Receba mensagens em seu Email

quinta-feira, 31 de março de 2016

Projeto RPSP- I Samuel 28

Projeto Reavivados por Sua Palavra- 1 Samuel 28

Não estando mais Davi a batalhar contra os inimigos de Saul, os filisteus tomaram vantagem disso e marcharam contra Israel na planície de Esdrelon. Quando Saul reuniu seus homens para enfrentá-los, ele ficou desanimado ao comparar a força dos filisteus com a sua própria fraqueza. Não obtendo nenhuma orientação divina, seja por meio de sonhos, por Urim ou por profetas, em desespero ele procurou uma médium espírita.

Deus não lhe deu encorajamento ou orientações a respeito da batalha que se aproximava porque ao matar os sacerdotes, recusar-se a obedecer a palavra do Senhor dada por intermédio de Samuel e perseguir Davi, quase havia enchido sua taça de iniquidade. Isto aconteceu na noite em que ele procurou a feiticeira de Endor. Como ordenado pelo Senhor em Dt. 18:9-14, Saul havia decretado que todos os bruxos, médiuns espíritas, adivinhos, necromantes e todos os que praticavam feitiçaria, deveriam ser executados ou expulsos do reino. Mas agora ele busca uma dessas pessoas que ele havia condenado!

Disfarçado, Saul se retira furtivamente das linhas de batalha, acompanhado por dois ajudantes, para a casa  da feiticeira. Ela relutou em atendê-lo porque  se fizesse seus encantamentos ela correria risco de morte, mas Saul jurou (pelo Senhor!) que ela não seria punida. Ele lhe pediu que trouxesse Samuel (a quem não obedeceu em vida), e ela disse que via um velho homem vestido em um manto. Saul concluiu, então, que era Samuel, apesar de somente a mulher tê-lo visto.

A mensagem deste espírito que se fazia parecer com Samuel era verdade na sua maior parte, mas o espírito mentiu quando disse: "Amanhã você e seus filhos estarão comigo." A mensagem foi diabolicamente estruturada para levar Saul ao desespero. Não trazia esperança, ajuda ou incentivo. Saul caiu no chão da caverna da feiticeira e quando recobrou um pouco de suas forças apenas aceitou se alimentar após o pedido insistente da bruxa e de seus dois ajudantes. As palavras do espírito tornaram-se uma profecia auto-realizável.

As antigas advertências contra médiuns espíritas e quaisquer que busquem informações dos mortos são válidas ainda hoje. Os mortos estão mortos. Qualquer pessoa que busque informações a partir deles, seja por tábuas de Ouija ou médiuns de qualquer espécie, está realmente falando com demônios. Nossa única segurança está em buscar sabedoria junto a Deus.

Ralph Neall

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...