O rei Davi, de Israel, no Antigo Testamento, nos apresenta, inspirado pelo Espírito Santo, duas Pessoas que são mais velhas e mais poderosas do que Ele: 1) O SENHOR (Jeová) é aquele que fala; e, 2) O Senhor do rei Davi (Adoni) é convidado a assentar-se à direita de Jeová Deus. Nos versos de 1 a 4 o Deus Pai é quem fala, já nos versos de 5 a 7 é o salmista quem fala por meio do Espírito Santo. As últimas palavras proféticas do Salmo indicam a vitoriosa complementação da obra de Cristo como Sumo Sacerdote celestial e o triunfo final quando Ele será coroado Rei de todo o Universo completamente restaurado. O reino de Cristo não será estabelecido sobre algum governo ou forma de organização humana, Ele mesmo virá para acabar com toda forma de governo corrupto, imoral e injusto. Louve a Deus por essa profecia. Adore-O por Sua vitória sobre o pecado e a morte. Diga-Lhe agora mesmo: “Pai, exaltado sejas. Venha o Teu reino agora em meu coração para que quando o Teu reino for inaugurado perante o Universo, eu esteja preparado para reinar juntamente conTigo. Em nome do Rei Jesus, amém!”


Curta e compartilhe:

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
“Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Ministério de Oração  -A serviço do Reino de Deus


RPSP-Salmos 110

Reavivados por Sua Palavra
Leitura Bíblica  - Salmos 110
Comentários de: Ioan Campian
O Salmo 110 é um hino messiânico, é o salmo mais citado no Novo Testamento (Mateus 22:42-45, Marcos 12:36-37, Lucas 20:42-44, Hebreus 1:13) e apresenta Jesus Cristo como Rei, Juiz e Sacerdote. Este Salmo também contém duas profecias curtas e várias promessas de vitória (vs. 1-3 e 4-7), que foram cumpridas pela primeira vez na ressurreição e ascensão de Jesus, enquanto o completo cumprimento virá no final do grande conflito entre o bem e o mal e a vitória final do Cordeiro.

 Foi a Jesus apenas que o poder e a autoridade foram dados "até que eu ponha os teus inimigos debaixo dos teus pés" (v. 1, ARA). Esta autoridade não é baseada em poder, honra humana ou popularidade. Ela não se expressa em palavras ameaçadoras ou atos de coação. Pelo contrário, ela é baseada no amor, serviço e sacrifício.

 Quando olhamos para Jesus através de olhos humanos, vemos que "Ele não tinha qualquer beleza ou majestade que nos atraísse, nada havia em sua aparência para que o desejássemos" (Isaías 53:2, NVI). Quando estava em pé para ser interrogado por Pilatos, o representante do poder romano, ele era o exemplo extremo da fragilidade humana. Foi lá que Jesus deu o seu testemunho de que Ele era Rei, esclarecendo que o Seu reino não era deste mundo.

 Em Sua cruz, eles escreveram em três línguas: "O Rei dos Judeus", como ato culminante da sua completa humilhação, um rei crucificado como um criminoso. Em sua cabeça, ele tinha a coroa de espinhos, enquanto o manto de púrpura havia sido tirado dele deixando-o exposto.

 Se aqueles que participaram de Seu julgamento e zombaria pudessem olhar para o futuro, ficariam chocados. Se eles tivessem sido capazes de ver o grande número de Seus seguidores, a grande multidão de mártires dando suas vidas por Ele e a marcha irrefreável do seu reino para conquistar todo o planeta pelas poderosas palavras e ações generosas de seus fiéis, eles teriam recuado de vergonha, reconhecendo nEle o cumprimento das palavras proféticas de Davi: "O Senhor estenderá o cetro de teu poder desde Sião" (v. 2, NVI).

 Querido Deus, abra meus olhos para ver, como o salmista viu, quem Tu és: nosso Rei, grande Sumo Sacerdote celestial e Juiz. Dá-nos a coragem, a força e a determinação para fazermos parte do seu exército vitorioso.Amém.
 Ioan Campian - Tartar
Romênia


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...